A subjetividade da arte

A subjetividade da arte

 Até a dezena de 1950, as famílias menos abastadas usavam, no dia a dia, utensílios – panelas, pratos, copos etc – feitos de cerâmica. Com a chegada de ‘novo material’ na indústria, principalmente o alumínio e o plástico, que eram mais leves e inquebráveis, estes objetos caíram em desuso e as comunidades oleiras, que até logo ganhavam secção do sustento vendendo os itens, tiveram de se reinventar.

Veja nossos destaques!!!

Ou assista nossos vídeos sobre saúde e mantenha-se informado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Política de Privacidade e Cookies