Acusado de balear vereador Willians Bezerra tem prisão temporária decretada

155

A Justiça expediu ontem mandado de prisão temporária, a pedido da Polícia Civil, contra Rafael Aparecido Costa, conhecido como Japa, principal suspeito da tentativa de homicídio contra o vereador Willians Bezerra (PT), de Santo André. O petista foi baleado na madrugada de sábado após suposta discussão nas proximidades de um bar no Jardim Santa Cristina. A solicitação partiu do 4º DP (Jardim), que investiga o caso. O suspeito ainda não havia sido localizado até o fechamento desta edição. A preventiva, inicialmente, tem prazo de cinco dias.
Willians teria reconhecido Japa no momento do episódio. Os elementos do procedimento policial “evidenciam a plena necessidade de custódia cautelar do acusado, que, importante ressaltar, fora apontado e reconhecido pela vítima”. O texto cita que ainda são frágeis os elementos incriminadores para além da temporária. Frisa que a autoridade policial cuidará de diligenciar não apenas o suspeito, bem como proceder à oitiva outras pessoas que tenham presenciado os fatos e as que tenham socorrido o petista.

ESTADO DE SAÚDE
A Prefeitura afirmou que Willians recebeu ontem alta da UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do CHM (Centro Hospitalar Municipal), onde passou por cirurgia para retirada de uma das balas, que perfurou o tórax. Com a evolução clínica, ele foi transferido para a ala da enfermaria e seu quadro, segundo informações do Paço, é estável. “O paciente encontra-se consciente e respirando sem auxílio de aparelhos”. Por cautela, o quarto do petista está protegido por escolta de dois agentes da GCM (Guarda Civil Municipal). (Colaborou Daniel Macário) 

Acusado de balear vereador Willians Bezerra tem prisão temporária decretada
Avalie esta notícia