Adeus Lumia e Surface! Microsoft desiste oficialmente do Brasil

0
150

Manter um pensamento positivo é um pouco lucrativo e tem seu préstimo, pelo menos até que nos encontramos em um momento no qual a verdade precisa ser encarada de maneira sóbria. Esse momento chegou, até mesmo para os mais ferrenhos defensores da Microsoft e do seu novo sistema traste cá em solo virente e amarelo. A gigante de Redmond não pretende matar o Windows 10 Mobile, mas os brasileiros não têm o que comemorar, já que uma novidade epístola da empresa revelou a pretensão de não mais investir no país, ou seja, zero de novos lançamentos por cá.

Adeus Lumia e Surface! Microsoft desiste oficialmente do Brasil

Enquanto o transmitido liberado por Terry Myerson e Satya Nadella na quarta-feira (25/05) estava talhado aos funcionários da Microsoft, a novidade epístola foi enviada aos parceiros da empresa e ampliam a fala anterior. O primeiro ponto, e talvez mais realçado para os brasileiros, é que os lançamentos de novos produtos serão realizados unicamente em mercados considerados importantes: Reino Unificado, França, Alemanha, Polónia, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Finlândia, Irlanda, Itália, Holanda, Noruega, Portugal, Espanha, Suécia, Suíça, Austrália e Estados Unidos. Uma vez que você deve ter percebido, não há menção ao Brasil ou Índia.

A razão para desistir mercados que eram considerados muito importantes em outros tempos ainda é desconhecida, mas as cartas da Microsoft dão pistas importantes.

nosso sucesso no mercado de smartphones foi restringido a empresas que valorizam o nosso compromisso com a segurança, gerenciabilidade e Continuum, e com os consumidores que valorizam o mesmo. Assim, focaremos muito mais na subdivisão de hardware de smartphones. […] Eu usei as palavras “mais focado” supra. Isso na verdade descreve o que estamos fazendo (estamos dando um passo para trás, mas não estamos fora!).

  1. Aplicativos Universais. Nós construímos uma plataforma incrível, com um roteiro de inovação rico. Expandir o alcance e capacidade dos dispositivos e desenvolvedores é nossa prioridade.
  2. Nós sempre cuidaremos dos nossos clientes, smartphones com Windows não são exceção. Vamos continuar a atualizar e concordar os nossos atuais smartphones Lumia, parceiros e fabricantes, e desenvolver novos e grandes dispositivos.
  3. Continuamos firmes em nossa procura por inovação em todos os nossos dispositivos Windows e os nossos serviços para gerar experiências novas e deliciosas. O nosso melhor trabalho para os clientes vem de nossa combinação de dispositivo, plataforma e serviços.

Os trechos supra nos levam a pensar, pelo menos no que diz reverência ao Windows 10 Mobile, que a Microsoft estaria se voltando para uma novidade risca de dispositivos de ponta (talvez exclusiva para o setor corporativo), a especulada família Surface Phone. Pelo que sabemos agora, os brasileiros interessados, só terão entrada a esses novos aparelhos por meio de importação. Lembrando que a empresa adiou (cancelou definitivamente?) a vinda da família Lumia 950 ao Brasil por conta da crise e na Índia a última experiência também não foi satisfatória, com o Lumia 650 sendo escopo de reclamações por conta do supino preço em conferência com soluções de outras plataformas.

Para que os usuários comuns sejam atendidos e continuem tendo entrada ao seu sistema traste a Microsoft quer mudar a abordagem, as empresas parceiras (OEMs) seriam responsáveis pelo lançamento de novos smartphones com Windows 10 Mobile e características intermediárias ou de ordinário dispêndio. Nesse ponto temos um problema, segundo os últimos dados, unicamente 5% dos dispositivos Windows Phone / Windows 10 Mobile são de marcas que apoiam a novidade plataforma, os 95% restantes são dominados pela risca Lumia.

Inferior você confere a mensagem enviada para os parceiros da Microsoft:

Queremos prometer que o seu investimento no Windows 10 Mobile não corre transe. A experiência traste do Windows 10 continua muito importante para nossa desejo na computação pessoal. Continuaremos dando suporte e atualizando os dispositivos no mercado, muito porquê também ofereceremos suporte para aparelhos de outras fabricantes, tais porquê HP, Acer, Alcatel e VAIO, entre outras. Windows 10 continuará sendo adequado para dispositivos com telas pequenas. Continuaremos investindo em segurança, gerenciamento e Continuum, que reconhecemos porquê aspectos chave para melhorar a produtividade dos usuários, além de ajudarmos a gerenciar a demanda por dispositivos Lumia.

Em suma, assim porquê a Microsoft conseguiu tornar sua risca de híbridos Surface em um grande sucesso, poderia repetir o feito com o especulado Surface Phone. Quanto ao progressão do sistema traste em quinhão de mercado diante dos rivais Android e iOS, a tarefa seria mais difícil. Será preciso convencer as OEMs de que vale a pena apostar em dispositivos Windows 10 Mobile, uma plataforma ainda inacabada e que sofre com a falta de aplicativos.

Atualização (27/05): entramos em contato com a assessoria da Microsoft no Brasil e infelizmente não há quaisquer novidades, seja sobre lançamento dos últimos dispositivos Lumia 650, 950 e 950 XL no país, ou a ininterrupção das operações em solo virente e amarelo. Só nos resta esperar por novos comunicados oficiais.

Adeus Lumia e Surface! Microsoft desiste oficialmente do Brasil
Avalie esta notícia