Alunos de escola estadual do Jardim Santo André fazem quintal comunitária

Avalie esta notícia

Alunos de escola estadual do Jardim Santo André fazem horta comunitária

 

O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) encerrou no último final de semana mais uma lanço do projeto Cidadania Ambiental e Consumo Responsável. Em seguida uma série de oficinas, alunos, pais, professores e funcionários da Escola Estadual Prefeito Engenheiro Celso Augusto Daniel, no Jardim Santo André, se reuniram para fazer o plantio de centenas de mudas para a formação de uma quintal comunitária dentro da escola.O objetivo do Semasa é levar às comunidades a prática de ações saudáveis para o meio envolvente e ainda reduzir o descarte irregular de resíduos. No Jardim Santo André, o programa começou em agosto, com uma parceria com a CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo). Na sede da CDHU no bairro, o Semasa fez a formação de lideranças comunitárias, que puderam aprender mais sobre o descarte de resíduos em Santo André, reaproveitamento de recicláveis e de sobras de mantimentos.Já na escola estadual, a formação ambiental começou em setembro e ainda contou com oficinas para o reaproveitamento de pneus descartados e de compostagem, com a montagem de uma composteira. Os participantes tiveram oficinas de coleta seletiva e de uso de sobras de mantimentos não processados para a produção de esterco.De combinação com o diretor da EE Celso Daniel, José Mauro Capp, os estudantes se envolveram muito com o projeto e se transformaram em multiplicadores das ideias transmitidas. “Eles gostaram tanto que até traziam uma troca de roupa, porque iam mexer com a terra e se sujar para a aula”, contou.Angela Estevan, coordenadora técnica do trabalho de urbanização da CDHU, destacou a valor da parceria com o Semasa. “Este projeto integrou de fato o trabalho da CDHU com os agentes comunitários e a escola, que representa o entorno. Os alunos também são moradores do bairro e vão replicar o que aprenderam aqui”, disse, lembrando que a próxima lanço é continuar o trabalho ambiental conjunto também fora da escola.A encarregada de extensão ambiental do Semasa, Cleonice de Almeida Pinto, disse que a teoria é em 2019 estender o projeto para outras escolas do Jardim Santo André. “O objetivoé promover a cidadania ambiental e o consumo sustentável em todo bairro”, afirmou.

Sob a coordenação do Semasa, o trabalho na E.E. Celso Augusto Daniel faz parte de projeto de educação ambiental da autarquia que visa combater o descarte irregular de resíduos
O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) encerrou no último final de semana mais uma etapa do projeto Cidadania

Tudo Sobre a cidade de Santo André no grande abc paulista ou São Paulo Guia de Negócios.

Ou leia mais sobre todas as 7 cidades do Grande ABC Paulista.