Aposentadoria Especial

APOSENTADORIA ESPECIAL

É a aposentadoria dada aos segurados que trabalham em atividade prejudicial à saúde. É possível se aposentar com 15, 20 ou 25 anos de contribuição, dependendo da atividade profissional. Não há idade mínima. O benefício é calculado com os 80% maiores salários de contribuição desde julho de 1994.

Proposta de Transição

Há Duas Opções de Aposentadoria:

  1.  Sistema de Pontos: Se a profissão der direito à aposentadoria com 15 anos de contribuição, é preciso que a soma da idade com o tempo de contribuição seja de 66 pontos. Para profissões que permitem aposentadoria com 20 anos de contribuição, é preciso ter 72 pontos. Para profissões que garantem o benefício com 25 anos de contribuição, será preciso somar 86 pontos.

A partir de 2020, essa pontuação sobe um ponto até chegar a:

  • 89 pontos: para atividade especial de 15 anos de contribuição
  • 93 pontos: para atividade especial de 20 anos de contribuição
  • 99 pontos: para atividade especial de 25 anos de contribuição

O benefício será calculado com 60% da média de todas as contribuições desde julho de 1994 mais 2% para cada ano de contribuição que passar os 20 anos de contribuição, até atingir 100%.

DÁ ATÉ DOR DE CABEÇA PARA ENTENDER ESSE MUÍDO DA REFORMA. EU SÓ SEI 1 (UMA) COISA. NÓS, OS TRABALHADORES ESTAMOS TODOS FERRADOS. EU NÃO VEJO NADA EM BENEFÍCIOS AOS TRABALHADORES. SÃO BURROS DE CARGAS E NO FINAL VAMOS TODOS TER QUE MAIS UMA VEZ PAGAR A CONTA. Até hoje eu não vi um governante ou governo fazer algo em benefícios dos menos favorecidos. É SÓ FERRAÇÃO.

Rela internauta anonimo na internet

2) Tempo mínimo de contribuição: Durante cinco anos, o segurado que não conseguir atingir a pontuação poderá se aposentar, mas com um cálculo diferente. Será aplicado o fator previdenciário após calcular os 60% da média de todas as contribuições desde julho de 1994. Como é uma aposentadoria especial, será dado um período de contribuição adicional para esses segurados.

Aposentadoria Do Professor: Regras Atuais Para Conseguir

A Aposentadoria do Professor é um benefício que todos os professores que preencherem os pré-requisitos junto ao INSS tem direito.

Com a forte possibilidade de uma Reforma da Previdência em 2019, muitos professores estão preocupados com a sua situação junto ao INSS.

Sabemos que estão por vir novas regras para a aposentadoria, (clique no Link para saber mais) então é extremamente importante se manter informado sobre as alterações nas leis previdenciárias do país.

Neste artigo vamos tratar de forma detalhada sobre a atual Aposentadoria dos Professores, buscando esclarecer todas as dúvidas com base na lei atual. Se você tem interesse nesse assunto, continue a leitura.

 

aposentadoria especialBeneficio SocialBenefícios INSSreforma da previdencia
Comentários (12)
Comentar
  • Jorge Nascimento

    O governo precisa entender e cumprir uma constituição promulgada. Direitos adquiridos são irrevogáveis, pois o trabalhador já pagou por estes direitos. Qualquer mudança deve ser a benefício dos segurados já existentes em processos anteriores e que ainda não tiveram seus direitos reconhecidos. Agilizar o processo em julgamento e quando este for procedente pagar de imediato com todas as correções visando compensar todo o tempo aguardado pela decisão judicial, uma vez que o INSS protocolou o quanto pode tentando negar um direito adquirido.

  • Antonio N

    Cambutas de fedapata!!! E os corruptos continuam enchendo os bolsos!?!?

  • Pedro

    Sem noção!!! Quero ver ser impressor de offset , trabalhar em uma máquina de impressão com plataforma, subir e descer as escadas o tempo todo.. Tirando matrizes, cheirando tintas, equilibrando soluções ácidas na tiragem das atividades de serviços e em cada tirada de matrizes, limpar borracha, fazer transferência de impressão usando produtos como restaurador (que é cancerígeno), ácido para desengordurar as matrizes, Fr1000 , alcooll isopropílico.. tudo de forma contínua na rotação da máquina, cheirando o tempo todo esses produtos químicos.
    Ai vem esse demente falar uma loucura dessa! Esse merda nunca trabalhou! Como o trabalhador com todos esses agentes químicos vai sair vivo pra ter aposentadoria? Fora Temer!!!! Isso depende de estudos profundos sobre várias profissões e fiscalização da parte do governo para não prejudicar quem tem direito.
    Quer respeito? Procura entender primeiro para depois comandar.. lámentavel .

  • Marcia

    A maioria desses trabalhos que são considerados perigosos o são por pura ficção. Todo trabalhador quando sai de casa para trabalhar corre imenso perigo.

    • Da Redação ABCTudo

      A lógica é que quem trabalha com substâncias insalubres ou radiação morre mais cedo, por isso precisa se aposentar antes, se não acaba morrendo no próprio trabalho. Obrigar a trabalhar mais em algo que lhe matará é crueldade. Os que trabalham com benzeno e gamagrafia, por exemplo, não suportam muito tempo.

  • Rosana

    Não sei se compreendi direito…. como dentista tenho direito à aposentadoria com 25 anos de contribuição atualmente pela insalubridade, e pago 20% do que ganho pro INSS todo mês… como vai ficar? E essa diferença de contribuição dos autônomos?

  • Jean

    A previdência social brasileira nunca teve deficit e nunca terá. Nossa sociedade é bombardeada com a falsa informação propositavelmente como uma lavagem cerebral. Vamos estudar mais, ouvir os que sabem realmente e parar de divulgar informação falsa que o governo e empresas privadas teem tanto interesse. Vamos sair desse mídia medíocre.

  • AB Advogados

    Aposentadoria Especial 2019, a reforma da previdência INSS digital tudo está dando o que falar

  • Danillo Leite

    ótimo artigo sobre Aposentadoria especial e reforma da previdência 2019. O Brasil está mudando, estamos que ficar de olho se para melhor!

  • Daniel Silva de Azevedo

    Nós Neurologistas SP temos que ter um aporte de aposentadoria especial. Médicos e todos que trabalham na aera da saúde na verdade. Essa reforma da Previdência precisa olhar por nós. Neuros. Neurologistas, quem trabalha na saúde.

  • Rosemeire Pro Bon

    Aposentadoria especial 2019 com a reforma da previdência 2019 do presidente Jair bolsBolso

    Por exemplo Aposentadoria:
    – Média salarial: R$ 2.000
    – Tempo de contribuição: 35 anos
    – Tempo que passa dos 20 anos obrigatórios de contribuição: 15 anos (35 – 20 = 15)
    – 2% para cada ano excedente (2 x 15 = 30%)
    – 60% básicos + 30% adicionais = 90% do salário
    – 90% de R$ 2.000 = R$ 1.800

  • Rafael Dantas

    Saiba como fazer para realizar a Prova de Vida para continuar recebendo o benefício do INSS.
    De acordo com o Instituto Nacional do Seguro Social, o INSS, aposentados e pensionistas todos os anos precisam fazer o recadastramento da senha que dá acesso ao benefício da Previdência Social, por meio da ”Prova de Vida”, que é um procedimento elaborado pelo órgão governamental, em conjunto com os bancos que ficam responsáveis por realizar os pagamentos, com o intuito de evitar que aconteçam saques inadequados, além de permitir aos seus beneficiários.