Cardiologista: Você Precisa de um Cardiologista?

Cardiologista: Você Precisa de um Cardiologista?: Qualquer Clinico Geral que você consultar, do médico, aos auxilares, como: enfermeiro ou assistente médico. Devem oferecer conselhos detalhados sobre como diminuir suas chances de Doenças Cardiovasculares, responsável por uma em cada três mortes nos Estados Unidos.

Cardiologista: Você Precisa de um Cardiologista?

No entanto, algumas pessoas precisam de cuidados mais especializados para seus corações.

“Vejo ou ouço muitas pessoas que têm problemas muito comuns, como colesterol alto e pressão alta, que acham que precisam consultar um cardiologista”, diz o Dr. Patrick O’Gara, cardiologista da Brigham

Uma afiliada a Harvard Healthy e também ao Hospital da Mulher.

Para muitos pacientes, um médico de cuidados primários pode gerenciar efetivamente esses problemas. Mas se você tiver preocupações específicas, converse com seu médico de confiança sobre se um atendimento mais especializado pode ser benéfico.

Antes da Prática Esportiva, uma Consulta ao Cardiologista é Essencial

Dia 21 de dezembro é o Dia do Atleta, uma homenagem aos praticantes de esportes, inclusive os amadores. Com a chegada do verão, é comum o aumento da prática esportiva, principalmente nos parques e praias. Mas nem todo mundo procura uma avaliação médica antes de começar a correr, jogar futebol ou mesmo praticar circuitos funcionais. Inclusive remédios para Impotência podem resultar em problemas no Coração!

Quem alerta é o cardiologista do Hospital São Vicente – Funef, Dr. Rubens Zenóbio Darwich.

“Antes de começar a prática de exercícios físicos, é preciso procurar um cardiologista.

A indicação é fazer no mínimo um eletrocardiograma, um bom exame físico e um ecocardiograma (este, de acordo com a avaliação), para eventualmente ver se não existe nenhum sopro cardíaco ou nenhuma anormalidade na atividade elétrica do coração, que possa exigir um cuidado maior ou algum tipo de investigação mais aprofundada.

E, dependendo da faixa etária, teste de esforço, para que se possa avaliar o órgão por completo”, conta.

O alerta vale principalmente para pessoas acima de 30 anos de idade, ainda mais atualmente, com o aumento da procura por exercícios de competição como maratonas e corridas de grande performance.

Vale lembrar também que o atleta de final de semana, na verdade, é considerado praticamente um sedentário.

“É necessário que a atividade física seja feita de forma progressiva, para que se possa aumentar lentamente sua capacidade, criando uma adaptação de todo o organismo, sem esquecer de não causar lesões osteoarticulares no joelho, quadril e tornozelo, por exemplo. O ideal é que o exercício físico seja feito no mínimo 3 vezes por semana, pelo menos por 30 minutos”, indica o cardiologista.

Generalistas vs Especialistas

Para cuidados cardiovasculares mais direcionados, a melhor recomendação é normalmente do seu médico, que pode encaminhá-lo a um cardiologista geral ou a um subespacialista (consulte “Especialistas em doenças cardíacas”).

Os cardiologistas gerais têm amplo conhecimento sobre a prevenção, diagnóstico e tratamento de uma série de doenças cardiovasculares, incluindo pressão alta e colesterol alto, além de ataques cardíacos, distúrbios do ritmo cardíaco, problemas nas válvulas cardíacas e distúrbios dos vasos sanguíneos. Esses médicos geralmente estão na melhor posição para decidir se você precisa de conhecimentos ainda mais focados de um subespacialista em cardiologia.

Você também deve verificar os sites de instituições de saúde bem estabelecidas perto de sua casa para procurar médicos com experiência em seu problema específico. Muitos grandes centros médicos acadêmicos têm clínicas especializadas que se concentram na insuficiência cardíaca avançada, nos níveis de colesterol difíceis de controlar, nas doenças cardíacas na gravidez, nos distúrbios genéticos do coração e em outras áreas desafiadoras que podem se beneficiar do atendimento multidisciplinar.

Qualificações

O Dr. O’Gara recomenda que o cardiologista seja certificado em doenças cardiovasculares pelo Conselho Americano de Medicina Interna, uma organização independente liderada por médicos. (Para obter mais informações e consultar um médico específico, consulte www.abms.org ou ligue para 866-ASK-ABMS.)

O Conselho Americano de Cirurgia Torácica certifica cirurgiões cardiovasculares. Eles realizam cirurgia de coração aberto, mais comumente revascularização do miocárdio, ou revascularização miocárdica, na qual um vaso sanguíneo saudável em outras partes do corpo

  • Peito ou
  • Perna

é usado para contornar vasos obstruídos no coração.

Se você for submetido a uma Cirurgia Cardíaca ou outros procedimentos invasivos, não deve ter dúvidas em fazer ao cardiologista perguntas como estas:

  • Há Quantos Anos Você pratica nesta Especialidade?
  • Quantos casos você fez semelhante ao meu?
  • Quais foram os resultados a curto e longo prazo para esses pacientes?

Tomada de Decisão Compartilhada

Com a tendência crescente de tomada de decisão compartilhada em relação aos cuidados médicos, muitos médicos apoiam os esforços de seus pacientes para assumir um papel mais ativo em seus cuidados de saúde. Se o seu médico recomendar um procedimento não emergencial, incluindo alguns tipos de cirurgia e angioplastia, você poderá ter tempo para considerar suas opções.

Isso pode incluir obter uma segunda opinião. Algumas pessoas são gratas por se encontrar com outro cardiologista, que pode confirmar a primeira opinião ou oferecer uma opinião diferente (por exemplo, continuação da terapia médica e exames periódicos). Mas para outros, o conselho adicional pode ser muita informação, o que pode dificultar sua decisão, diz O’Gara.

Especialistas em doenças cardíacas especialistas em doenças cardíacas
Esses especialistas passam por treinamento especializado adicional para gerenciar problemas cardiovasculares específicos:

  • Cardiologista intervencionista.
    • Diagnostica e trata as artérias estreitadas no coração (e em outras partes do corpo) e as válvulas cardíacas enfraquecidas, usando pequenas incisões e tubos finos e flexíveis chamados cateteres.
  • Eletrofisiologista.
    • Diagnostica e
    • Trata Distúrbios do Ritmo Cardíaco, como
      • Fibrilação Atrial,
    • usando cateteres especializados para destruir pequenas áreas do tecido cardíaco.
    • Também implanta
      • Marcapassos e
      • Cardioversores-Desfibriladores.
  • Cardiologista Avançado de Insuficiência Cardíaca e
    •  Transplante.
      • Trata pessoas com insuficiência Cardíaca Avançada
        • aquelas com várias hospitalizações por ano,
      • Incluindo pessoas com Dispositivos de Assistência Ventricular que mantêm o coração batendo e as pessoas que aguardam ou que
      • Receberam um Transplante de Coração.

Especialista em doenças cardíacas congênitas em adultos. Trata adultos nascidos com defeitos cardíacos, como um defeito do septo atrial ou ventricular (“orifícios” nas paredes do coração).

A Atualização Abrangente de 2019 para Cardiologia Clínica

  • Avaliação
  • Tratamento
  • Assistência ao paciente
  • Procedimentos
  • Casos desafiadores

Este programa fornece uma revisão abrangente das práticas de ponta para diagnosticar e tratar pacientes com doenças cardiovasculares. Liderada pelo corpo clínico líder da Harvard Medical School e pelo Corrigan Minehan Heart Center do Hospital Geral de Massachusetts (MGH), a Atualização em Cardiologia Clínica garante que os participantes estejam atualizados com os recentes avanços na cardiologia clínica e as melhores maneiras de incorporá-los na prática diária para otimizar o paciente resultados. A cobertura inclui:

  • Doença Arterial Coronariana
  • Diabetes
  • Biomarcadores
  • Doença Cardio Vascular
  • Insuficiência Cardíaca Congestiva
  • Dislipidemia
  • Fibrilação Atrial
  • Arritmias Ventriculares
  • Imagem Cardíaca Avançada
  • Exercício e Doença Cardíaca
  • Doença Aórtica Torácica
  • Doença Cardíaca Congênita do Adulto
  • Doença Cardíaca na Gravidez
  • Cardio-Oncologia
  • Doença Arterial Periférica
  • Embolia Pulmonar

Sintomas de problemas no coração

Sintomas de problemas no coração? É importante ficar atento aos sintomas que possam indicar problemas no coração, devendo ir ao cardiologista assim que surgirem. Caso desconfie de problemas no coração, faça o seguinte teste de sintomas: Falta de ar no repouso ou no esforço. Dor no peito. Tosse seca e persistente. Cor azulada nas pontas dos dedos. Tonturas ou desmaios. Palpitações ou taquicardia. Inchaço nas pernas. Cansaço excessivo sem razão aparente.

Qual o Exame mais Completo do Coração?

Qual o Exame mais Completo do Coração? Coração: 7 exames para avaliar a saúde cardíaca
Raio X de tórax. O raio X ou radiografia de tórax é um exame que avalia o contorno do coração e da aorta, além de avaliar se existem sinais de acúmulo de líquidos nos pulmões, indicando a possibilidade de insuficiência cardíaca. Eletrocardiograma. M.A.P.A. Holter. Teste de esforço. Ecocardiograma. Cintilografia do miocárdio. Veja o checkup completo.

O programa 2019 oferece a oportunidade de aprender:

Avanços médicos e processuais importantes para o tratamento de problemas clínicos comuns, como doença arterial coronariana, insuficiência cardíaca e doença cardíaca valvular
As últimas opções de transcateter
Práticas recomendadas para tratar pacientes com doença valvar grave
Os novos paradigmas para o atendimento de populações especializadas, como adultos com cardiopatia congênita, pacientes cardíacos com câncer e atletas
Os mais recentes conceitos de diagnóstico, tomada de decisão, farmacologia e terapia nas áreas de cardiopatia isquêmica, arritmias cardíacas e insuficiência cardíaca congestiva
O corpo docente é formado pelos melhores educadores clínicos da Harvard Medical School e do Massachusetts General Hospital e foi projetado para oferecer a experiência educacional da mais alta qualidade:

Ensinar raciocínio clínico prático e eficaz e abordagens que lhe permitem praticar cardiologia clínica de ponta
Permitindo tempo suficiente para que os participantes interajam com os professores e apresentem e obtenham respostas para suas perguntas específicas
Fornecer as informações mais recentes de maneira envolvente e em contexto clinicamente utilizável, para que você tenha conhecimento de que pode “levar para casa” e aplicar imediatamente ao atendimento ao paciente

Fonte de Informação
Arterial CoronarianaCardiologistaDoenças do Coração