Semasa Interdita Lava-Rápido no Bairro Jardim

Semasa Interdita Lava-Rápido no Bairro Jardim: Local possui um bar que estava funcionando, descumprindo a quarentena, além de outras reclamações envolvendo ruído

Semasa Interdita Lava-Rápido no Bairro Jardim

A Prefeitura de Santo André, por meio do Departamento de Controle Urbano, e os agentes da Fiscalização Ambiental do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) interditaram na tarde desta terça-feira (5) um lava-rápido na rua das Aroeiras, no bairro Jardim, por descumprimento das determinações sanitárias e de Segurança da Quarentena – Referente à Pandemia de Coronavirus o novo Covid-19. Dentro do local, funcionava um bar que também estava aberto. A ação teve apoio da Guarda Civil Municipal.

O estabelecimento já havia sido notificado em uma das primeiras operações realizadas no combate à pandemia e voltou a abrir sem autorização. Hoje, os agentes do DCUrb interditaram o imóvel e a equipe do Semasa auxiliou na lacração do local, com colocação de barreiras de concreto do tipo new-jersey.

Bar do lava-rápido também possui processo ambiental

O bar do lava-rápido também possui processo ambiental junto ao Semasa por diversas reclamações de ruído acima dos parâmetros permitidos por lei. O estabelecimento já recebeu advertência e também um Auto de Infração Ambiental (multa) – no valor de 150 FMPs (R$ 619,59), emitidos pela equipe de fiscalização da autarquia.

Semasa Interdita Lava-Rápido no Bairro Jardim

A Prefeitura de Santo André na Grande São Paulo, localizado no Polo Indústria, Grande ABC Paulista e o Semasa já promoveram mais de 25 operações de fiscalização que abrangem todos os bairros e núcleos habitacionais da cidade. As medidas aplicadas para quem não cumpre as restrições previstas nos decretos municipal e estadual são orientações verbais, notificações por escrito, multas, interdições, cassação de alvará e condução ao Distrito Policial.

Operações em Parceria

Semasa Interdita Lava-Rápido no Bairro Jardim

As operações em parceria entre os órgãos vão continuar durante todo o período que durar a quarentena em Santo André e são essenciais para a proteção dos munícipes. A população pode denunciar aglomerações em comércios e descumprimento das regras da quarentena pelo aplicativo Colab, pelo telefone 0800-0191944, pela Central de Atendimento do Semasa (telefone 115) ou ainda pelo Facebook do Semasa.

Reclamações de barulho também podem ser feitas nos canais da autarquia ou ainda de forma on-line, pelo site www.semasa.sp.gov.br.

Reclamações de barulho também podem ser feitas nos canais da autarquia ou ainda de forma on-line, pelo site www.semasa.sp.gov.br.
2019-nCoVArterial CoronarianaCoronavírusCoronavírus de 2019CovCOVID-19MERS-CoVSARS-CoV