Você Conhece a Cromoterapia?

Nem todo mundo gosta de se tratar apenas com remédios, por isso os estudos relativos a terapias alternativas cresceu e se diversificou. Um dos que mais tem obtido sucesso é a cromoterapia. Você a conhece? Trata-se de
uma prática que utiliza as cores para curar problemas físicos e psicológicos, tanto nas pessoas.

Se você já sofreu uma torção e precisou fazer fisioterapia, com certeza já fez um tratamento no qual uma grande lâmpada vermelha foi aplicada em cima do local da lesão e um calor extremo foi direcionado a sua pele. A luz
vermelha e quente em cima da lesão ajuda a tratar a enfermidade mais rápido, auxiliando na cura do problema.

É o caso mais visível de como o efeito das cores aplicadas nos seres humanos realizam o trabalho que remédios – caros e com efeitos colaterais – não precisam fazer. São alternativas baratas e muito eficazes, a cada dia mais comuns na medicina e na psicologia.

A cromoterapia tem como objetivo corrigir desequilíbrios fisiológicos e psicológicos, e teve o início de sua aplicação ainda no antigo Egito. Existem oponentes à prática, mas as pesquisas não param de acontecer e
em muitos casos, atestam ainda mais a veracidade da terapia.

Há uma mistura de crenças nos estudos, onde o conceito de chakra – palavra do antigo Sânscrito, língua indu, que significa roda ou vórtice, local por onde a energia vital das pessoas é emitida e, por isso, absorve melhor os tratamentos – é utilizado. Os chakras principais seriam na coluna, no esterno, na garganta, entre as sobrancelhas e no topo da cabeça

Não existe uma terapia única, cada pessoa é analisada e recebe o tratamento individualizado e específico. Geralmente lâmpadas com cores determinadas são acesas diretamente na pele ou no ambiente, passando a sensação necessária para tratar o paciente. Várias sessões são necessárias até se chegar à cura, quando o problema for pontual.
Cada cor serve para determinados desequilíbrios, não adianta usar o verde se o seu problema exigir o azul e assim sucessivamente. Essas são as cores mais utilizadas para combatem os principais problemas e sintomas:

Verde

Utilizado para tristeza, depressão, desânimo. Apenas terapeutas especializados podem manipular o tom exato, já que uma cor com menor intensidade pode não funcionar com a intenção desejada.

Azul

Muito utilizado em ambientes de trabalho, deve ser usada com cuidado, pois pode baixar a energia das pessoas. É associado à sabedoria e a criatividade, perceba que a maior parte das redes sociais tem logomarcas de cor azul. Ajuda a quem tem insônia.

Amarelo

Levanta até defunto! Aumenta a energia, faz a pessoa se sentir mais feliz e apta pro trabalho.

Laranja

Ela estimula a abundância, a sexualidade e estimula alguns órgãos que trabalhem de maneira lenta. Quem é ansioso, no entanto, deve evitar.

Vermelho


A cor mais estimulante de todas para quem quer saber lidar melhor com dinheiro, sem sofrimento. Muito utilizada, como já foi citado acima, na cura de problemas musculares, ela também é indicada a pacientes com
problemas mentais severos.

Roxo

É uma cor muito empregada em templos budistas e locais espiritualizados. Ela exalta a beleza, a espiritualidade e o sucesso pessoal, seja ele qual for. Se a pessoa estiver tensa, estressada, esgotada mental e fisicamente, esta é a
tonalidade a ser empregada. A cromoterapia já é usada como tratamento de saúde em diversos países, sua conexão com o estado mental e o humor é muito evidente. Nenhum tratamento convencional deve ser abandonado, no entanto, caso o problema de saúde seja extremamente sério. Ela servirá como terapia auxiliar apenas.

Cromoterapia