Aposentados do INSS estão Fazendo mais Empréstimos Consignados

Aposentados do INSS estão fazendo mais empréstimos consignados com o prolongamento da crise econômica: Um quadro bem Preocupante para o Comercio Brasileiro a longo prazo. Aposentados do INSS estão fazendo mais empréstimos consignados com o prolongamento da crise econômica. O volume de empréstimo consignado

Aposentados do INSS estão fazendo mais empréstimos consignados com o prolongamento da crise econômica

Aposentados do INSS estão fazendo mais empréstimos consignados com o prolongamento da crise econômica. O volume de empréstimo consignado no país subiu 26% nos dez primeiros meses deste ano em comparação com o mesmo período de 2018, segundo dados do Banco Central. De janeiro a outubro do ano passado, foram contratados R$ 63,390 bilhões. No mesmo período de 2019, o total foi de R$ 79,843 bilhões.

Para especialistas, a crise econômica, o desemprego —cuja queda tem sido muito devagar— e o alto índice de informalidade podem explicar o aumento do valor de crédito tomado.

Consignado é um empréstimo seguro para o banco ou a financeira

O consignado é um empréstimo seguro para o banco ou a financeira. Ele é descontado diretamente da folha de pagamento do benefício, o que faz com que a quitação das parcelas seja em dia.

Essa facilidade diminui os juros da modalidade, que estão limitados em 2,08% ao mês, no empréstimo comum, e a 3% ao mês, no cartão de crédito, o que faz com que segurados do INSS busquem esse crédito para si ou para familiares e amigos.

Há ainda outras regras definidas pelo governo. Dentre elas estão o total que se pode pegar de empréstimo, que é de até 35% da aposentadoria (30% para o empréstimo e 5% para o cartão de crédito).1 5

Veja as mudanças no crédito consignado para aposentados

Há prazo de até sete dias para cancelar um consignado feito por telefone ou internet; de qualquer forma, a recomendação dos especialistas é nunca fazer remotamente Max Francioli/Núcleo de ImagemLeia Mais

Por ser um crédito mais barato e fácil de contratar, o consignado tem causado endividamento. Dados do SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) Brasil mostram que empréstimos com bancos e financeiras lideram a inadimplência no país. Segundo pesquisa divulgada em novembro, sete em cada dez usuários da modalidade têm restrição no nome.

Para fugir da inadimplência, o aposentado e o pensionista devem ficar muito atentos às regras e fazer as contas para não comprometer mais do que podem com o empréstimo.

Outra orientação é ter cuidado com golpes. Não fechar empréstimo por telefone é uma dica. Se houver qualquer suspeita de irregularidade, o segurado deve denunciar no banco ou procurar os órgãos de defesa do consumidor.

Desconto direto no benefício | Dez dicas para se dar bem

1 – Entenda as regras

  • O empréstimo consignado é um crédito cujas parcelas são descontadas diretamente do benefício
  • Há regras específicas que, no caso do INSS, são definidas pelo governo

Limite ou margem consignável

O aposentado só pode comprometer até 35% de seu benefício, divididos da seguinte forma:

  • 30%, para o empréstimo consignado
  • 5%, para o cartão de crédito consignado

Juros são limitados

  • 2,08%, para o empréstimo por mês
  • 3%, para o cartão de crédito por mês

Número de parcelas
O máximo é de 72 meses, ou seja, seis anos para pagar o empréstimo

2 – Faça as contas

Para não ficar ainda mais endividado, o segurado deve fazer uma conta básica antes de tomar empréstimos

Veja um exemplo

  • Se tem uma aposentadoria de R$ 998, que é um salário mínimo neste ano
  • O desconto mensal no benefício poderá ser de até R$ 299,40

O que mais considerar

Antes de tomar o empréstimo, é preciso fazer as contas de gastos domésticos e ganhos
A dica dos especialistas é colocar na ponta do lápis todas as contas que o segurado paga, como:

  1. Água,
    1. Luz,
      1. Telefone
      2. Celular e
      3. internet
  2. Remédios
  3. Plano de Saúde
    1. Seguro Saúde
  4. Aluguel e/ou
    1. Condomínio
  5. Alimentação
  6. Lazer
  7. Cartão de Crédito
  • Com os gastos somados, é possível saber qual valor de parcela caberá no bolso antes de tomar o empréstimo
  • Ficar sem 30% da renda mensal pode fazer uma grande diferença e causar endividamento

Veja os Direitos dos Aposentados a partir dos 60 anos

3 – Pesquise antes de fechar o contrato

  • As taxas de juros do consignado não podem ser maiores do que o limite estabelecido pelo governo, mas se o banco ou a financeira quiser, pode oferecer juros menores
  • Por isso, é importante pesquisar bem antes de fechar o contrato

Como comparar

  • Acesse o site bcb.gov.br
  • Acima, à direita, clique em “Estatísticas”
  • Depois, vá em “Taxa de Juros” e, em seguida, em “Crédito pessoal consignado INSS”

4 – Empreste só o valor necessário

  • Na hora de fechar o contrato, não se deixe convencer e pegar valores maiores do que precisa
  • Se bem usado, o consignado é um aliado, mas com valores a mais na mão, o endividamento será maior

Use a grana para:

  1. Pagar uma dívida com juros maiores
  2. Fazer uma reforma ou pequenas melhorias no imóvel
  3. Realizar um sonho de consumo
  4. Arcar com gastos inesperados com a saúde

5 – Não aceite ofertas por telefone

  • A contratação remota do consignado ganhou força neste ano, com um protocolo assinado entre o governo e a Febraban (federação de bancos)
  • Com isso, os segurados podem contratar o consignado por internet, caixa eletrônico e telefone com mais segurança
  • No entanto, a dica dos especialistas é para não fazer a contratação por telefone ou internet, pois pode ser golpe

6 – Se ficar em dúvida, desista

  • Os segurados têm até sete dias para fazer o cancelamento do empréstimo consignado, caso desistam da operação
  • A regra vale para as contratações feitas por telefone, internet, caixa eletrônico ou aplicativo
  • O prazo começa a valer a partir do dia em que a grana cai na conta
  • Será preciso devolver o valor integral ao banco ou à instituição financeira

7 – Saiba dizer não para familiares e amigos

  • Pesquisas apontam que os segurados do INSS acabam se endividando para ajudar terceiros
  • O empréstimo é feito principalmente para familiares, mas há casos de quem tome crédito em nome dos amigos
  • Diga não, pois se o parente ou amigo não puder pagar, quem ficará devendo é você

8 – Se não conseguir pagar, busque a renegociação

  • Caso não consiga arcar mais com os valores, busque o banco ou a financeira para renegociar
  • Se não chegar a um acordo, é possível até mesmo fazer a portabilidade do débito
  • Isso significa que o segurado pode trocar de banco ou financeira, buscando quem tem juros menores

9 – Conheça seus direitos

  • O segurado que toma um empréstimo consignado tem direito a informações claras no contrato
  • Ele deve receber uma cópia do documento contendo dados como valores, taxas e prestações

Proibição
Bancos e financeiras são proibidos de oferecer crédito consignado por seis meses (180 dias) a partir da data concessão da aposentadoria ou pensão

Bloqueio
Após a concessão, o benefício permanece bloqueado por três meses (90 dias); se quiser pegar empréstimo, o segurado tem que desbloquear no banco
O segurado que desbloquear a conta para empréstimos não será obrigado a tomar o crédito imediatamente

10 – Saiba onde reclamar
Quem tiver queixas a respeito do consignado não vai mais ser atendido pelo INSS
Desde setembro, o órgão não é mais responsável pelas reclamações

Elas devem ser feitas:

No  consumidor.gov.br
Será preciso fazer um cadastro

No banco ou na financeira
Segundo a Febraban (federação de bancos), as próprias instituições devem atender ao segurado e resolver suas queixas

No Procon-SP
Pode ser pelo telefone 151 ou no site procon.sp.gov.br
Também é preciso se cadastrar

Fontes: Banco Central do Brasil, SPC Brasil e CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas), INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) e Febraban (Federação Brasileira de Bancos)

ABCTudo Notícias, sempre mantendo você bem informado e com qualidade e notícia/artigo/dica de primeira! Aposentados do INSS estão fazendo mais empréstimos consignados com o prolongamento da crise econômica

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Política de Privacidade e Cookies