Autarquias veem nova relação com troca na Sabesp

0
65

Os governos dos prefeitos Paulo Serra (PSDB), de Santo André, e Atila Jacomussi (PSB), de Mauá, vislumbram nova relação com a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) a partir da efetivação da troca no comando da empresa. O governador Márcio França (PSB) encaminhou o nome de Karla Bertocco, então subsecretária da Pasta de Governo, para que o conselho de defesa de capitais, órgão colegiado ligado à Fazenda, faça indicação ao conselho de administração da Sabesp visando a sua escolha à presidência, no lugar de Jerson Kelman.
Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) e Sama (Saneamento Básico do Município de Mauá) possuem dívida, juntos, nas contas da Sabesp, de R$ 5,4 bilhões. Os valores são contestados judicialmente. As direções buscam equalizar o passivo, mas sem avanço. Há um mês à frente do Palácio dos Bandeirantes, França já dava como certa, nos bastidores, a mudança na gestão. Karla ocupava cargo responsável por viabilizar negócios do governo com o setor privado.
Os municípios compram água por atacado da empresa. Os débitos se arrastam desde a década de 1990. Atila admitiu que a expectativa “é a melhor possível” na tentativa de encontrar solução para o impasse. “A chegada da Karla, que tem experiência em modelos de PPPs (Parcerias Público-Privadas), abre portas para avanço com os municípios. Até o fim do ano pretendemos resolver esse problema criado na época do PT.”

A cúpula do governo de Santo André também aguarda que conversa seja mais proveitosa. Por nota, o Paço afirmou que as negociações do município com a Sabesp seguem em curso, só que não há prazo estipulado para o desfecho das tratativas. “Assim como fez desde o início da atual administração, a Prefeitura manterá diálogo aberto com a companhia estadual e entre os fatores considerados nas negociações está o estudo elaborado pela FGV (Fundação Getulio Vargas).”
A Sabesp informou que não se pronunciará sobre o assunto neste momento. 

Autarquias veem nova relação com troca na Sabesp
Avalie esta notícia