Seminário sobre Autismo em Brasília

Projeto Siptea é pioneiro no País e referência na Rede SUS

Praia Grande é citada como modelo em Seminário sobre Autismo em Brasília

No decorrer do Seminário sobre a conscientização do Autismo e das Políticas Públicas que ocorreu na semana passada (onze do quatro de dois mil e dezenove, 11/04/2019), lá na  Câmara Federal, em Brasília – Distrito Federal Brasileiro dentro do estado de Goiais, o  Siptea (Projeto Serviço de Intervenção Precoce no Transtorno do Espectro Autista) realizado no Centro Especializado em Reabilitação (CER ) chegou a ser citado como uma referência pelo pesquisador de pós-doutoramento em Educação Especial da UFSC Universidade Federal de São Carlos, Lucelmo Lacerda.

O Pesquisador apresentou as principais diretrizes do Siptea.

“O processo em Praia Grande é realizado com protocolo que tem validação científica. É feito uma triagem com crianças em risco de Autismo e a intervenção começa após a avaliação”.

Lacerda comenta que uma intervenção precisa durar horas e não apenas o curto período de atendimento durante as sessões de terapia para isso, a família recebe ensinamentos para aplicação das estratégias, tomada de decisão em curso e monitoramento de dados.

“O diálogo com os pais é fundamental e eles devem estar presentes em todo o processo, senão não há intervenção que funcione. Os pais é que têm o poder de definir quais são os objetivos finais, orientados pela equipe técnica para a definição das estratégias. O protocolo utilizado em Praia Grande é semelhante ao que seguem países como Estados Unidos e Canadá”, finaliza.

O Projeto SIPTEA

Projeto – O Siptea é um serviço pioneiro em todo o país que atende crianças (de 0 a 4 anos) que apresentam sinais, mesmo que pequenos, de autismo, iniciando uma intervenção precoce (sem a necessidade de total diagnóstico) pois é nessa fase da vida que a criança atinge pleno desenvolvimento cerebral. Um dos grandes diferenciais do serviço é a inclusão da família nos tratamentos. A família é orientada para que possa realizar parte do tratamento em casa no dia a dia com a criança.

Atividades Realizadas

As atividades realizadas em casa também são monitoradas pela equipe multidisciplinar (fonoaudióloga, psicóloga, terapeuta ocupacional, assistente social) através do preenchimento da Planilha de Habilidades pelos responsáveis. Além da terapia realizada no CER, as famílias participam mensalmente de um workshop que aborda diversos assuntos para proporcionar ainda mais conhecimento e segurança às famílias e pacientes.

O projeto Siptea é realizado no CER que fica na

Avenida Dr. Roberto de Almeida Vinhas, 8813, Bairro Mirim.

Esta Noticia foi útil?

Clique em 5 estrelas para votar

Classificação média: / 5. Contagem de votos:

We are sorry that this post was not useful for you!

Let us improve this post!

Veja aqui onde pode realizar o Exame de Eletroneuromiografia em SP.