Bebê maltratada pelos pais tem subida da UTI no CHM

0
82

A bebê de 4 meses que está internada no CHM (Núcleo Hospitalar
Municipal) em Santo André teve subida da UTI (Unidade de Terapia
Intensiva) pediátrica. A moçoila foi vítima de maus tratos dos
pais Bárbara Santos Oliveira, 18 anos, e Igor Amaral Dias, 20,
que residiam em morada na Cidade São Jorge.

A Secretaria de Saúde do município informou que a paciente foi
transferida na terça-feira para a enfermaria pediátrica do
hospital. “A bebê permanece com quadro clínico estável – recebe
ainda antibióticos e alimentação por meio de sonda”, disse a
nota.

A vítima deu ingressão no hospital no dia 21. Ela tinha fraturas
nos braços, pernas e mandíbula e também cicatrizes na face,
decorrentes de queimaduras. Além disso, apresentava quadro de
desnutrição e anemia.

Conforme a Pasta, a paciente passou por “avaliações clínica,
neurológica e de ortopedia; realizou vários exames.”
Inicialmente ela precisava respirar com cateter de oxigênio.

Segundo a SSP (Secretaria de Segurança Pública) do Estado, o
parelha, indiciado pela Polícia Social por tentativa de homicídio,
continua recluso. O caso está sendo analisado pela Justiça, que
encaminhou a denúncia para o MP (Ministério Público), porém foi
decretado sigilo de Justiça.

ENTENDA O CASO
Após os pais da criança não retornaram à UBS (Unidade Básica de
Saúde) para que a mesma tomasse vacinas, agentes foram até a
morada da família. Chegando lá, se depararam com a criança
visivelmente machucada e chamaram a PM (Polícia Militar).

Os pais foram presos e indiciados pela Polícia Social. O parelha
estava desempregado. Os dois se casaram após a jovem permanecer
grávida, moravam nos fundos da morada de uma tia e não permitiam
que a filha fosse visitada. A ocorrência foi registrada no 3º
DP (Vila Pires).
 

Bebê maltratada pelos pais tem subida da UTI no CHM
Avalie esta notícia