Bill Gates só tem um compunção: o CTRL + ALT + DEL

Bill Gates só tem um compunção: o CTRL + ALT + DEL

Uma enorme segmento da riqueza de Bill Gates, estimada em murado de US$ 90 bilhões, veio da geração do Windows. O megaempresário tem todos os motivos para se orgulhar do software, visível? Não, totalmente. Ainda há um pequeno pormenor no programa operacional que incomoda o fundador da Microsoft: o CTRL + ALT + DEL.

Bloomberg em Novidade York

Em uma conferência organizada pela Bloomberg em Novidade York nessa quarta-feira (20), o magnata David Rubenstein decidiu tirar uma curiosidade de muitos anos com o próprio Gates, um dos convidados de honra do evento. “Porquê surgiu a teoria da combinação de teclas ctrl + alt + del?”, perguntou.

Sem jeito, o varão mais rico do mundo revelou a sua insatisfação com o via, usado em situações de pane no sistema.

“As pessoas envolvidas nessa tarefa deveriam ter escolhido uma tecla mais óbvia”, respondeu Bill Gates, arrancando risos da plateia.

Perguntado se era um compunção em sua curso, ele admitiu que voltaria no tempo e pensaria em alguma coisa mais fácil do que segurar três botões do teclado ao mesmo tempo. ““Evidente, se pudesse mudar, escolheria uma única tecla”, afirmou. Pobre Bill.

Aguardando palavras...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais