Errou: Caixa envia SMS com Saldo Incorreto de FGTS aos trabalhadores

0

Errou: Caixa envia SMS com Saldo Incorreto de FGTS aos trabalhadores: Caixa envia SMS do FGTS errado aos trabalhadores. Trabalhadores receberam informações erradas da Caixa Econômica Federal na segunda-feira (16) sobre o saldo

Errou: Caixa envia SMS com Saldo Incorreto de FGTS aos trabalhadores

FGTSMovimentação na Caixa Econômica Federal em Guarulhos nesta quinta-feira (17). A Caixa Econômica Federal anunciou um esquema reforçado de atendimento do FGTS, que permite receber até R$500 de cada contra do fundo. Para quem não é cliente Caixa e faz aniversário em Janeiro também pode receber.
Caixa envia SMS com saldo incorreto de FGTS aos trabalhadores. Trabalhadores receberam informações erradas da Caixa Econômica Federal na segunda-feira (16) sobre o saldo do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). O erro ocorreu com quem é cadastrado para receber as atualizações por SMS.

De acordo com a mensagem de texto, o saldo das contas teria caído nos últimos dias. Pelas informações enviadas, a redução era de valor superior aos R$ 500 por conta autorizados pelo governo na modalidade saque imediato.

Vários trabalhadores relataram ao G1 que o saldo teria caído mais de R$ 2 mil entre o informe anterior, recebido via SMS, e a nova mensagem desta segunda-feira (16).

Segundo informações da Caixa Econômica Federal, porém, não houve retirada de recursos das contas vinculadas do FGTS dos trabalhadores.

“Na verdade, o saldo dos trabalhadores continua correto. Em qualquer canal que o trabalhador consultar, via aplicativo, internet, nas agências da Caixa, o saldo está correto”, informou o vice-presidente de Fundos de Governo da Caixa, Paulo Ângelo.

O que ocorreu, ainda de acordo com a instituição, foi o envio errôneo, para um “grupo restrito de pessoas” nesta segunda-feira (16), de informações com o valor do saldo das contas de mês anterior, que não o atual, com o valor defasado.

Por isso, informou o banco, o trabalhador pode entender que houve queda no saldo, o que não aconteceu.

“O único fato que ocorreu é que, para um número restrito de trabalhadores, houve envio com o saldo enviado em mês anterior, aparentemente o mês de setembro. Foi para um universo restrito, uma parte dos cadastrados [no serviço de SMS]. Não dá pra saber quantas pessoas”, declarou o vice-presidente da Caixa.

A instituição financeira informa que, ainda nesta segunda-feira, enviará nova mensagem de texto para os trabalhadores para que desconsiderem o SMS anterior, incorreto.

“Vamos enviar SMS para desconsiderar mensagem recebida. Mas a informação nos canais do banco está íntegra”, disse Paulo Ângelo, da Caixa.

Novas regras do FGTS

Na quinta-feira (12) começaram a valer novas regras do FGTS com a sanção de Medida Provisória (MP) sobre o tema pelo presidente Jair Bolsonaro.

Por se tratar de MP, várias das mudanças começaram a valer quando o texto foi editado, em julho. Entre elas a criação de novas modalidades de saque (imediato e aniversário).

Porém, mudanças na MP promovias pelo Congresso só entraram em vigor com a sanção na semana passada. A principal alteração feita pelos parlamentares foi o aumento do limite do saque imediato, de R$ 500 para R$ 998.

Porém, o novo teto só se aplica a contas com saldo de até R$ 998. Quem tiver mais do que isso na conta (ativa ou inativa), segue podendo sacar até R$ 500. O saque imediato pode ser feito até 31 de março de 2020.

O que é o FGTS

O FGTS é uma conta vinculada ao contrato para proteger o trabalhador, caso ele seja demitido sem justa causa.

No início de cada mês, as empresas depositam, em contas da Caixa Econômica Federal, o valor correspondente a 8% do salário de cada funcionário. Esse dinheiro pertence ao trabalhador, é depositado em seu nome.

O FGTS é administrado por um conselho, composto pelo governo federal e por organizações que representam os trabalhadores e as empresas empregadoras.


Aguardando palavras...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. AceitoLeia Mais