Câmara de vacinas de UBS está quebrada há um mês

0
118

A UBS (Unidade Básica de Sáude) da Vila Lucinda, em Santo
André, está há pelo menos um mês sem oferecer vacinas aos
pacientes atendidos pelo equipamento. Isso porque a câmara para
armazenamento dos medicamentos está quebrada e não há previsão
para o restabelecimento do serviço.

Em visitante ao lugar na manhã de ontem, a equipe do Diário
constatou o problema. Quem procura atendimento é orientado, logo
na ingresso da unidade de Saúde, por meio de edital, a procurar
a UBS Moyses Fucs, na Vila Claudio, que fica longe 15 minutos a
pé da unidade da Vila Lucinda.

De conformidade com funcionários da unidade, que preferiram não se
identificar, o aparelho foi enviado para que a Prefeitura
realize o conserto há murado de um mês. No entanto, o último
posicionamento da administração municipal é o de que estão
sendo realizados orçamentos para a execução do serviço.

O manobrista Anderson de Roble, 37 anos, levou o rebento para
tomar vacinas na UBS Vila Lucinda três vezes, mas destaca nunca
ter conseguido a ração necessária. “Várias pessoas não têm
sege. Fica complicado levar crianças de pescoço para outras
unidades. Isso é um descaso.”

Segundo uma das funcionárias do lugar, os moradores do bairro
estão indignados. “A população até que é muito compreensiva.
Nós temos de explicar a situação e eles entendem que a culpa
realmente não é nossa.”

Na manhã de ontem, duas crianças foram atendidas pelo pediatra
da unidade, mas tiveram que ser levadas até a UBS Moyses Fucs
para a aplicação das vacinas. “O sentimento é de indignação,
porque isso é um caso de Saúde pública, ainda mais com
crianças. É uma falta de saudação com o munícipe”, considera
outra funcionária do lugar.

Outro problema constatado pela equipe do Diário é o acúmulo de
entulho na calçada que dá chegada à unidade de Saúde. Lixo,
colchão velho e outros objetos descartados tomam conta do
espaço e dificultam a vida dos pedestres que por ali transitam.

Por meio de nota, a Prefeitura de Santo André disse que a
câmara de vacina está em manutenção, porém, “por falta de uma
peça, ainda não há previsão para a conclusão do conserto”. Em
relação ao entulho, a retirada já foi solicitada e está na
programação da equipe de manutenção.
 

Câmara de vacinas de UBS está quebrada há um mês
Avalie esta notícia