sexta-feira, janeiro 18, 2019
Início Advogados Direito Previdenciário

Direito Previdenciário

Por que se Munir de um Advogado Especialista em Direito Previdenciário antes de procurar o INSS?

Por que se munir de um Advogado especialista em Direito Previdenciário antes de procurar o INSS? Para assegurar-se de que seus direitos serão respeitados, desde o requerimento administrativo do benefício até o fim de uma eventual demanda judicial.

Por que um Escritório de Direito Previdenciário antes de ir por si no INSS?

A Burocracia algumas vezes, ao longo do processo de análise dos processos Administrativos da Concessão dos Benefícios Previdenciários, é normal se deparar com a existência de erros, seja em formulário ou apenas por deslizes de solicitação, mas que provavelmente poderiam, em tese, no meio mais base, ser diminuidos com a correta atuação de um justo recurso ao órgão julgador responsável, algo que normalmente não costuma ocorrer.

Alguns juízes entendem necessária a interposição de recurso da decisão de indeferimento ou revisão dos benefícios para o ajuizamento da demanda, já para outros não a consideram indispensável.

Razões para esta realidade teriam como ser mais óbvias? Segurado, normalmente ou na grande maioria das vezes, redige o recurso ou até pede a algum familiar ou amigo.

Já se Perdeu?

Procure o Advogado Especialista em Direito Previdenciário para requerer seu beneficio!

 

Aposentadoria por Trabalho Perigoso Entenda

Aposentadoria por Trabalho Perigoso Entenda Quando uma pessoa pode pedir aposentadoria por periculosidade? Um trabalho considerado perigoso muda o tempo da aposentadoria? A Advogada Especialista em Direito Previdenciário e Presidente do Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário Adriane Bramante explica quais são as condições para pedir aposentadoria...

Previdência com Transição na Metade do Tempo

Previdência com Transição na Metade do Tempo BRASÍLIA A proposta de reforma da Previdência em estudo pela equipe econômica do presidente Jair Bolsonaro prevê uma regra de transição de 10 a 12 anos. O período é bem mais curto do que os 21 anos previstos na versão...