PORTAL DE NOTÍCIAS DO ABC PAULISTA

InícioSete CidadesSanto AndréCentro de Santo André recebeu o Mental Fashion Day 2018

Centro de Santo André recebeu o Mental Fashion Day 2018

principal evento da rede de saúde mental da cidade homenageou nesta edição a psiquiatra Nise da Silveira
Crédito: Alex Cavanha/PSA
O Centro de Santo André voltou quase 90 anos na história nesta quinta-feira (17) de manhã. O clima dos anos 30 tomou a concha acústica da Praça do Carmo, que recebeu o Mental Fashion Day 2018. O principal evento da rede de saúde mental da cidade homenageou nesta edição a psiquiatra Nise da Silveira, que naquela época desenvolvia trabalho revolucionário no tratamento terapêutico, indo na contramão do regime manicomial. A alagoana foi pioneira ao introduzir os animais como co-terapeutas e a implantar a arteterapia, visão que hoje norteia projetos como o das oficinas oferecidas nos CAPS (Centros de Atenção Psicossocial) da cidade.Pouco antes de subir ao palco, na Casa da Palavra Mário Quintana, moças e senhoras se maquiavam, vestidas com saias longas e chapéus, enquanto em outra sala, os rapazes e senhores, ajeitando os blazeres, conversavam para passar o tempo. Na preparação dos modelos, psicólogos e terapeutas ocupacionais fizeram a vez dos maquiadores e figurinistas, familiares davam apoio à organização e usuários se dividiam entre a apresentação do desfile, cobertura fotográfica e a função de modelo. Esse desempenho de multitarefas não aconteceu apenas na data do Mental Fashion Day, mas desde a sua preparação. O evento integra os profissionais e usuários de todos os CAPS da cidade, desde a confecção e customização das peças, realizada dentro das oficinas dos equipamentos, até os ensaios e produção do cenário.Foi por esse acolhimento que a dona de casa Luciene Pavani, de 42 anos, se tornou mais participativa nas atividades do serviço. Essa foi a primeira vez que a moradora do bairro Bangu desfilou no evento. Luciene é mãe da adolescente Maiara Pavani, de 15 anos, que faz tratamento e participa das oficinas no CAPS Infantojuvenil. “Antes dela começar a utilizar o serviço eu não tinha essa visão. Você começa a ampliar seu pensamento quando você vê esse trabalho, tem contato com as famílias. Até para aqueles que tem um grau de comprometimento maior, desfilar é uma conquista. Eu sou apaixonada pelo CAPS, eu abracei essa causa”, comenta a mãe.Na abertura do desfile, a coordenadora do CAPS III Jardim, Paula Taleikis, caracterizada de Nise da Silveira, declamou um texto representando a psiquiatra. Entre as palavras discursadas, a personagem fez um alerta: “Não se curem além da conta. Gente curada demais é gente chata”.O usuário do CAPS Vila Vitória, Rivaldo da Silva, de 41 anos, sabe bem disso e com toda simpatia, foge à chatice. Com descontração, o usuário conta teve que fazer uma escolha difícil para participar do Mental Fashion Day, isso porque toda quinta-feira ele participa da oficina de futebol, sua paixão. Corintiano roxo, segundo ele, escolheu o desfile “porque acontece uma vez por ano e eu gosto de me reunir com o pessoal aqui”.Ao final da cerimônia, um grupo de usuários subiu ao palco para tocar e cantar. A vocalista, caracterizada de Dona Ivone Lara, sambista falecida neste ano, entoou a canção com o refrão que sintetiza o trabalho desenvolvido na rede: saúde não se vende e loucura não se prende.A Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) do município é composta dos seguintes pontos de atenção: três CAPS tipo III (24 horas); um CAPS III AD (Álcool e outras drogas); um CAPS Infantojuvenil. Para reabilitação psicossocial há duas repúblicas terapêuticas (unidades de acolhimento, uma para adulto e outra para jovens de acordo com Projeto Terapêutico Singular vinculados ao CAPS III AD); um Núcleo de Projetos Especiais (NUPE), que realiza atividades voltadas a geração de trabalho e renda; o Consultório na Rua (CNR), que realiza atendimento itinerante à população de rua e o CAPS itinerante, uma equipe mista dos CAPS AD, Vila Vitória, Infantil e CNR, que realiza atendimentos em Paranapiacaba e Parque Andreense, com objetivo de promover acesso à Saúde. Além disso, a cidade conta com sete residências terapêuticas.

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interação de fatos e dados.
** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do ABCTudo/IT9.

*Opinião

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interação de fatos e dados.
**Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do ABCTudo/IT9.

Continue explorando...

Restaurante Madero abre em Santo André

Restaurante Madero abre em Santo André: Depois do sucesso de seus restaurantes na cidade de São Paulo, a rede Madero chega ao ABC. No próximo dia 3 de março, a partir das 19h30, sobrevirá um jantar beneficente de pré-inauguração do Madero Container Santo André.

Meio Público de Trabalho oferece 12 vagas para Mauá e Santo André

Meio Público de Trabalho oferece 12 vagas para Mauá e Santo André: O Meio Público de Trabalho e Renda de Mauá oferece 12 vagas...

Lugares para Viajar

Descubra Porque se Hospedar na Praia Grande

Ao planejar momentos de lazer no litoral de São Paulo, cada vez mais pessoas estão escolhendo se Hospedar na Praia Grande. E o fato...

Artigos Relácionados

Festival Sabores da Cidade de Santo André Começa Nesta Segunda

Santo André, 10 de maio de 2024 - A cidade está se preparada para...

Domingo no Pedroso terá inauguração de pedalinho e atividades de saúde e lazer

Equipamento volta à ativa no Parque do Pedroso após mais de 30 anos; evento também marca a abertura do primeiro Parque Naturalizado de Santo André

A pé por Santo André

Absorver experiências, conhecer e mudar é parte do amadurecimento das pessoas. Mas nem sempre...

Confirmado Terceiro caso de Febre Amarela

Confirmado Terceiro caso de Febre Amarela: A Prefeitura de São Bernardo divulgou ontem que o caso suspeito de febre amarela atendido na rede pública do município, mas sendo o paciente morador de outra cidade, foi confirmado porquê positivo.

Semasa realiza oficina para diagnóstico do Plano de Educação Ambiental do Parque do Pedroso neste sábado

Atividade é voltada especialmente aos moradores da região e acontece em formato de café da manhã com diálogo

Santo André começa obras da Estação de Coleta Parque Marajoara

Ecoponto será o trigésimo do município; moradores poderão descartar diversos tipos de materiais que não são recolhidos pela coleta porta a porta

Banco de Leite do Hospital Mário – Covas precisa de doadoras

Local trabalha no mês de agosto com apenas 25 litros em estoque, quando volume ideal para atendimento aos bebês da UTI Neonatal e Berçário seria de 70 litros

Conheça o Impacto do Ensino Bilíngue no Desenvolvimento Infantil

Ensino Bilíngue no Desenvolvimento Infantil. O mundo está se tornando cada vez mais interconectado,...