Clubes criticam Prefeitura por falta de verba e adiam início da 1ª Subdivisão de RP

0
66

Ficou convencionado na reunião ocorrida na última
terça-feira, que o Campeonato Municipal da 1ª Divisão não terá
início enquanto a Prefeitura não deliberar sobre repasse
financeiro à Liga Ribeirãopirense de Futebol.
 

Estiveram presentes neste encontro os 24 times que compõe a
escol do futebol de várzea da Estância e juntos decidiram, em
votação, que irão esperar o Executivo repassar verba para a
organização deste torneio, que tem valor estimado de R$
34.650,00, conforme Projecto de Trabalho apresentado pela Liga
para a Secretaria de Esportes.
 

Porquê escolha a recusa da Prefeitura em ajudar, a Liga
propôs que os clubes arcassem com a arbitragem, no valor de R$
350,00 por partida. Está prevista a realização de 99 jogos
durante o torneio.
 

Segundo a Folha apurou, faz pelo menos 20 anos que os clubes
não pagam arbitragem na competição. Desde que os bingos foram
legalizados na década de 90 e passaram a contribuir
financeiramente com o futebol namorado.
 

Zero foi discutido sobre o rebaixamento para 2ª Divisão dos
times que se negarem a competir na 1ª Divisão pagando
arbitragem.
 

A Prefeitura foi representada neste encontro pelo funcionário
da Secretaria de Esportes, Miguel Barbosa. O secretário Iuquio
Iwasaki se ausentou.

 

Clubes criticam Prefeitura por falta de verba e adiam início da 1ª Subdivisão de RP
Avalie esta notícia