Como lidar melhor com a ansiedade em provas e exames

Estudar para uma prova ou exame importante não é tarefa simples. Compreender a matéria sobre diversos assuntos, sobretudo aqueles que você não domina muito bem, é algo que exige esforço, dedicação e muita preparação. Contudo, um dos principais desafios enfrentados pelos estudantes nesse momento é conseguir controlar a ansiedade durante esse processo.

É por isso que entre as dicas para prova prática de exames e provas importantes estão aquelas voltadas para o controle da ansiedade. Adotá-las ao longo do percurso dos estudos é importantíssimo para ter um melhor desempenho nessas situações, além de fazer bem para a saúde mental. Neste texto, conheça algumas das principais sugestões para tornar o seu estudo mais produtivo e menos aflitivo. Faça um plano de estudo.

Em muitos casos, o sentimento de ansiedade surge quando o estudante receia que não irá conseguir estudar toda a matéria a tempo. Para combater essa sensação, a melhor dica é elaborar um plano de estudo. Isso permite que o estudante se concentre em uma tarefa de cada vez, vendo o processo de estudo em etapas menores e realizáveis em vez de algo muito grande e difícil de ser feito.

O plano de estudo também é eficiente pois divide o material em partes gerenciáveis, o que é fundamental para manter o foco. É importante lembrar que se deve definir metas realistas e alcançáveis, uma tática que inclusive gera a sensação de satisfação quando elas são cumpridas, aumentando a confiança e a motivação. Mantenha um estilo de vida saudável.

Uma das maneiras de ajudar a ansiedade como um todo é procurar adotar um estilo de vida mais saudável. A prática regular de atividades físicas ajuda a controlar a ansiedade e o estresse, assim como ter uma alimentação adequada e bem balanceada, livre de alimentos gordurosos e ricos em açúcar.

Além disso, é interessante reservar um tempo para relaxar, descansar e se divertir durante os estudos. Esses momentos não devem ser encarados como “perda de tempo” nem devem gerar culpa, pois são importantes para a manutenção da saúde mental.

Tenha sono regulado um estilo de vida saudável deve incluir um sono bem regulado. Estudos de neurociência já comprovaram que a falta de sono afeta negativamente aspectos como a atenção, o humor e a memória, o que colabora para aumentar a ansiedade.

Relacionados

O ideal é manter uma rotina regrada de sono, procurando dormir e acordar sempre nos mesmos horários, inclusive aos fins de semana e feriados. Não dormir muito tarde, dormir entre 7 e 8 horas por noite e evitar o consumo de cafeína e álcool são fatores que ajudam a criar essa rotina sadia adote técnicas de relaxamento

A ansiedade também pode ser combatida com a adoção de técnicas de relaxamento que podem ser incluídas na rotina. Existe uma série delas que ajudam bastante a diminuir a ansiedade, fazendo com que o estudante se sinta melhor e mais preparado.

Respiração profunda, meditação, yoga e exercícios de relaxamento muscular progressivo são algumas dessas técnicas. O ideal é experimentá-las e encontrar aquela que mais proporciona efeitos positivos para a sua saúde mental, gerando relaxamento, confiança e menos ansiedade.

Seja positivo outra tática muito bem-vinda e que fará bem para a sua saúde mental é procurar ser mais positivo. Alimentar pensamentos negativos que envolvam reprovações ou não ir bem em determinado exame só serve para deixar a pessoa mais aflita e insegura. Em vez disso, é interessante fazer visualizações diárias imaginando-se fazendo uma boa prova, lendo seu nome entre os aprovados e comemorando essa conquista ao lado de amigos e familiares.

Claro que é necessário dosar essa postura positiva. Apesar de fazer bem, é importante ter em mente que atitude positiva não significa que se deva acreditar na aprovação a ponto de ficar frustrado caso isso não aconteça. A positividade serve principalmente para afastar os pensamentos intrusivos e ligados à ansiedade, sobretudo com a aproximação de uma prova importante.

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interação de fatos e dados.
** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do ABCTudo/IT9.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.