Abctudo 2024
Abctudo 2024

PORTAL DE NOTÍCIAS DO ABC PAULISTA

InícioGeralComo reduzir a conta de luz pela metade: Melhores Práticas

Como reduzir a conta de luz pela metade: Melhores Práticas

A busca por economia doméstica é uma constante na vida de muitos brasileiros. Em um país tropical como o Brasil, onde o uso de aparelhos de ar condicionado, ventiladores e outros eletrodomésticos é recorrente, a conta de luz pode ser um dos maiores gastos mensais. 

Ao contrário do que muitos pensam, é possível, sim, reduzir significativamente esse valor. 

Com algumas mudanças de hábito e estratégias assertivas, é viável cortar a conta de luz pela metade. E, caso precise consultar sua fatura, você pode acessar a 2 via conta de energia Enel para obter todos os detalhes de consumo.

Investimento em tecnologia LED

As lâmpadas LED têm se tornado cada vez mais populares nas residências. E há uma razão para isso. Em comparação com as lâmpadas incandescentes ou fluorescentes, as LED consomem até 80% menos energia. 

Uma única lâmpada LED pode durar até 25 vezes mais do que suas contrapartes tradicionais. Isso significa menos reposição e, claro, menor consumo de energia. 

Ao substituir todas as lâmpadas de uma residência por LED, é possível perceber uma redução significativa já no primeiro mês de troca.

Uso racional de aparelhos de climatização

O ar-condicionado e o ventilador são os grandes vilões quando o assunto é consumo de energia. No entanto, é possível utilizá-los de maneira mais eficiente. Primeiro, ao comprar um aparelho novo, dê preferência para aqueles com selo Procel de economia de energia. 

Ao usar o ar-condicionado, mantenha janelas e portas fechadas e defina uma temperatura confortável, mas não muito baixa. Evite deixá-los ligados quando não estiver no ambiente. 

Uma boa ventilação natural, cortinas e persianas bem posicionadas também ajudam a manter o ambiente fresco sem depender exclusivamente desses aparelhos.

Desplugue aparelhos em stand-by

Aquele pequeno LED aceso na TV, no micro-ondas ou no DVD indica que o aparelho, mesmo desligado, está consumindo energia. 

Esse consumo pode parecer inofensivo, mas, quando somamos todos os aparelhos em stand-by de uma casa, o valor se torna considerável. 

Adote o hábito de desligar os aparelhos da tomada quando não estiverem em uso, especialmente aqueles que são usados esporadicamente. Tomadas inteligentes com timers também podem ser uma boa opção para controlar esse consumo.

Manutenção regular de eletrodomésticos

Eletrodomésticos com defeito ou desregulados consomem mais energia. A geladeira, por exemplo, se estiver com a borracha da porta desgastada, pode perder o frio e forçar o motor a trabalhar mais. 

O mesmo vale para o ferro de passar que demora para aquecer ou o forno que não mantém a temperatura. Portanto, é fundamental verificar regularmente o estado de seus eletrodomésticos e fazer a manutenção preventiva ou correção de qualquer problema que possa aumentar o consumo de energia.

Adoção de sistemas de energia solar

A energia solar tem ganhado espaço no cenário brasileiro, e não é apenas uma tendência: é uma solução econômica e sustentável. 

Ao instalar painéis solares em sua residência, você passa a gerar parte ou até mesmo toda a energia que consome. Durante o dia, os painéis capturam a luz do sol e a transformam em energia elétrica. 

O excesso de energia gerado pode ser injetado na rede pública e, em muitos casos, gerar créditos que podem ser abatidos em futuras contas.

O custo inicial para instalação pode parecer alto, mas é um investimento que se paga a médio prazo. 

Dependendo da região e da incidência solar, o retorno do investimento pode ocorrer em poucos anos. Além da economia direta na conta de luz, sistemas de energia solar valorizam o imóvel e reforçam o compromisso com práticas sustentáveis.

Para quem busca uma redução drástica na conta de luz, os painéis solares representam uma das alternativas mais eficientes. 

Pesquise sobre empresas especializadas em sua região e analise a viabilidade técnica e financeira para sua residência. Ao adotar essa prática, você não apenas economiza no final do mês, mas também contribui ativamente para a construção de um futuro mais limpo e renovável.

Ao implementar estas melhores práticas, os benefícios vão além da economia financeira. Contribuímos para a preservação do meio ambiente ao consumir menos recursos e, de quebra, garantimos um lar mais eficiente e sustentável. 

Ao tomar consciência do nosso consumo, passamos a ter um papel ativo na mudança que queremos ver no mundo. Se cada um fizer sua parte, juntos, faremos toda a diferença.


OPINIÃO

ABCTudo Paulista

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interação de fatos e dados.
** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do ABCTudo/IT9.

spot_img

Crie seu WebSite com quem tem Experiencia

Clique no botão ao lado e conheça a iT9 Marketing

Lugares para Viajar

Descubra Porque se Hospedar na Praia Grande

Ao planejar momentos de lazer no litoral de São Paulo, cada vez mais pessoas estão escolhendo se Hospedar na Praia Grande. E o fato...

Leia também

Truques inteligentes para facilitar o preparo de refeições

Cozinhar é uma das funções mais prazerosas nessa vida, mas é algo que costuma demandar muito tempo e ocupar uma parte preciosa do dia, um tempo que poderia ser destinado a outras atividades. Para quem tem um dia agitado...

15 Dicas de presentes para meninas de 15 anos

Os tão aguardados 15 anos representam um marco especial na vida de qualquer adolescente, especialmente para as jovens damas que estão prestes a vivenciar esse momento único. Escolher o presente perfeito para uma debutante pode parecer desafiador, considerando a...

Quanto custa um saco de cimento? Valores para 2024!

Quanto custa um saco de cimento? Qual o valor atualizado de um saco de cimento para o ano de 2024? Construir é sempre necessário, seja para levantar uma casa do zero ou então fazer uma possível reforma em nosso...

Publique sua notícia no ABCTudo

Tenha seu artigo publicado. Estudante de Jornalismo? Entre em contato