Cuidados na hora de comprar peixe na Semana Santa

Crédito: Shutterstock
Com a proximidade da Semana Santa a procura pelos pescados aumenta significativamente. Muita variedade e preços para atender toda a demanda de consumidores. Mas nesta época também surgem muitas pessoas que não são do ramo e começam a comercializar o produto sem nenhuma responsabilidade de procedência, higiene e qualidade.No mercado de peixes há mais 46 anos, o peixeiro Hermes Marcatti, da Hermes Pescados, em Santo André, é especialista na hora de indicar e identificar o peixe de boa procedência e qualidade.Abaixo algumas dicas para não se dar mal na compra de peixes frescos:-Vendido fresco, o peixe não pode apresentar areia, sujeira, plásticos, enfim, nada que demonstre falta de higiene na manipulação.- Não pode ter perfurações na superfície.-Escamas devem estar transparentes, firmes e resistentes.-Os olhos estarem perfeitos, brilhantes e grandes.-Guelras amareladas e com muco indicam que o peixe não é fresco. Elas devem ser brilhantes, bem vermelhas e sem muco.-Peixe cheira peixe e não tem outro odor que não seja esse.-Todo peixe fresco deve estar em ambiente refrigerado. Verifique a qualidade (cor e aroma) do gelo onde ele está depositado.

Aguardando palavras...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais