Curso de Farmácia aborda o uso racional de medicamentos em meio à pandemia

Curso de Farmácia aborda o uso racional de medicamentos em meio à pandemia :

Curso de Farmácia aborda o uso racional de medicamentos em meio à pandemia


O curso de Farmácia do Centro Universitário Faculdade de Medicina do ABC (FMABC), de Santo André, organiza hoje (6 de maio) a 7ª edição da Campanha de Uso Racional de Medicamentos. Um dos temas abordados será o uso irracional de medicamentos contra a Covid-19, tema em evidência no cenário científico nacional e internacional.

O objetivo da ação é celebrar o Dia Nacional do Uso Racional de Medicamentos – comemorado oficialmente em 5 de maio – com palestras e orientações sobre o tema à população e alunos. Devido à pandemia, as atividades serão transmitidas on-line, pelo YouTube, em dois períodos. De manhã, das 8h às 10h, pelo link https://is.gd/Tw0YFI e à noite, das 18h40 às 20h40, por meio do link https://is.gd/HbF6Zh. 

“Não existem comprovações científicas que mostrem que medicamentos como cloroquina, hidroxicloroquina e ivermectina sejam eficazes e seguras no tratamento da Covid-19, sendo que a Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Conselho Federal de Farmácia (CFF) não recomendam o seu uso. Além destas drogas não serem efetivas no tratamento da doença, podem causar reações adversas graves incluindo retinopatias, distúrbios cardiovasculares, hepáticos, entre vários outros efeitos. A decisão sobre a prescrição é uma prerrogativa do médico, mas o farmacêutico deve esclarecer ao paciente qual a sua indicação e a forma de uso, orientando-o sobre os riscos da utilização”, explica a coordenadora do curso de Farmácia da FMABC, Dra. Sonia Hix.

Os outros temas abordados na palestra serão: “Uso racional de medicamentos: conceitos e estratégias”, “Você sabe o que é uso racional de medicamentos?”, “Interação medicamentosa”, “Interação fármaco-alimentos”, “Interação medicamentosa em plantas medicinais” e “Descarte de medicamentos”.

Todas as atividades serão conduzidas por docentes da FMABC. São eles: Ana Elisa Prado Coradi, Carla Daniely Pombal Bianchini, Fernanda Yakel Stefani, Ana Beatriz Ramos de Oliveira Pinn, José Armando Júnior, Andrea de Andrade Ruggiero, Marisa Regina de Fátima Veiga Gouveia e Maria Lucila Ujvari de Teves. Em alusão à data, o aluno do 3º ano do curso, Matheus de Almeida Gomes, produziu um vídeo relacionado à data, que pode ser acessado pelo link https://is.gd/bdmEPW.

RISCOS À SAÚDE

Segundo informações do Ministério da Saúde, a automedicação traz grandes riscos à saúde, pois a ingestão de substâncias de forma inadequada pode causar reações como dependência, intoxicação e até mesmo a morte. A receita médica é a garantia de que houve uma avaliação profissional para que determinado paciente utilize o medicamento.

O Dia Nacional do Uso Racional de Medicamentos tem justamente esses objetivos: alertar a população sobre os riscos, assim como ressaltar o papel do uso indiscriminado de medicamentos e a automedicação como principais responsáveis pelos altos índices de intoxicação por remédios. Além do agravamento de doenças, a automedicação pode promover a combinação errada de substâncias, com riscos de anular ou potencializar os efeitos dos medicamentos em uso.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Política de Privacidade e Cookies