Docente da MedABC Convidada para debater trotes Universitários em MG

Docente da MedABC é convidada para debater trotes universitários em Minas Gerais : A professora da disciplina de Saúde Coletiva do Centro Universitário Faculdade de Medicina do ABC (FMABC) e presidente do Centro de Estudos de Saúde Coletiva (CESCO), Dra. Silmara Conchão, é uma das convidadas do “I Seminário Sobre Trote, Bullying, Cyberbullying e outras violências”

Docente da MedABC é convidada para debater trotes universitários em Minas Gerais

[ad_1]

A professora da disciplina de Saúde Coletiva do Centro Universitário Faculdade de Medicina do ABC (FMABC) e presidente do Centro de Estudos de Saúde Coletiva (CESCO), Dra. Silmara Conchão, é uma das convidadas do “I Seminário Sobre Trote, Bullying, Cyberbullying e outras violências”, organizado pelo Instituto Federal do Triângulo Mineiro (IFTM), campus de Uberlândia, em Minas Gerais. O evento on-line será transmitido pelo canal oficial da instituição no YouTube, dias 11 e 12 de março, das 9h às 16h.

O encontro irá discutir, em mesa redonda com outros especialistas, as práticas de intimidação no ambiente educacional, experiências exitosas de recepção de calouros, efeitos dos trotes abusivos, dinâmicas sociais e desafios das instituições de ensino em relação ao tema.

As inscrições para participação podem ser feitas pelo link https://iftm.edu.br/eventos/seminariotrote/.

Temas que serão Abordados

Entre os temas que serão abordados pela docente está a experiência no acolhimento de novos universitários de forma humanizada, respeitosa e integrativa.

Na FMABC, a professora é responsável pela coordenação do Núcleo de Recepção ao Discente, ligado à Câmara de Graduação. Em fevereiro, a comissão realizou pela primeira vez – em razão da pandemia – a recepção a distância de 348 novos alunos do Centro Universitário, com planejamento antecipado, participação da Reitoria e de diversos docentes.

A ideia foi receber os ingressantes de forma acolhedora, mesmo a distância, além de promover a integração de todos os cursos da graduação e facilitar a comunicação entre eles e deles com a instituição. Crescemos juntos com mais esta lição aprendida. Neste seminário, queremos divulgar a experiência para que outras instituições de ensino brasileiras possam reproduzir a iniciativa. Atingimos os nossos melhores resultados, pois fomos muito bem avaliados por nossos ingressantes. É uma forma de sair dos livros e dar exemplo de compromisso, entusiasmo e trabalho em equipe

A atividade durou três dias. “A ideia foi receber os ingressantes de forma acolhedora, mesmo a distância, além de promover a integração de todos os cursos da graduação e facilitar a comunicação entre eles e deles com a instituição.

Crescemos juntos com mais esta lição aprendida. Neste seminário, queremos divulgar a experiência para que outras instituições de ensino brasileiras possam reproduzir a iniciativa. Atingimos os nossos melhores resultados, pois fomos muito bem avaliados por nossos ingressantes.

É uma forma de sair dos livros e dar exemplo de compromisso, entusiasmo e trabalho em equipe”, resume a docente.

Em 2019, a professora defendeu a tese de doutorado “Faculdade de medicina, ame-a ou deixe-a – Um estudo intersetorial sobre o trote universitário”, que está prestes a ser lançada em formato de livro pela Editora Hucitec.

Segunda obra publicada pela autora sobre o tema

Será a segunda obra publicada pela autora sobre o tema. Em 2012, com apoio dos alunos do curso de Medicina e do Centro de Estudos de Saúde Coletiva da FMABC, Silmara também escreveu com outros dois professores, Marco Akerman e Roberta Cristina Boaretto, o livro “Bulindo com a universidade: um estudo sobre o trote na Medicina”, editoras Hucitec e Rede Unida.

A obra discute os motivos dos alunos se submeterem ao trote – muitas vezes abusivo e violento – na entrada e permanência na faculdade, assim como revela as práticas trotistas e seus efeitos na comunidade acadêmica.

 

[ad_2]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Política de Privacidade e Cookies