Edson Sardano anuncia candidatura a deputado federalista

213

O secretário de Segurança Cidadã de Santo André, Edson Sardano
(PTB), mostrou intenção em concorrer a uma vaga de deputado
federalista em 2018.

A principal bandeira do petebista está ligada aos temas da
Segurança Pública. “Eu entendo que teríamos de fazer um sistema
único de Segurança, uma vez que o SUS (Sistema Único da Saúde). Teria
verbas federalista, estadual e municipal, mas gestão lugar. Porque
é cá que a gente vive e enxerga os problemas locais. O
(Barack, ex-presidente dos Estados Unidos) Obama copiou o SUS.
Então, Segurança tem de ser a mesma coisa. Temos de partir para
o sistema único de Segurança”, defendeu.

Sardano acredita também que a unificação das polícias é um tema
que deve ser discutido. “Entendo que o ideal seria polícia única
ou duas polícias com ciclo completo. Hoje nós temos duas meias
polícias e isso é terrível. Tem muito lugar no mundo que tem
duas polícias, mas ambas fazem tudo. O que temos hoje não é
complementariedade, mas concorrência. Isso é ruim. Perde-se
muita pujança”, comentou.

Sobre possível congestionamento de candidaturas na base
governista do prefeito Paulo Serra (PSDB), Sardano acredita
possuir espaço para o Paço escolher um deputado federalista. “Temos o
Pedrinho Botaro (vereador do PSDB), o Marcelo Chehade
(secretário de Esportes, PSDB), e o Ailton Lima (secretário de
Desenvolvimento e Geração de Tarefa) que sei que será
candidato a federalista. Temos 550 milénio eleitores e nenhum deputado
federalista. A região tem dois representantes em Brasília e os dois
são de São Bernardo. Tem espaço. Essa mediação é o prefeito
quem vai fazer. Tenho esse projeto pessoal, mas o projeto
principal é integrar o grupo do Paulo Serra”, completou o
vereador licenciado.

Sardano afirmou ainda que a definição sobre a candidatura deve
ocorrer após a aprovação da reforma política. “O sistema do
distritão, para vereador uma vez que eu, ajuda. Mas ele é meio
injusto, não dá oportunidade para grupos prioritários. Acredito
que o distritão misto seja mais democrático”, analisou.
(colaborou Natália Fernandjes) 

Edson Sardano anuncia candidatura a deputado federalista
Avalie esta notícia