Em um mês, ‘Operação Sono Tranquilo’ realiza 841 autuações

0
170

Crédito: Júlio Bastos/PSA

Desde a implantação da Operação Sono Tranquilo, há um mês, a
Prefeitura de Santo André lavrou 841 autuações, sendo 637
infrações diversas e 204 por som eminente, além de seis veículos
guinchados ao pátio municipal. Por meio do Comitê Integrado de
Segurança (CIS), criado em janeiro, a municipalidade retomou
seu poder fiscalizador e passou a atuar de maneira firme no
combate ao som eminente e demais delitos que perturbam o sossego da
população.

A partir de agora, a operação descentralizou sua atuação. O
poder público averiguou e compilou denúncias de locais
apontados porquê focos de perturbação, recebidas em diversos
canais de atendimento aos munícipes. Os pontos levantados têm
atuação integrada com a Guarda Social Municipal, Polícias
Militar e Social, além de vários departamentos fiscalizadores. O
CIS realiza diagnóstico de denúncias relacionadas ao estrondo e
perturbação do sossego e também averigua irregularidades, seja
por conta de estacionamento em lugar proibido, comércio
irregular ou ainda a falta de alvará de funcionamento.

 “Retomamos a nossa atribuição fiscalizatória e atuaremos
fortemente nos locais apontados pela população. Na insistência
dos problemas, serão adotadas providências administrativas e
penais”, apontou o Secretário de Segurança Urbana e
Comunitária, Edson Sardano. Para o prefeito Paulo Serra, as
ações vão prosseguir garantindo a tranquilidade da população.
“Não podemos mais compactuar com atitudes de perturbação e que
tiram o sono dos andreenses. Estamos atacando o problema em
várias frentes, de maneira integrada, com a nossa Guarda Social
Municipal, Trânsito, Craisa e Controle Urbano”, pontuou.

COMITÊ – O Comitê Integrado de Segurança (CIS), firmado em
janeiro pela novidade gestão, com o interesse do prefeito Paulo
Serra, se reúne quinzenalmente com as polícias para estimar as
estatísticas criminais de cada região da cidade. A força tarefa
trabalha em um mapeamento da criminalidade no município,
possibilitando uma melhor estratégia de patrulhamento por
rondas nas regiões com maior registro de queixas. Além disso,
outros aspectos que colaboram com a segurança dos bairros serão
revistos em conjunto, porquê a iluminação pública e serviços de
manutenção e zeladoria.

Em um mês, ‘Operação Sono Tranquilo’ realiza 841 autuações
Avalie esta notícia

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here