Empresa vende software de pesquisa para a Colômbia

Criada em 2012 em Santo André, a empresa Tecmobile exporta, desde 2016, softwares para a Colômbia. “No início, trabalhávamos com aluguel de tablets para empresas que desejassem realizar algum tipo de pesquisa, mas na época, não existia nenhum programa adaptado para o mobile”, conta o proprietário Evandro Barros, que atuou na área de Direito corporativo por 14 anos na Termomecanica.
Enxergando oportunidade no mercado, o empresário contratou especialistas em programação para desenvolver softwares personalizados para seus clientes. “A organização ou o instituto de pesquisa nos envia o questionário e montamos o programa e enviamos os tablets na localidade escolhida”, explica.

A partir de então, com o crescimento dos negócios, a média três dígitos por ano, Barros decidiu internacionalizar e abriu unidade na Colômbia. “Tive contato com a InvesteSP (Agência Paulista de Promoção de Investimentos) em fevereiro de 2016, pois tinha a ideia de levar o negócio à Colômbia, mas não sabia como. Neste ponto, a InvesteSP foi fundamental”, conta, “Lá eles estão ‘um passo atrás’ de nós em relação à modernidade.” Em menos de dois anos, a operação colombiana já dobrou o faturamento. Aqui, no ano passado, mesmo com a crise, a alta apurada foi de dois dígitos.
Atualmente, todos os softwares vendidos para os colombianos são importados da matriz brasileira. Inclusive a complexidade tecnologia do produto é alta. A Tecmobile mantém estrutura compartilhada: no Brasil, equipe de dez pessoas cuida das finanças e área de TI, por exemplo, enquanto na filial são duas pessoas, uma para área comercial e, outra, na operacional.  

Aguardando palavras...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais