Ex-policial civil é morto a tiros em Santo André

Atualizada às 16h53
O ex-policial civil do Garra (Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos) Gilberto Shigueru Hissamune, o Giba, foi morto a tiros na Avenida Pereira Barreto, em Santo André, no início da tarde desta quinta-feira (17).

A execução aconteceu por volta das 13h30, em frente ao Instituto Sagrada Família. Giba havia ido deixar as filhas na escola quando foi alvejado por oito tiros por um rapaz que o seguiu em uma moto. Outros dois disparos atingiram o vidro de seu carro. A mãe de outro aluno, que é cadeirante, por pouco também não foi atingida.
Em nota, a escola afirmou que, diferentemente dos comentários por parte de algumas pessoas que estiveram no local, as filhas não chegaram a ver o corpo do pai. “O Instituto Sagrada Família informa que foram tomadas providências cabíveis, de modo que as crianças em momento algum tivessem acesso ao tumulto causado pelo fato e que todos da instituição de ensino estão bem e com as aulas ocorrendo normalmente”, completa o texto.
Em 2003, após mais de cinco anos de processo, Giba havia sido condenado a 22 anos de prisão pelos crimes de homicídio qualificado, formação de quadrilha e tráfico de drogas. (Com informações de Juliana Stern)
 

Aguardando palavras...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais