FMABC recebe aparelho com sistema 3D para diagnóstico de doenças da pele

Dra. Marisa Gonzaga da Cunha, Dr. Carlos Machado Filho, Edilene Donegar, Paula Zambelli e Douglas Busto
Crédito: divulgação
A disciplina de Dermatologia da Faculdade de Medicina do ABC acaba de receber sofisticado aparelho para auxiliar as equipes no diagnóstico e tratamento de doenças cutâneas. Denominado Vectra H1, o equipamento é fabricado pela MedSystems e foi doado pelo Laboratório Vichy, do grupo L’Oréal Brasil, líder de mercado no segmento de produtos dermocosméticos. A iniciativa tem parceria da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e marca os 10 anos de atividade da Vichy junto à dermatologia brasileira.O critério utilizado para seleção de 10 instituições beneficiadas em todo o País foi o número de estudos científicos publicados na área de dermatologia, como forma de premiar o incentivo à pesquisa em saúde, promover a educação médica, modernizar serviços de dermatologia no Brasil e melhorar a autoestima dos pacientes. O evento que marcou a doação contou com a presença de docentes, médicos residentes da FMABC e representantes da empresa.O novo equipamento irá qualificar o atendimento realizado gratuitamente por dermatologistas no Instituto da Pele da FMABC, referência nacional e internacional no tratamento de doenças da pele e localizado no próprio campus universitário. O sistema de imagem portátil, que possui flash integrado e mapeamento minucioso por cores, produz fotografias com qualidade clínica e altíssima precisão, além de oferecer vantagens para planejamento cirúrgico. A tecnologia utiliza imagens do próprio paciente para explorar possíveis resultados em 3D (três dimensões), explicar limitações e estabelecer expectativas apropriadas. Também auxilia quanto ao tipo de diagnóstico cutâneo, avaliação de contornos, medição de volume, nível de melanina, elasticidade da pele, pigmentação e grau de vascularização.“Agradecemos a contribuição da Vichy e faremos estudo detalhado sobre a operacionalização. Trata-se de um equipamento versátil, que calcula áreas fechadas e será extremamente útil para diagnóstico e tratamento de doenças como o vitiligo, por exemplo”, explica Dr. Carlos D´Apparecida Santos Machado Filho, professor titular da disciplina de Dermatologia da FMABC. Vitiligo é uma doença caracterizada pela perda da coloração da pele e surgimento de manchas. A nova tecnologia também pode auxiliar no tratamento de psoríase, estrias, olheiras, lesões diversas, acnes e marcas causadas pelo envelhecimento natural da pele.Também compareceu ao evento em 26 de fevereiro a coordenadora do curso de Pós-graduação em Dermatocosmiatria e responsável pelo Ambulatório de Cosmiatria da FMABC, Dra. Marisa Gonzaga da Cunha. A Vichy foi representada pelo gerente distrital Douglas Busto e por Paula Zambelli, farmacêutica e analista de comunicação científica. Antes do novo aparelho entrar em funcionamento, professores e médicos residentes serão submetidos a treinamento técnico pela empresa fornecedora do produto.

Aguardando palavras...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais