Funcionários da Unnafibras protestam contra salário procrastinado

Funcionários da Unnafibras protestam contra salário procrastinado
Avalie esta notícia

Do Quotidiano OnLine

30/10/2017 | 10:50

Atualizada às 11h32
Muro de 40 funcionários da Unnafibras Têxtil protestam na manhã desta segunda-feira na profundeza do número 5.852 da Avenida dos Estados, em Santo André, contra atrasos de salário.

O ato teve início às 10h. Segundo o grupo, 200 empregados estão há 90 dias sem receber. Ou por outra, a empresa não deposita o FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) há 40 meses, alguns funcionários estão com duas ou três férias vencidas e abono salarial suspenso. O convênio médico está dissociado e quem foi destituído recentemente não recebeu verba rescisória.
Os trabalhadores distribuem panfletos e foram impedidos de entrar na empresa, que utiliza um dos galpões da Rhodia. A PM (Polícia Militar) está no sítio e conversa com os manifestantes. O trânsito no entorno flui normalmente.
A Unnafibras foi procurada pela reportagem, porém ainda não se manifestou. (Com informações de Matheus Angioletto) 

Comentários
Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o observação é de inteira responsabilidade do responsável e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here