Gramado do Bruno Daniel passa por corte profundo

0
68

Enquanto os jogadores do Santo André curtem os últimos dias de
descanso antes da apresentação geral marcada para o dia 2 de
janeiro, o gramado do Estádio Bruno Daniel passa por ajustes
para receber os treinos e jogos do Ramalhão no Campeonato
Paulista. Ontem, técnicos da empresa Green Care realizaram o
corte vertical da grama para tirar as imperfeições.

“Tivemos quatro máquinas realizando o corte vertical, que é
mais profundo e tira os colchões de grama que ficam espalhados
e impedem que a bola role. Vai tirar as falhas que existiam e
deixar tudo nivelado”, explicou o diretor de futebol, Sérgio do
Prado.

O trabalho realizado no gramado está sendo pago integralmente
pelo Santo André, em contrapartida pela utilização do estádio,
que é municipal. A expectativa é que o campo descanse e esteja
pronto para o começo dos treinamentos, dia 2.

“Fizemos o planejamento pensando no início do trabalho. Nos
próximos dez dias não pode pisar na grama, tem de se recuperar
e ficar pronta para aguentar a rotina de treinos e jogos do
Paulistão”, disse Sérgio do Prado.

O Santo André deve usar pouco o Bruno Daniel para treinar. Além
da tabela apertada do Paulistão, com jogos em quase todas as
quartas-feiras, o que limita as atividades, o clube está
fechando contrato de utilização de um outro campo, o do Clube
da Cofap, no Capuava.

Por enquanto, o Ramalhão já anunciou a volta do lateral-direito
Cicinho, além das contratações dos zagueiros Reniê (ex-Vila
Nova) e Leonardo (ex-Santos e Paraná), do volante Baraka
(ex-Ceará), do meia Helton Luiz (ex-Botafogo-SP) e dos
atacantes Deivid (ex-Guarani), Claudinho (ex-Corinthians e
Bragantino) e Henan, que defendeu o São Bernardo e estava no
Jeju United, da Coreia do Sul.

Gramado do Bruno Daniel passa por corte profundo
Avalie esta notícia