Grande ABC Polo Industrial até 3 Anos para Sair da Crise

C19c41d66a11e039b47886db3d17d96d.jpeg

Grande ABC Polo Industrial até 3 Anos para Sair da Crise: A Republica Federativa do Brasil tem um novo Presidente, Jair Bolsonaro Assumiu. Porém isso é o bastante para tirar todos ou seja o Brasil do enorme buraco que os governos PTistas nos colocaram? A resposta chega a cada dia e não é boa.

Polo Industrial até 3 Anos para Sair da Crise

Seminario Sobre Industrias 1

Podemos observar que o atual crescimento social econômico da região do Grande ABC Paulista na Grande São Paulo está muito próximo de 0 (zero) absoluto e o mesmo acordo da realizado da União Europeia com o Mercosul não tiveram um forte avanço local para trazer uma boa expectativa e até um otimismo para o setor industrial.

Este que ainda tem participação muito importante na região, de 24%. É isso o que foi concluído no último boletim informativo da Economiabc, elaborado pelo Observatório Econômico da Universidade Metodista, que trouxe dados sobre a economia da região e os possíveis reflexos do acordo internacional entre os dois blocos. Os dados dão conta de que a indústria da região vai demorar três anos para se recuperar da crise.

Produto Interno Bruto do Grande ABC

O PIB (Produto Interno Bruto) da região, que já estava próximo da estagnação com 2% em 2017 e 0,2% no ano passado, pode voltar a ficar perto de zero. O PIB brasileiro, na sua última revisão em junho, passou de 2% para 0,9%. Para o economista e professor da Metodista, Sandro Maskio, o acordo Mercosul e UE (União Europeia) pode até mesmo, inclusive agravar a atual situação da indústria do ABC. O pesquisador avalia que, no ritmo atual, a economia do ABC vai demorar mais de 3 (três) anos para se recuperar, já que nos anos de 2014, 2015 e 2016 o PIB do ABC caiu 27% com recessão nos três anos.

Importadora de Insumos Industrializados

Como a região tem sido forte importadora de insumos industrializados, nas últimas décadas, a indústria local tem perdido espaço, o que pode se agravar com o acordo.

“Esse acordo não necessariamente será produtivo para o setor industrial e a questão é a competitividade, ou seja, o acordo não garante que a indústria brasileira vai conseguir se aprimorar para ser competitiva. Hoje a indústria do ABC, e a brasileira como um todo, está em um estágio inferior em relação ao desenvolvimento de tecnologia e inovação, o que limita sua capacidade de competir com a Europa”, avalia Maskio.

O professor da Metodista considera até a estimativa de três anos para recuperação industrial bem modesta.

“Acho que vamos demorar muito mais porque, se em três anos perdemos 27% das riquezas, neste ritmo lento de recuperação vai demorar muito mais”, calcula.

O desemprego é a maior consequência deste atraso.

Entre os anos de 2012 e 2014, segundo o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) do Ministério do Trabalho, a região perdeu 60 mil postos de trabalho no setor industrial.

Em maio deste ano o desemprego bateu 14,6% da população economicamente ativa. No segundo semestre de 2011 o índice era de apenas 8,1%, o menor da década.

O ápice do desemprego não está muito longe do índice recente que foi 19,2% em abril de 2017.

Reflexo dos péssimos governos Petistas. Tanto de Lula quanto de Dilma e o que pouco fez diferença Michael Temer. Acreditar que Jair Bolsonaro faria uma diferença imediata é acreditar que dá para recuperar 14 quatorze anos em poucos meses. O desastre e a roubalheira foi muito grande.

O desemprego, o endividamento da população, a falta de dinheiro também da população para fazer o mercado melhorar e se aquecer é reflexo da podridão deixada para nós Brasileiros pagarmos. Temos que aprender a votar e pagar as consequências. Essa conta, deveria ser dividida entre todos que defendem Lula e seus comparsas.

Essa conta é de você Petista! que ao invés de lutar por um Brasil melhor, está lutando não por causa própria, o que torna ainda pior a situação. Está lutando, para salvar quem nos colocou nessa situação horrível atual que estamos. Fica aqui o meu muito obrigado. O crime, vem mostrando que compensa no Brasil. E você ai, dizendo que o Moro fez picuinha contra o Lula. Foi ele também que roubou os milhões dos brasileiros?

Aguardando palavras...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais