Grande São Paulo reajusta tarifa

0
124

Municípios da Região Metropolitana de São Paulo – entre as
quais Guarulhos e Osasco – autorizaram o aumento da tarifa do
transporte público nesta semana. No Grande ABC, Santo André e
Mauá foram as primeiras a já definirem o reajuste de R$ 0,40,
com valor da passagem aumentando dos atuais R$ 3,80 para R$
4,20.

Em Santo André, a subida de 10,53% passa a valer a partir do dia
3 de janeiro. A publicação assinada pelo prefeito Carlos Grana
(PT) determina ainda que, em relação ao vale-transporte, o
valor da tarifa a ser utilizado para cálculo do benefício
passará a ser de R$ 5.

Decreto assinado pelo prefeito Donisete Braga (PT) ontem, em
Mauá, autoriza o reajuste da passagem dos coletivos municipais
a partir de 31 de dezembro. Conforme o documento, a
concessionária responsável pelo serviço terá o prazo de 180
dias para produzir sistema para expedição e recarga do Cartão Bus
Fácil, a termo de prometer a exclusividade do serviço de
transporte coletivo por meio eletrônico. Neste período, o
pagamento em espécie continua a ser aceito.

A partir de hoje, o preço da passagem de ônibus municipal em
Guarulhos fica 18,4% mais rostro. O reajuste, autorizado pelo
prefeito Sebastião Almeida (PT), determina que a cobrança passe
dos atuais R$ 3,80 para R$ 4,50. Já as passagens dos ônibus
seletivos vão dos atuais R$ 4,90 para R$ 5,50.

Amanhã, usuários do sistema municipal de Osasco também terão de
desembolsar mais pela viagem. O decreto assinado pelo prefeito
Jorge Lapas (PDT) prevê que a tarifa atual, de R$ 3,80, passe a
ser de R$ 4,20, reajuste de 10,53%.

Na Capital, o prefeito eleito João Doria (PSDB) mantém oração
de enregelar a tarifa do transporte em R$ 3,80 até 31 de
dezembro de 2017.

Somente São Bernardo e Diadema retornaram aos questionamentos do
Diário. A primeira cidade destacou que o
“prefeito Luiz Oceânico (PT) ainda está analisando se concede ou
não reajuste de tarifa de ônibus”. Já Diadema ressaltou que o
tema é tratado coletivamente pelos prefeitos junto ao
Consórcio Intermunicipal do Grande ABC. O último reajuste da
passagem municipal observado entre as sete cidades ocorreu em
janeiro. 

Grande São Paulo reajusta tarifa
Avalie esta notícia