Horta Educativa leva consciência ambiental para alunos de Santo André

Alunos da rede municipal de ensino de Santo André vão aprender conceitos ambientais por meio do programa Horta Educativa
Crédito: Alex Cavanha/PSA
Estudantes do primeiro ano do ensino fundamental de 20 escolas vão plantar e cuidar de plantas nas unidades onde estudam, participando de um instrumento interativo de educação ambiental, de forma interdisciplinar e vivenciada.O programa é fruto de um convênio firmado entre o Fundo Social de Solidariedade de São Paulo e o Fundo Social de Solidariedade de Santo André. A iniciativa é realizada em parceria com as secretarias de Educação, Saúde, Esporte e Prática Esportiva, Craisa (Companhia Regional de Abastecimento Integrado de Santo André), Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) e Banco de Alimentos.“A Horta Educativa é um projeto que visa não apenas ter a horta, ensinar a criança a plantar, mexer na terra e a colher, mas também ensinar a transformação do alimento, a importância de comer bem, já que infelizmente hoje em dia a gente conta com um tempo tão corrido e às vezes a alimentação fica de lado. Isso traz reflexos positivos enormes na qualidade de vida e principalmente na saúde das crianças. O objetivo da Horta Educativa não é só manter a horta na escola e as crianças cuidarem, mas sim ir além, trabalhar também a educação ambiental e alimentar”, afirmou a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Ana Carolina Barreto Serra.Durante o lançamento do programa, realizado na EMEIEF Demercindo da Costa Brandão, o prefeito Paulo Serra e a primeira-dama Ana Carolina Barreto Serra auxiliaram os alunos na plantação das primeiras mudas da Horta Educativa. “A merenda de Santo André é uma das melhores do país e agora ganha o reforço do projeto Horta Educativa, que ensina o cultivo e faz despertar para hábitos alimentares saudáveis, contribuindo para o combate à desnutrição e à obesidade infantil. Uma importante iniciativa do Fundo Social de Solidariedade de Santo André, em parceria com o Governo de São Paulo, que será propagada em 20 escolas da rede municipal. Desta forma, a cidade volta a ser referência em boas práticas e políticas públicas de qualidade”, destacou o prefeito Paulo Serra.

Relacionados
OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interação de fatos e dados.
** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do ABCTudo/IT9.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.