INSS: Aumentar até 25% no Valor da Aposentadoria? Veja Como!

Governo propõe que para cálculo de Aposentadoria no INSS tempo de afastamento não seja considerado

INSS: Aumentar até 25% no Valor da Aposentadoria? Veja Como!: Assim como é Previsto no Artigo (quarenta e cinco) 45 da Lei (oito) 8.213/91 (duzentos e treze barra noventa e um), o acréscimo de 25% (vinte e cinco) na Aposentadoria por Invalidez para

“o segurado que necessitar da assistência permanente de outra pessoa”

é concedido com o intuito de garantir a predominância da Dignidade e Igualdade, por meio de acesso a todos os direitos sociais fundamentais.

INSS: Aumentar até 25% no Valor da Aposentadoria? Veja Como!

INSS: Aumentar até 25% no Valor da Aposentadoria? Veja Como!
INSS: Aumentar até 25% no Valor da Aposentadoria? Veja Como!

Assim sendo, somente terão direito ao benefício idosos que necessitem de assistência permanente de terceiros para realizar atividades rotineiras, assim como por exemplo:

  • Tomar Banho,
  • Se Arrumar,
    • Vestir-se
    • Higienizar-se
  • Comer etc.

A condição é válida para Aposentados seja por:

  • Aposentadoria por Invalidez,
    A aposentadoria por invalidez é um benefício devido ao trabalhador permanentemente incapaz de exercer qualquer atividade laborativa e que também não possa ser reabilitado em outra profissão, de acordo com a avaliação da perícia médica do INSS
  • Aposentadoria por Tempo de Contribuição ou
    A Aposentadoria por tempo de Contribuição: Alguns requisitos dessa aposentadoria são: 35 (trinta e cinco) anos de contribuição, se homem, e 30 (trinta) anos de contribuição, se mulher. … Foi criada uma regra temporária referente à aposentadoria por tempo de contribuição, com idade menor (65 anos para o homem e 60 nos para a mulher).
  • Aposentadoria por Idade.
    A Aposentadoria por Idade é o benefício que visa garantir proteção previdenciária à velhice, sendo devida ao segurado que completar 65 anos de idade, se homem, e 60 anos de idade, se mulher

As regras para se ter acesso ao benefício, o segurado deverá passar por uma perícia médica para comprovar a necessidade de assistência dessa outra pessoa de maneira continua e obrigatória.

Portanto para tal, o Idoso ou Portador de necessidades Especiais não precisa ter contribuído à Seguridade Social, contudo, é necessário a comprovação da renda mensal de sua família per capta (por pessoa da família), de modo que esta tenha que ser inferior a ¼ (um quarto) do salário mínimo. (Por decreto foi fixado o salário mínimo brasileiro de R$ 998 (novecentos e noventa e oito reais) em 2019, logo um quarto deste valor. É algo aproximadamente de R$ 249,50 (duzentos e quarenta e nove reais e cinquenta centavos) em uma divisão direta, não levando em conta nenhum outro fator.

Como por exemplo, diferença entre estados e ou impostos.

Benefício será Incluído

Se preferir assinta diretamente no youtube, aposentadoria especial acaba?

O benefício será incluído mesmo em casos em que o valor do acréscimo de 25% adicionado ao valor da aposentadoria ultrapassar o teto da Previdência Social, atualmente fixado em R$ 5.839,45 (Cinco Mil e Oitocentos e Trinta e Nove Reais e Quarenta e Cinco Centavos).

A Aposentadoria Especial pode acabar com a Reforma da Previdência 2019, isso é pode mudar tanto, que praticamente será extinta. Mas será que isso é correto?

Dúvida do Dia, Entenda toda a Reforma da Previdência 2019 e as mudanças que ela traz.

Em quais Casos se tem Direito ao Benefício?

Este Benefício do Acréscimo de 25% na Aposentadoria é Válido para os seguintes casos específicos:

  • Cegueira Total;
  • Perda de Nove Dedos das mãos ou superior a esta;
  • Paralisia dos dois membros superiores ou inferiores;
  • Perda dos membros inferiores,
    • Acima dos Pés,
      em situações em que a prótese for impossível;
  • Perda de uma das mãos e de dois pés,
    mesmo que a prótese seja possível;
  • Perda de um membro superior e outro inferior,
    quando a prótese for inviável;
  • Alteração das faculdades mentais com grave perturbação da vida orgânica e social;
  • Doença que exija permanência contínua no leito;
  • Incapacidade permanente para as atividades da vida diária.

Dados Informativos sobre a Aposentadoria Especial

Aguardando palavras...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais