Marco Aurélio rebate Kassio Nunes: ‘O novato está assanhado, se sentindo’

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal, rebateu nesta terça-feira 6 o colega Kassio Nunes Marques, que na véspera classificou como “hipocrisia” suspender as atividades religiosas presenciais, mesmo em meio ao pior momento da pandemia no Brasil. No sábado, o mais novo membro da Corte liberou a realização de cerimônias em todo o País.

Marco Aurélio rebate Kassio Nunes: ‘O novato está assanhado, se sentindo’

não é hipocrisia, mas realidade

Para Marco Aurélio, “não é hipocrisia, mas realidade” a suspensão de cultos e missas. Em entrevista à CNN Brasil, o ministro ainda declarou que “o melhor altar é o lar”. “Vamos rezar em casa”, disse.

Vamos rezar em casa

Decano do STF

Segundo o decano do STF, “o novato está assanhado, está se sentindo”. Marco Aurélio demonstrou incômodo com o fato de Kassio Nunes ter contrariado a decisão da Corte de reforçar, em 2020, a autonomia de prefeitos e governadores na adoção de medidas restritivas durante a crise sanitária.

Nesta quarta-feira 7, o plenário do STF decidirá se mantém ou reverte a decisão de Kassio Nunes.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Política de Privacidade e Cookies