Mascote dos Bombeiros desaparece novamente em Santo André
Avalie esta notícia

Dócil e amigável com todos, o labrador caramelo Speedy, mascote
desde filhote do Corpo de Bombeiros da Vila Lucinda, em Santo
André, está perdido desde segunda-feira. Faz pouco mais de
um ano que o cachorro, que tem dois anos e oito meses, deu
outro susto na corporação e ficou sumido por oito dias. Na
época, ele foi encontrado por
uma família[1] em
Sapopemba, na Zona Leste da Capital, muro de 6,5 quilômetros
de distância.

“O quartel é cândido e gigantesco, e cada hora ele fica em um
lugar. Então não tem porquê precisar a que horas ele sumiu. Mas
segunda-feira foi o último dia que o vimos”, afirma o cabo Luiz
Oscar Rufino, que já fez posts no Facebook e também está
contando com a ajuda da mídia para encontrar o mascote.

Segundo o cabo, Speedy é muito sabido pela vizinhança e ele
suspeita que o cachorro, que é pai de cinco filhotes, tenha ido
atrás de alguma fêmea no cio, já que ele não é castrado. “Ele é
grande, bonitão e labareda atenção. No meio desse passeio atrás de
uma cadela, alguém que não é do bairro deve ter visto e
levado embora. Se aconteceu isso mesmo, essa pessoa agiu de
má-fé porque na coleira dele tem todos os telefones de contato
dos quarteis.”

Qualquer informação do paradeiro do Speedy pode ser comunicada
nos telefones 4479 6656 ou 98972 2213.