Mercado tem ex-corintiano no Coxa e Cruzeiro de olho no futuro de Marinho

0
133

Coritiba/Divulgação

A maioria dos clubes brasileiros tirou a virada do ano de folga
no mercado da bola, mas o Coritiba fez manchetes ao anunciar a
contratação do atacante Rildo[1], que
passou as duas últimas temporadas no Corinthians. O jogador foi
confirmado como reforço do clube paranaense neste domingo (1º)
e destacou sua familiaridade com o técnico Paulo Cesar
Carpegiani como um fator que o atraiu para mudança.

Enquanto isso, a novela Marinho ganhou mais um personagem,
embora não protagonista. Dono de 30% dos direitos do
meia-atacante, o Cruzeiro está
interessado na venda do atleta pelo Vitória[2]. Como
o clube baiano quer o pagamento da multa rescisória, 5 milhões
de euros (R$ 17 milhões), para ceder o jogador, os mineiros
querem lucrar com o negócio, do qual esperam receber 1,5
milhões de euros (R$ 5 milhões).

Luís Fabiano mais perto do Santos

De olho em um jogador para dividir a posição de centroavante
com Ricardo Oliveira ao longo de uma temporada cheia, com
Paulista, Libertadores, Copa do Brasil e Brasileiro, o Santos
deu um passo positivo para o acerto com um reforço importante.

O também veterano Luís Fabiano, 35 anos, virou uma opção
acessível[3] para o
setor por ter reduzido pedidas financeiras iniciais e contar
com lobby do capitão Renato e de Elano, agora auxiliar técnico
do clube.

Corinthians pode perder Rodriguinho

O Corinthians recebeu a informação na última semana de que
uma saída do
meio-campista Rodriguinho é possível[4]. Ele
tem apenas mais um ano de contrato com o clube paulista e
deseja a mudança para o futebol chinês, tanto é que ele chegou
até a contatar empresários com trânsito na China para a
abertura do mercado.

O salário que receberia no país asiático é um atrativo ao
jogador, mas o Corinthians considerou os valores apresentados
ao clube foram considerados baixos. O time paulista pretende se
reunir nesta semana com os empresários do jogador visando uma
renovação contratual, mas dirigentes corintianos temem que, se
a proposta chinesa subir, não será possível competir
financeiramente pela manutenção do atleta.

Venda de Wallace pode resolver problema do Grêmio

Desejo de pelo menos doze clubes europeus, o volante Walace
pode ser vendido pelo Grêmio caso um pretendente chegue com
pelo menos 15 milhões de euros (R$ 51,3 milhões) pelo jogador.
Como o clube é dono de 80% dos direitos econômicos do atleta, o
negócio renderia R$ 41 milhões aos gremistas, o que permitira a
manutenção de Luan.

A alta concorrência por Walace, no entanto, permite que os
valores subam ainda mais. Nesse clima de "leilão", o Grêmio espera
embolsar R$ 61 milhões[5], meta
orçamentária do clube de venda de atletas. Para que ela seja
realizada só com a venda do volante, é necessária uma proposta
na casa dos 22 milhões de euros (R$ 76,2 milhões), a qual
atingiria os objetivos com os descontos de outros donos dos
direitos econômicos.

 Paraguaio quer fim de novela para integrar o São Paulo

Em entrevista ao UOL Esporte, o paraguaio Cristian Colmán quer
o final da novela entre São Paulo e Nacional-PAR para que ele
possa dar sequência à sua carreira no futebol brasileiro. O
atacante tem 22 anos e considera a
transferência como um presente de ano novo[6].

 A negociação entre os dois clubes travou quando os
paraguaios pediram pagamento de US$ 1 milhão (R$ 3,4 milhões) à
vista, quando inicialmente estava estabelecido que o valor
seria parcelado em quatro anos. 

Mercado tem ex-corintiano no Coxa e Cruzeiro de olho no futuro de Marinho
Avalie esta notícia