Ministro confirma: limite de dados na filarmónica larga fixa vai debutar em 2017

0
396

Sabe aquela história de limite de dados na filarmónica larga fixa? Pois é, a romance voltou e a cobrança de planos baseados em franquias deve mesmo suceder em 2017. E, mesmo que a Anatel tenha dito o contrário no final do ano pretérito, a confirmação agora veio do próprio ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

Em entrevista ao Poder360, Gilberto Kassab garantiu a regulamentação da venda de pacote de dados e o término da internet ilimitada na filarmónica larga fixa para o segundo semestre de 2017. Ele argumentou que a prática será benéfica para o setor. “O nosso objetivo é beneficiar o usuário. O Ministério trabalha pra que o usuário seja cada vez melhor beneficiado com melhores serviços”, explica.

Segundo Kassab, haverá um período de adaptação em que os assinantes já terão um limite no pacote de consumo, já que o choque inicial com a modificação na cobrança pode ser grande. Para ele, a teoria é que “esse serviço seja o mais elástico verosímil, mas tenha um ponto de estabilidade, porque as empresas têm seus limites”.

Confira a resposta completa:

 

Ponto de estabilidade

Questionado sobre os problemas que seriam originados por essa imposição de limite na conexão dos brasileiros, o ministro esquivou. “O governo vai estar sempre ao lado do usuário, vai permanecer muito evidente isso. O problema não é a redução, o problema é ponto de estabilidade”, conclui.

 

Ministro confirma: limite de dados na filarmónica larga fixa vai debutar em 2017
Avalie esta notícia