Morto em 2012, Tulica ganha competição festiva na várzea

0
184

Torcedores do Santo André lembram hoje do quinto aniversário de
morte do ex-atacante Tulica, maior bombeiro da história do
clube, com 63 gols, que morreu aos 59 anos. Além do Ramalhão,
ele defendeu o Santos, Atlético-GO, Vila Novidade-GO e Fluminense.
Encerrou a curso em 1980, no Mauaense.

Porquê forma de homenagear o ex-jogador, ex-amigos e
ex-companheiros criaram a Despensa Tulica de futebol diletante, que
acontece no campo do Pátrio do Parque Novo Oratório.

TIME

Ainda tentando chupar a itinerário para o São Bernardo, domingo,
por 1 a 0, em pleno Bruno Daniel, o Santo André voltou aos
treinos ontem com uma novidade. O lateral-esquerdo Paulinho foi
liberado pelo departamento médico e deve reforçar a equipe
amanhã, contra a Ferroviária, em Araraquara.

Já o lateral-direito Cicinho foi submetido a exames de imagem
que confirmaram lesão no adutor. Ele deve voltar a treinar na
segunda-feira. 

Morto em 2012, Tulica ganha competição festiva na várzea
Avalie esta notícia

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here