Motorista bêbado poderá ser exonerado por justa motivo

0
170

O motorista da Prefeitura de Santo André que foi flagrado
dirigindo embriagado uma viatura do DET (Departamento de
Engenharia de Tráfego) e que causou um acidente no Recreio da
Borda do Campo, na cidade, poderá ser exonerado por justa motivo,
caso seja confirmado que o condutor dirigia sob efeito de
álcool.

Além disso, Jairo Sebastião de Lima, 60 anos, que guiava o
veículo do DET, também responderá criminalmente por lesão
corporal culposa na direção de veículo automotor e embriaguez
ao volante, já que desrespeitou o Código Brasiliano de
Trânsito. Ele foi represado no mesmo dia em que se deu a
ocorrência, na última sexta, dia 16..

Condutor e funcionário da Prefeitura há mais de 20 anos, Lima
dirigia a viatura quando perdeu o controle e atingiu outros
cinco carros, na Avenida Mico Leão Dourado. No acidente, uma
das vítimas teve que ser levada ao CHM (Meio Hospitalar
Municipal), onde foi atendida com escoriações no peito e nas
pernas.

Após realização do teste de bafômetro, foi constatado que Lima
estava embriagado e que em seu organização havia 0,52 miligramas
de álcool por litro. O máximo, segundo a lei, é de 0,3
miligramas.

A Prefeitura de Santo André abriu processo administrativo para
definir as possíveis punições ao motorista que dirigia o
caminhão. Em nota enviada pela Administração após o acidente, a
gestão afirma não tolerar nenhuma irresponsabilidade de seus
servidores e toda e qualquer atitude que coloque a vida de
pessoas em risco.

Outro processo administrativo também foi iniciado para reparar
os danos causados pelo funcionário público. O caso segue em
investigação no 4º DP (Jardim) de Santo André. 

Motorista bêbado poderá ser exonerado por justa motivo
Avalie esta notícia