29 C
Santo Andre
Início Site Página 3

Governo: Proposta para que Trabalhadores Arquem com os Custos de Ações contra o INSS

Governo: Proposta para que Trabalhadores Arquem com os Custos de Ações contra o INSS: Objetivo é diminuir o número de ações na Justiça e, assim, reduzir os custos do órgão

Governo: Proposta para que Trabalhadores Arquem com os Custos de Ações contra o INSS

Dentro do

 

o governo enviou um projeto de lei ao Congresso Nacional que prevê que os trabalhadores arquem com as despesas ao entrarem com processos judiciais contra o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

O objetivo é diminuir o número de ações na Justiça, e, assim, reduzir os custos do órgão, que sempre recorrer nesses casos. Especialistas acreditam, no entanto, que o problema está nos processos internos do INSS, e que os trabalhadores serão lesados caso a proposta seja aprovada pelos parlamentares.

Direito de entrar na Justiça contra decisões administrativas

Hoje, os trabalhadores têm o direito de entrar na Justiça contra decisões administrativas do INSS (como recusa em conceder ou revisar benefícios nas agências), e os gastos com um processo judicial ficam a cargo da União.

Caso o Projeto de Lei 6.160/2019 seja aprovado no Congresso, apenas famílias de baixa renda teriam o direito de manter essa gratuidade. O benefício de não pagar as custas judiciais ficaria limitado às famílias com renda familiar de até três salários mínimos mensair (R$ 2.994) ou àquelas com renda per capita (por pessoa da casa) de até meio salário mínimo por mês (R$ 499). Os demais teriam que arcar com os custos, caso percam a ação na Justiça.

Congresso Nacional neste mês de novembro

A proposta foi entregue ao Congresso Nacional neste mês de novembro e precisa ser aprovada na Câmara dos Deputados e, depois, no Senado. A aprovação do texto necessita apenas de maioria simples.

Para especialistas, a medida pode até mirar um problema, que é o excesso de ações contra a Previdência Social, mas não ataca a causa, que é o processo administrativo precário do INSS.

Hoje, quem entrar com uma ação pode ganhar e não tem nada a perder. Por isso, o Brasil é o país com maior judicialização no mundo. De fato, em outros países, entrar na Justiça é custoso, mas lá não há os erros que se tem aqui. Não adianta copiar isso e não melhorar o INSS. Senão, estarão apenas limitando os direitos dos cidadãos — afirmou Fábio Zambitte, professor de Direito Previdenciário do Ibmec/RJ.

O projeto de lei também prevê que, se o INSS identificar a falta de um documento quando o segurado fizer um pedido do benefício, o requerimento deverá ser arquivado. Uma nova solicitação poderá ser aberta pelo interessado (com a complementação da documentação exigida), mas o benefício que vier a ser concedido passará a ter validade somente a partir do segundo pedido, não sendo retroativo à data do requerimento inicial.

A Reforma da Previdência do Governo PSL
Dra Adriane Bramante

Para a maioria dos especialistas em Direito Previdenciário, caso o texto seja aprovado, as pessoas vão procurar ainda mais para os recursos administrativos do INSS, que, hoje, não está preparado para atender à demanda.

Se o projeto passar, haverá muitas injustiças. Ele usa um critério muito objetivo de renda. Não considera os gastos das famílias e a necessidade de renda. Existe uma deficiência de atendimento do INSS, com mais de dois milhões de pessoas na fila de análise (de pedidos de benefícios). O processo é muito lento e falho — afirmou a Especialista em Direito Previdenciário Adriane Bramante, presidente do IBDP – Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário (IBDP).

Veja mais Sobre o Tema na Internet

https://epocanegocios.globo.com/Economia/noticia/2019/11/governo-propoe-que-trabalhadores-arquem-com-os-custos-de-acoes-contra-o-inss.html

Natal do Atrium encontro com Smurfs apresentação Corais

Natal do Atrium encontro com Smurfs apresentação Corais: Público pode participar de sessões de tire-fotos com os famosos personagens azuis e assistir diferentes corais natalinos

Natal do Atrium encontro com Smurfs apresentação Corais

Tema da decoração de Natal no Atrium Shopping, em Santo André, os simpáticos personagens Smurfs, consagrados em desenhos animados e filmes, têm encontros marcados com o público, para sessões de tire fotos.

Programação de Natal do Atrium Shopping tem encontro com os Smurfs e apresentação de corais
Programação de Natal do Atrium Shopping tem encontro com os Smurfs e apresentação de corais

Neste sábado, 30 de novembro das 12h às 18h, os queridos Smurf e Smurfette receberão o público no corredor central do Piso Térreo. É só chegar e fazer aquela foto divertida, juntando as crianças ou toda a família.

 

E para entrar no clima vale também visitar a principal cenografia de Natal, a Vila Encantada dos Smurfs, montada na Praça de Eventos. Próximos encontros com os Smurfs: dias 07, 14 e 21 de dezembro.

 

Corais celebram o Natal no Atrium Shopping até 22 de dezembro

 

A programação musical que preenche a atmosfera natalina no Atrium Shopping terá uma série de atrações. Confira a programação:

 

29.11, sexta-feira 20h Gakushukan
30.11, sábado 15h Progresso Musical
03.12, terça-feira 20h Escola Fazer Crescer
04.12, quarta-feira 18h30 Escola Estadual Professor Nagibe Miguel Elchme
04.12, quarta-feira 19h Coral Hospital Cristóvão da Gama

 

06.12, sexta-feira 20h Colégio Interação
08.12, domingo 14h Colégio Saber
09.12, segunda-feira 19h Colégio Famari
12.12, quinta-feira 20h Igreja Batista Betel
13.12, sexta-feira 19h Musical ABC
14.12, sábado 14h30 e 18h Rogério Miguel Productions
18.12, quarta-feira 20h Igreja Presbiteriana Jardim Itapuã
19.12, quinta-feira 19h Igreja Batista do Centenário Jardim do Estádio
20.12, sexta-feira 20h Igreja Presbiteriana de Santo André
21.12, sábado 15h Igreja Evangélica Assembleia de Deus (Jd. do Estádio)
21.12, sábado 17h30 Igreja Evangélica Assembleia de Deus (Vila Gerty)

 

Saiba mais sobre o Natal no Atrium Shopping:

 

Promoção sorteia um Volkswagen T-Cross 0km mais um minicarro:  de 16 de novembro a 05 de janeiro. Cada R$ 200,00 em notas vale um cupom para concorrer ao sorteio, que será realizado no dia 06 de janeiro.

Decoração “O Natal dos Smurfs”: de 16 de novembro a 4 de janeiro; Praça de Eventos

Papai Noel recebe as crianças: até 24 de dezembro; Praça de Eventos

Tire fotos com os personagens Smurf e Smurfette: 30 de novembro e 07, 14 e 21 de dezembro, das 12h às 18h; Piso Térreo

Apresentações de Corais: de 29 de novembro a 22 de dezembro, Praça de Alimentação

Exposições de Presépio e Esculturas (Piso Térreo) do artista Maurici Caruso: até 25 de dezembro

 

Atrium Shopping

Rua Giovanni Batistta Pirelli, 155 – Santo André – SP

Tel.: (11) 3135- 4500 – www.atriumshopping.com

 

Mais informações à imprensa: CLARA Comunicação

Tel: (11) 3667-9136 / 3667-4065

[email protected]

Atrium Shopping aposta na Black Weekend

Descontos de até 70%, horário estendido para as compras, brincadeiras com a roleta de prêmios e show cover de Elton John, marcam o evento  que acontece neste final de semana

 

Um das estações de compras mais aguardadas pelos consumidores, a Black Friday funciona como um pontapé inicial para antecipar aquisições de Natal. O Atrium Shopping, em Santo André, entra no clima da promoção e realiza agora a sua Black Weekend, com oportunidades imperdíveis em termos de preços e variedades de produtos.

 

Para animar ainda mais os frequentadores, o Atrium promove uma ação divertida nesta sexta e sábado, das 13h às 17h, no piso Térreo: a Roleta de Prêmios, na qual cada cliente pode brincar e ganhar desde descontos especiais, brindes, guloseimas e muitos outros mimos. A participação é gratuita.

 

Show Cover de Elton John

E neste domingo, às 15h, o público pode aproveitar para assistir, gratuitamente, um show contagiante, o Elton John Cover. Neste espetáculo não devem faltar grandes hits que marcaram a carreira de Elton Johh e ainda hoje ecoam entre os fãs como as canções Skyline Pigeon, Rocket Man e Daniel, entre muitas outras. Na Praça de Alimentação.

 

E vale lembrar que cada R$ 200,00 em notas vale um cupom para concorrer ao sorteio da promoção de Natal: um Volkswagen T-Cross 0km mais um minicarro.

 

Atrium Shopping na Black Weekend: 

Horário de funcionamento estendido

Sexta, das 07h às 23h

Sábado, das 08h às 23h

Domingo, das 11h às 22h30

 

Saiba mais sobre o Natal do Atrium Shopping:

 

Promoção sorteia um Volkswagen T-Cross 0km mais um minicarro:  de 16 de novembro a 05 de janeiro. Cada R$ 200,00 em notas vale um cupom para concorrer ao sorteio, que será realizado no dia 06 de janeiro

Papai Noel recebe as crianças: até 24 de dezembro; Praça de Eventos

Decoração “O Natal dos Smurfs”: de 16 de novembro a 4 de janeiro; Praça de Eventos

Tire fotos com os personagens Smurf e Smurfette:  30 de novembro e 07, 14 e 21 de dezembro, das 12h às 18h; Piso Térreo

Apresentação de Corais: de 29 de novembro a 22 de dezembro, Praça de Alimentação (confira programação nas redes sociais Facebook e Instagram)

Exposições de Presépio e de Esculturas do artista Maurici Caruso: até 25 de dezembro, no Piso Térreo

 

Atrium Shopping

Rua Giovanni Battista Pirelli, 155 – Santo André – SP

Tel.: (11) 3135- 4500 – www.atriumshopping.com

Hambúrguer: Saboreie sem culpa!

Hambúrguer: Saboreie sem culpa! Família Burger traz proposta de fast food saudável assim você Saboreia sem culpa!

Hambúrguer: Saboreie sem culpa!

Comer fast food ou Junk fook como é são bem conhecidos os Hambúrgueres e lances sem com uma reputação muito ruim quando pensamos em questões nutricionais. Por isso mesmo, nem sempre a opção de comer em fast foods precisa estar acompanhada de má alimentação.

Ao contrário da proposta da maioria dos restaurantes, cujo mote é servir comida rápida sem se ater à qualidade, a tradicional hamburgueria Família Burger tem a preocupação de oferecer sanduíches preparados cuidadosamente sem gordura, com poucos condimentos e ingredientes criativos.

Windsurf Burge

Entre as sugestões da Casa está o Windsurf Burger, que leva 130gr (centro e trinta) de Hambúrguer de Picanha no pão sírio, e vem com tomate, alface, maionese e queijo prato. O cliente também pode optar pela versão com filé de frango grelhado ou na chapa.

Hamburguer Windsurf Burge:

  • Proteína de Qualidade
    • Autentico Hambúrguer de Picanha
    • Queijo Prato
  • Carboidrato
    • Pão Sírio
  • Vegetais
    • Tomate
    • Alface

Opção Vegetariana para todos os Gostos

Além disso, a hamburgueria traz a opção vegetariana, feita com massa de grão-de-bico, alho poró, cebola e especiarias, acompanhado por salada e queijo no pão de hambúrguer.

Na Família Burger é possível também tornar muito mais leve um cheese salada (em média o sanduíche tem 750 calorias). Um dos exemplos é o Hambúrguer de Picanha Grelhada, com apenas 210 calorias (temperado apenas com sal). Outra escolha interessante é combinar uma carne grelhada com lascas de legumes: o filé de frango com legumes (cenoura, abobrinha e berinjela) soma 180 kcal.

Hambúrguer: Saboreie sem culpa!
Hambúrguer: Saboreie sem culpa!

Para acompanhar, as saladas, que antes eram restritas às folhas e rodelas de tomate, ganham mais cor, sabor e ingredientes como: Manjericão (rúcula, mussarela de búfala, tomate e folhas de manjericão – 80 calorias); Ervilha (alface lisa, ervilha, palmito e tomate-95 kcal); Sementes de Girassol (alface lisa, rúcula, cenoura, beterraba ralada, tomate seco, mussarela de búfala e sementes de girassol-145 kcal) e Ceasar (alface lisa, molho de mostrada, lascas de parmesão e croutons -125 kcal).

SERVIÇO:

Família Burger

Rua Monte Alegre, 681 – Perdizes

Tel: (11) 3672-8989

Horário de funcionamento: das 11h às 00h – segunda a domingo
Sábado das 11h às 01h

Estacionamento no local

Aceita todos os cartões de crédito

Família Burger – A hamburgueria aposta no conceito de Burgers de Bairro, com sanduíches artesanais e mais saudáveis. Os sanduíches são preparados cuidadosamente sem gordura, com poucos condimentos e ingredientes criativos (versões exóticas como o hambúrguer no pão sírio e o digestivo servido com abacaxi). A casa também serve lanches mais tradicionais como mistos-quentes, hot dogs, beirutes, grelhados, saladas e sobremesas como o Milk Shake de Nutella. Site: www.familiaburger.com.br

Att,

Equipe Contato Comunicação & Marketing

Débora Luz

Tel.: (11) 3251-2359 / 3288-7108

WhatApp Redação: (11) 9.4565-9078 / (11) 9.9279-6713 / (11)99007-2877

[email protected]

A História do Hambúrguer

Que tal saber um pouco mais sobre a história do lanche mais amado e também o mais odiado do mundo!? Sim, o hambúrguer. É hoje o sanduíche mais consumido em todo o mundo, retirado do relatório Especial de Hamburguerias, da In Bureau de Informação.

Mesmo que já tentado, estudado e também planejado. Cientistas chegaram a conclusão de que é totalmente impossível realizar a determinada quantidade de: Quantos são vendidos a cada ano! Porém a rede conhecida mundialmente e também provavelmente a rede de fast food mais famosa do do mundo. A rede McDonald’s. Pode e é utilizada como um padrão para nos guia para perto do número que desejamos.

Quantos Hambúrgueres são vendidos?

A estimativa dos que saem das cozinhas da rede, é o que podemos considerar um resultado é assombroso! 12.528.000 de hambúrgueres cada vez que a Terra dá uma volta completa em redor de seu eixo, ou 145 por segundo.

Segundo a Wikipedia e uma matéria da revista Super Interessante, é muito difícil definir quem, de fato, inventou o hambúrguer. Historiadores acreditam que o hábito de moer carne foi iniciado pelos Tartaros, tribos nômades da burgerMongólia, para facilitarem a ingestão de carnes duras e de má qualidade.

Eles devem ter introduzido o produto na Europa, mais precisamente na região da Alemanha. Foi na cidade de Hamburgo que ele se popularizou e recebeu a denominação de Hambúrguer em meados do século 17. Da Alemanha ele foi levado para os Estados Unidos por imigrantes, e foi neste país que ele foi difundido.

Alguns americanos se denominam os inventores do sanduíche mas, de concreto, podemos dizer que foi nos Estados Unidos que o pão foi adicionado à carne e que o sanduíche foi realmente popularizado. Foi ali também que o nome Hamburger foi simplificado para burger, pois temia-se que o prefixo ”Ham” fosse relacionado à carne de porco, que não era consumida por todas as pessoas.fletcher_davis_feira_mundial_saint_louis

Segundo registros, foi em 1904, na feira mundial de Saint Louis, que o texano Fletcher Davis comercializou o sanduíche, gerando assim o seu desenvolvimento.

Escritor Josh Ozersky

O escritor Josh Ozersky , em seu livro “The Hamburguer”, não consegue esclarecer qual seria o verdadeiro inventor, mas atribui a Walter Anderson, dono da lanchonete White Castle, a primeira cadeia de lanchonetes dos Estados Unidos que foi inaugurada em 1921 e que vendia hambúrguer cozido no vapor e cheio de cebola.

Podemos afirmar, no entanto, que a globalização do produto aconteceu com a expansão das redes de fast food americanas. Foi a partir dos Estados Unidos que a rodela de uns 50 gramas de carne moída entre duas metades de pão redondo ganhou o mundo.

Você pode ter uma ideia do que é o Mc Donalds em um filme intitulado: The Founder

Fome de Poder – Filme 2016

Fome de Poder – Filme 2016: A história da ascensão do McDonald’s. Após receber uma demanda sem precedentes e notar uma movimentação de consumidores fora do normal, o vendedor de Illinois Ray Kroc adquire uma participação nos negócios da lanchonete dos irmãos Richard e Maurice Mac McDonald no sul da Califórnia e, pouco a pouco eliminando os dois da rede, transforma a marca em um gigantesco império alimentício.

Dead Fish leva turnê “Ponto Cego” a Diadema

Dead Fish leva turnê “Ponto Cego” a Diadema: A banda Dead Fish chega a Diadema com a turnê “Ponto Cego”, de seu elogiado novo disco. O evento terá abertura de Unabomber, direto do Rio de Janeiro, além das bandas Smashing Dreams, Neisseria, KenfoiKeumato e DischavizerCrust.

Dead Fish leva turnê “Ponto Cego” a Diadema

Em uma noite intensa e explosiva, o Container Pub Stop, em Diadema, será palco para o rock, hardcore e punk das bandas Dead Fish, em turnê nacional com seu elogiado álbum “Ponto Cego”, Unabomber (RJ), Smashing Dreams, Neisseria, KenfoiKeumato e DischavizerCrust.

O Evento

O evento acontece em 30/11 (sábado) e tem início às 16h, com ingressos a R$ 30 + 1kg de alimento não perecível, a ser doado ao Lar Assistencial Mãos Pequenas. As vendas online já estão no terceiro lote, na plataforma Sympla: https://www.sympla.com.br/dead-fish-em-diadema__691683

Dead Fish leva turnê “Ponto Cego” a Diadema
Dead Fish leva turnê “Ponto Cego” a Diadema

Quem são o Dead Fish?

O Dead Fish é um dos representantes máximos do hardcore nacional. Fundada em 1991, a banda de Vitória (ES) é formada por:

  • Rodrigo Lima
    • voz,
  • Marcão Melloni
    • bateria e
  • Ric Mastria
    • guitarra

e vai mostrar faixas de sua discografia, em especial do álbum mais recente, lançado este ano. Em “Ponto Cego”, o trio apresenta canções urgentes que refletem a realidade social e política do país nos últimos anos.

Abertura do Show

A abertura fica a cargo dos novos sons da cena rock. É o caso da Unabomber, banda fluminense que teve sua primeira fase entre 1995 e 1999. 18 anos depois eles voltaram com o EP “Massas & Manobras S/A”, seguido pelo novo EP, “O Mal da Máquina Morre”, lançado este ano. Entre os destaques, está a faixa “Guanabara”, atualmente em rotação no programa HeavyPeroNoMucho, da 89 FM Rádio Rock.

Em meio ao xadrez sócio político, a banda compôs e gravou “Silêncio”, além de uma versão de “Pesadelo”, gravada originalmente pelo MPB4 em 1972 e que continua atual. Agora, Unabomber se prepara para lançar o clipe “A Celebração da Peleja entre o Molotov e a Máquina”. O grupo é formado por André Luz (voz), Alan Vieira (baixo), Paulo Stocco (bateria) e Sandro Luz (guitarra).

Smashing Dreams leva o seu som alternativo e heavy rock ao palco com Victor Dehé, Daniel Stunges e Lucas Ribeiro. A banda paulistana está em turnê com o primeiro disco, homônimo. O punk, metal e hardcore surgem no som da Neisseria, direto de Ribeirão Preto. Completam a programação o punk de KenfoiKeumato e DischavizerCrust.

Os Shows

Os shows acontecem no Container Pub Stop. O espaço fica na Rua Orense, 60, em Diadema.

Serviço

Dead Fish, Unabomber, Smashing Dreams, Neisseria, KenfoiKeumato e DischavizerCrust

Data: 30/11/2019 (sábado)

Horário: 16h

Local: Container Pub Stop

Endereço: Rua Orense, 60 – Diadema/SP

Ingressos: R$ 30 + 1kg de alimento não perecível

Compra online: https://www.sympla.com.br/dead-fish-em-diadema__691683

Evento: https://www.facebook.com/events/397792191170015/

Classificação etária: 16 anos (A entrada de menores de 16 anos só será permitida se comprovadamente acompanhados dos pais ou responsáveis legais)

Jovens do Tiro de Guerra recebem certificação de Agentes Ambientais

Jovens do Tiro de Guerra recebem certificação de Agentes Ambientais: Jovens do Tiro de Guerra recebem certificação de Agentes Ambientais Comunitários em Santo André

Formação promovida pelo Semasa teve início em maio deste ano

A equipe de educação ambiental do Semasa – Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André – certificou no dia 26 de novembro de 2019 na cidade de Santo André no grande ABC Paulista, 98 (noventa e oito) jovens que integram o Tiro de Guerra da cidade.

A formatura encerra mais um ciclo do projeto Agentes Ambientais Comunitários, desenvolvido pela autarquia, que tem o objetivo de tornar os soldados em agentes multiplicadores das práticas sustentáveis e de cidadania ambiental no município.

Quando foi a Cerimonia?

A cerimônia ocorreu no último sábado (23) e contou com a presença do prefeito de Santo André, Paulo Serra. Durante a formação, que teve início em maio deste ano e ocorreu também em parceria com o Departamento de Manutenção de Áreas Verdes da Prefeitura, os atiradores integrantes do Tiro de Guerra puderam se familiarizar com as problemáticas ambientais atuais, principalmente relacionadas à questão da arborização.

Neste contexto, os jovens visitaram o viveiro municipal e participaram em setembro de um grande mutirão de plantio no bairro Marajoara que complementou as ações do projeto Meu Bairro Mais Verde, da Prefeitura. No total, foram 400 (quatrocentas) novas árvores plantadas no bairro naquela ocasião.

Novos agentes Ambientais

Os novos agentes ambientais comunitários também puderam conhecer um pouco mais sobre a importância do tratamento de água e esgoto.

O projeto pioneiro da educação ambiental do Semasa acontece desde o ano passado e esta é a segunda turma de soldados formada.

Texto: Paloma Alvarez
Fotos: Helber Aggio/PSA

Tiro de Guerra

Jovens do Tiro de Guerra recebem certificação de Agentes Ambientais
Jovens do Tiro de Guerra recebem certificação de Agentes Ambientais

O Tiro de Guerra (TG) é uma instituição militar do Exército Brasileiro encarregada de formar atiradores e ou cabos de segunda categoria (reservistas) para o exército. Os TGs são estruturados de modo que o convocado possa conciliar a instrução militar com o trabalho ou estudo, proporcionando a milhares de jovens brasileiros, principalmente os que residem em cidades do interior do país, a oportunidade de atenderem a Lei e prestarem o Serviço Militar Inicial.

A organização de um TG – Tiro de Guerra ocorre em acordo firmado com os Municípios e o Comando da Região Militar. O exército fornece os instrutores (normalmente sargentos ou subtenentes), fardamento e equipamentos, enquanto a administração municipal disponibiliza as instalações. Por isto, geralmente, o prefeito se torna o diretor do tiro de guerra.

Na década de 2010, existiam mais de 224 TGs distribuídos por quase todo o território brasileiro. Anualmente, ingressam aproximadamente 12.000 (doze mil) atiradores no Exército Brasileiro.

Origem o TG

A origem dos tiros de guerra remonta ao ano de 1902 com o nome de linhas de tiro, quando se fundou em Rio Grande (Rio Grande do Sul) uma sociedade de tiro ao alvo com finalidades militares — esta, a partir de 1916, no impulso da pregação de Olavo Bilac em prol do serviço militar obrigatório, transformou-se, com o apoio do poder municipal, nesse tipo de organização militar destinada à formação de reservistas brasileiros.

Assim sendo foram criadas várias linhas de tiro, estrategicamente localizadas em cidades maiores de cada região, que davam maior proteção aos cidadãos, atualmente ao que tem se conhecimento o Tiro de Guerra com mais tempo em atividades no pais é o 01-010 da 1ª Região Militar no Comando Militar do Leste.

O Tiro de Guerra de Nova Friburgo teve suas atividades iniciadas em 15 de agosto de 1909, sendo renumerado até permanecer 01-010, seus quadro pertenceram diversos veteranos da FEB que participaram diretamente no combate de trincheiras em Montese e Monte Castelo, integrados as forças aliadas na Segunda Guerra Mundial.

Em 2018, o Tiro de Guerra de Carangola – MG Comemorou 100 anos de fundação, com selo comemorativo dos Correios.

Um dos objetivos dos Tiros de Guerra é a formação de cidadãos cônscios sob os seus direitos e deveres na sociedade onde estão inseridos, transformando-se como verdadeiros elementos modificadores das duras condições das regiões em que residem, consistindo-se como centro de formação das futuras lideranças comunitárias e municipais querem no campo da política, da educação, da governança, da iniciativa privada, ou seja, cidadãos que terão franca e intensa participação no desenvolvimento regional e nos benefícios sociais que se desdobram com essa possibilidade.

Moeda Verde: 2 anos de e 300% de Aumento na Entrega de Recicláveis

Moeda Verde: 2 anos de e 300% de Aumento na Entrega de Recicláveis: Educação Ambiental, Além da troca por alimentos. Programa é Inovador do Semasa também promoveu e a Revitalização de Áreas Degradadas na Cidade de Santo André.

Moeda Verde: 2 anos de e 300% de Aumento na Entrega de Recicláveis

O que é o Moema Verde? O Moeda Verde, iniciativa do Semasa – Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André, e também da Prefeitura Municipal, por meio do Banco de Alimentos, completou na sexta-feira 22/11/2019 02 (dois) anos de implantação na cidade.

Desde a sua estreia, em 2017, o programa vem acumulando resultados positivos que refletem diretamente na vida da população de Santo André.

Moeda Verde: 2 anos de e 300% de Aumento na Entrega de Recicláveis
Moeda Verde: 2 anos de e 300% de Aumento na Entrega de Recicláveis

Desde então, foram contabilizadas 232 toneladas de lixo reciclável recebidas, que se transformaram em 46 toneladas de alimentos frescos como frutas, verduras e legumes entregues aos moradores participantes. Em dois anos, já são 14 núcleos que recebem as trocas do programa:

  • Ciganos,
  • Capuava
  • Ciprestes,
  • Eucaliptos,
  • Kibon,
  • Santa Cristina,
  • Jardim Cristiane,
  • Sítio dos Vianas,
  • Cruzado,
  • Pintassilgo,
  • Tamarutaca,
  • Sorocaba,
  • Espírito Santo e
  • Missionários.

“Nestes dois anos o moeda verde além de demonstrar na prática os benefícios da reciclagem, também transformou a vida de diversas famílias com a distribuição de mais de 45 toneladas de alimentos do nosso Banco de Alimentos. É uma alegria acompanhar a evolução deste projeto que serviu, inclusive, de exemplo para implementação em outros municípios”, afirmou a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade de Santo André, Ana Carolina Barreto Serra.

Moeda Verde, o Semasa

2 anos do Programa em Santo André
2 anos do Programa em Santo André

Por meio do Moeda Verde, o Semasa ainda realizou melhorias e revitalizações em seis pontos de descarte irregular de resíduos do município, transformando estas áreas em espaços de convivência e pequenas áreas verdes.

 

Um dos objetivos do programa é exatamente conscientizar a população sobre a importância do descarte correto de Resíduos e a Redução dos pontos de acúmulo. Os espaços revitalizados ganham novas:

  • Calçadas,
  • Floreiras,
  • Vagas para Carros e,
  • muitas vezes,
    • pintura, o que aumenta a sensação de pertencimento das famílias que vivem no entorno destes locais.

“A população tem ampliado cada vez mais a participação nas trocas do Moeda Verde, criando hábitos sustentáveis e fortalecendo cada dia mais a iniciativa. Por onde passamos, vemos o sentimento de agradecimento dos moradores”, comemora o superintendente do Semasa, Almir Cicote.

Inauguradas duas Estações de Coleta

Se preferir assistir ao vídeo diretamente no Youtube, clique aqui.

Além disso, a partir do Moeda Verde também foram inauguradas duas Estações de Coleta – Utinga e Jardim Irene – e mais uma (Tamarutaca) deverá ser entregue até o final deste ano (2019).

Em outubro, o Semasa finalizou a terceira fase de expansão do programa com a chegada ao Núcleo Missionários (no Jardim Santo André), totalizando 70 mil pessoas sendo beneficiadas direta e indiretamente pelas ações do Moeda Verde.

Ao concluir dois anos de sua estreia, a iniciativa também tem outra marca a comemorar: um aumento de quase 300% no volume de resíduos entregues pela população de um ano para o outro, cujos materiais foram encaminhados para a reciclagem, gerando renda às cooperativas de reciclagem de Santo André, tornando a cidade mais limpa e sustentável.

Também Estimula a Economia da Região

Além disso, o programa também permitiu estimular a economia circular e gerar riqueza, já que todas as hortaliças são adquiridas dos agricultores urbanos de Santo André.

Exemplo de sucesso, o Moeda Verde já serviu de inspiração para outras cidades do país que vieram conhecer o modelo adotado na cidade.

O programa conta com um hotsite especial com todas as informações sobre as trocas e núcleos atendidos www.semasa.sp.gov.br/moedaverde.

Texto: Paloma Alvarez
Crédito: Divulgação/ Semasa

Semasa

O que é Semasa? – Semasa – Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André.

Endereço: Av. José Caballero, 143 – Vila Bastos, Santo André – SP, 09040-210, Brasil
Telefone: +55 11 4433-9011 – *Informações Google

Da empresa Semasa – Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André

“O Semasa – Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André – é uma autarquia vinculada à administração municipal de Santo André, município da Região Metropolitana de São Paulo, que segue um modelo pioneiro de saneamento ambiental integrado, onde a oferta de água, a coleta de esgoto, a drenagem urbana, a gestão dos resíduos sólidos e a gestão ambiental, estão integradas em benefício do cidadão e do meio ambiente. Criado em 1969 com o nome de Serviço Municipal de Água e Saneamento de Santo André, ela passa, partir de 1998, a ter a denominação atual.”

Você gosta de: Gilmar Mendes, Glenn Greenwald ou Felipe Neto?

Você gosta de: Gilmar Mendes, Glenn Greenwald ou Felipe Neto? Bom, a internet mostra que este são em suma moiraria não muito populares. Não por popularidade, mas sim por ódio mesmo.

Você gosta de: Gilmar Mendes, Glenn Greenwald ou Felipe Neto?

O que fez esse artigo surgir foi o fato de que apenas 03 (três) dias, depois de um dos 03 (três) ter sido alvo de várias manifestações pelo País inteiro. Me refiro ao ministro “escolhido, e na calada da noite empoçado. Sem qualquer tipo de concurso” Gilmar Mendes, do STF – Supremo Tribunal Federal. Sim o mesmo que mora em Portugal e só vem para o Brasil para fazer votações ruins e vai embora. Ou que chamou brasileiros de gentinha.

Este ser Foi homenageado pela Câmara na quarta-feira, 20/11/2019, com a Medalha Mérito Legislativo, a mais importante honraria concedida pela Casa. O prêmio foi entregue pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Outros odiados também foram Homenageados

Além de Gilmar, também foram agraciados o general Eduardo Villas Bôas, ex-comandante do Exército e atualmente assessor do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), o jornalista Glenn Greenwald, do site The Intercept Brasil, o desenhista e empresário Maurício de Sousa, criador da Turma da Mônica, e o youtuber Felipe Neto – que não compareceram à cerimônia e enviaram representantes.

Para o deputado Mário Heringer (PDT-MG), segundo secretário da Câmara, a premiação é uma maneira de aproximar o Legislativo do cidadão.

“Esse prêmio reconhece e faz aproximar a sociedade da Câmara dos Deputados. É um reconhecimento que se faz às pessoas que tem trabalhado pelo Brasil”, disse o parlamentar.

Gilmar Mendes foi o principal alvo de atos na rua contra o Supremo no Domingo 17/11/2019.

Você gosta de: Gilmar Mendes, Glenn Greenwald ou Felipe Neto?
Você gosta de: Gilmar Mendes, Glenn Greenwald ou Felipe Neto?

Em São Paulo, manifestantes se reuniram na Avenida Paulista para pedir o impeachment do ministro. O protesto foi marcado também por declarações em defesa do ex-juiz da Lava Jato e atual ministro da Justiça, Sérgio Moro, do presidente Jair Bolsonaro, e ofensas ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, à esquerda e a outros ministros do STF.

Também houve atos em Brasília, onde, segundo estimativa da Polícia Militar do Distrito Federal, de 800 a mil pessoas estiveram no fim da tarde do domingo em frente ao Congresso para pedir a cassação de Gilmar. No Rio de Janeiro, o grupo se reuniu em Copacabana (zona sul) e ocupou menos de um quarteirão da orla. A PM não estimou o público presente nos atos de São Paulo e do Rio.

Pedidos de impeachment

Como revelou o jornal O Estado de S. Paulo, o número de pedidos de impeachment de ministros do STF atingiu em 2019 um patamar recorde. Desde janeiro, foram 14 representações contra integrantes da Corte, cinco a mais do que no ano passado.

O presidente do STF, Dias Toffoli, é o mais visado. Metade dos pedidos protocolados neste ano é para que ele perca o cargo de ministro da Corte Suprema. Foco das manifestações de domingo, Gilmar Mendes vem logo atrás, com cinco, o mesmo número de Alexandre de Moraes.

Câmara contra o Povo

É um ato que demostra ao povo a visão do pessoal da Câmara. Pouco se importando com o apelo publico. Publico que vota e coloca essas pessoas para nos representar lá. Esse ao menos era para ser o objetivo.

Mais uma vitória do Governo Bolsonaro, Comemora: mais de 840 mil novos empregos formais em 2019, melhor saldo dos últimos 05 (cinco) anos. O presidente Jair Bolsonaro postou mensagem em seu perfil no Twitter comemorando a performance da economia, em especial o crescimento da oferta de emprego.
“Pelo sétimo mês seguido, o resultado na criação de empregos foi positivo, com 70.582 vagas criadas em outubro. No ano, foram gerados 841,5 mil empregos formais, melhor saldo dos últimos 5 anos”.
Na mensagem, Bolsonaro compartilha vídeo produzido pela Secretaria Especial de Comunicação Social. O material de divulgação, além da oferta de novos postos formais de trabalho, enumera o crescimento do PIB no segundo trimestre, de 0,4%, “a menor taxa de juros da história”, de 5%, controle da inflação – prévia de 0,14% , “menor resultado desde 1998”

Vamos aprender a votar melhor e lembrar dessas pessoas que fizeram a homenagem. Nunca mais dar nenhum voto a mais para quando sorrirem. Pedindo voto com a maior cara de pau do mundo!

Justiça deverá enfrentar aumento de ações contra o INSS

Justiça deverá enfrentar aumento de ações contra o INSS: BENEFÍCIOS – Justiça deverá enfrentar aumento de ações contra o INSS com a aprovação da Reforma da Previdência.

Justiça deverá enfrentar aumento de ações contra o INSS

A Reforma da Previdência do Governo PSL
Dra Adriane Bramante

Justiça deverá enfrentar aumento de ações contra o INSS com a aprovação da Reforma da Previdência. A reforma da Previdência deverá entrar em vigor ainda nesta semana.

As novas regras pós aprovação da reforma da previdência 2019 ou reforma da previdência do governo Bolsonaro 2019 começam a valer assim que a emenda constitucional for publicada.

A maioria das mudanças é imediata e vai alterar de forma brusca regras de cálculo e de acesso à aposentadoria, o que deverá gerar uma enxurrada de ações na Justiça, avaliam especialistas ouvidos pelo Agora.

Para Adriane Bramante, presidente do IBDP – Instituto de Direito Previdenciário, um grande número de processos deverá ser ajuizado caso o INSS deixe de considerar períodos de trabalho e impeça os profissionais de entrarem em regras de transição mais vantajosas.

Regras de transição na reforma da Previdência

“Acredito que haverá uma enxurrada de ações pelo direito às regras de transição. Muitos precisarão provar estarem a menos de dois anos do tempo para entrarem na regra de transição 3”, diz ela.

Neste caso, o trabalhador conseguirá se aposentar com as condições atuais, que são mais vantajosas, se contribuir com mais 50% do tempo que faltar para ter a aposentadoria do INSS.

Roberto de Carvalho Santos, presidente do Ieprev (Instituto de Estudos Previdenciários), também afirma que as regras de transições devem provocar muitos questionamentos judiciais.

“Eu acredito que vai haver sim uma judicialização, principalmente por não ter havido regra de transição para regra de cálculo.”

Segundo a reforma, o cálculo da aposentadoria muda no dia em que a PEC for publicada. As novas normas vão atingir a média salarial e a conta final para ter o benefício. Somente nas regras de transição em que há pedágio de 100% ou de 50% é que serão aplicados cálculos diferentes, um pouco melhores para o trabalhador.

PEC PARALELA TAMBÉM PODE SER RENDER AÇÕES

Criada para amenizar algumas regras da reforma da Previdência, a PEC (proposta de emenda à Constituição) Paralela também poderá ter pontos a serem questionados na Justiça, diz o advogado Roberto de Carvalho Santos.

“Precisa ter o dispositivo que prevê a retroatividade. Caso contrário, vamos ter situações de pessoas que vão ter o seu direito prejudicado”, afirma ele. A emenda constitucional foi aprovada pelo Senado.

Justiça deverá enfrentar aumento de ações contra o INSS com a aprovação da Reforma da Previdência. A reforma da Previdência 2019 deverá entrar em vigor ainda nesta semana.

As novas regras começam a valer assim que a emenda constitucional for publicada. A maioria das mudanças é imediata e vai alterar de forma brusca regras de cálculo e de acesso à aposentadoria, o que deverá gerar uma enxurrada de ações na Justiça, avaliam especialistas ouvidos pelo Agora.

Especialista Adriane Bramante

Para Adriane Bramante, presidente do IBDP (Instituto de Direito Previdenciário), um grande número de processos deverá ser ajuizado caso o INSS deixe de considerar períodos de trabalho e impeça os profissionais de entrarem em regras de transição mais vantajosas.

Regras de transição na Reforma da Previdência

“Acredito que haverá uma enxurrada de ações pelo direito às regras de transição. Muitos precisarão provar estarem a menos de dois anos do tempo para entrarem na regra de transição 3”, diz ela.

Neste caso, o trabalhador conseguirá se aposentar com as condições atuais, que são mais vantajosas, se contribuir com mais 50% do tempo que faltar para ter a aposentadoria do INSS.

Roberto de Carvalho Santos, presidente do Ieprev (Instituto de Estudos Previdenciários), também afirma que as regras de transições devem provocar muitos questionamentos judiciais.

“Eu acredito que vai haver sim uma judicialização, principalmente por não ter havido regra de transição para regra de cálculo.”

Segundo a reforma, o cálculo da aposentadoria muda no dia em que a PEC for publicada. As novas normas vão atingir a média salarial e a conta final para ter o benefício. Somente nas regras de transição em que há pedágio de 100% ou de 50% é que serão aplicados cálculos diferentes, um pouco melhores para o trabalhador.

PEC PARALELA TAMBÉM PODE SER RENDER AÇÕES

Criada para amenizar algumas regras da reforma da Previdência, a PEC (proposta de emenda à Constituição) Paralela também poderá ter pontos a serem questionados na Justiça, diz o advogado Roberto de Carvalho Santos.

“Precisa ter o dispositivo que prevê a retroatividade. Caso contrário, vamos ter situações de pessoas que vão ter o seu direito prejudicado”, afirma ele. A emenda constitucional foi aprovada pelo Senado.

Mudanças no pagamento da pensão por morte

As alterações nos benefícios que serão promovidas pela reforma da Previdência devem ir parar na Justiça
Segundo especialistas, as contestações são comuns em épocas de grandes mudanças na legislação

O QUE PODERÁ SER QUESTIONADO:

  • Regras de transição
    • Os profissionais que já estão no mercado de trabalho não terão a idade mínima imediatamente na aposentadoria
    • Eles poderão se aposentar em uma das cinco regras de transição aprovadas
    • Período curto
    • As regras de transição devem ter duração de 14 anos
    • Depois disso, os trabalhadores vão começar a se aposentar pela regra geral
    • Para advogados, elas deveriam ser “harmônicas, razoáveis e proporcionais”
    • Como não serão, podem ser questionadas no Judiciário
    • Sem transição para mudar o cálculo
      • Outra falha é a falta de transição para mudar o cálculo dos benefícios; a mudança desta regra será imediata na maioria dos casos
    • Pedágio de 50%
      • Nesta regra de transição, o trabalhador que está há dois anos da aposentadoria consegue o benefício com as normas atuais, desde que contribua por mais 50% do tempo que faltar
    • Se o INSS desprezar períodos de cálculo, o profissional não conseguirá entrar nesta regra; o caminho será a Justiça
  • Aposentadoria por idade
    • Atualmente, os segurados do INSS já têm direito de se aposentar por idade
    • Para isso, é preciso ter as idades mínimas de 65 anos (homens) e 60 anos (mulheres), além de 15 anos de contribuição
    • Renda será menor
    • Como é hoje
      • O segurado recebe 70% mais 1% a cada ano de contribuição
      • Como se aposenta com, no mínimo, 15 anos de INSS, o trabalhador tem 85% sobre sua média
      • O novo cálculo garante apenas 60% sobre a média e pode render ações

3 – Idade mínima na aposentadoria especial

Atualmente, profissionais que trabalham em áreas prejudiciais à saúde podem se aposentar ao completar:
25 anos de INSS, para exposição de grau leve
20 anos de INSS, para exposição de grau médio
15 anos de INSS, para exposição de grave
Exigências extras
A reforma impõem, além do tempo mínimo de INSS, idade mínima neste benefício
A idade mínima será de 55 anos (grave), 58 anos (média) e 60 (leve)
A regra de transição da aposentadoria especial tem, ainda, a exigência de pontuação mínima

Exposição
Um trabalhador que começa aos 18 anos em uma área de grau leve e tem períodos ininterruptos de atividade atingirá o tempo mínimo de 25 anos aos 43 anos de idade
Mas estará longe da idade mínima neste benefício, que será de 60 anos
Ele será obrigado a continuar arriscando sua saúde em área especial, pois seguirá exposto a agente prejudiciais

4 – Incapacidade permanente

O INSS tem hoje o benefício por invalidez, pago a quem perde totalmente a capacidade de seguir no mercado de trabalho; a aposentadoria é de 100% sobre a média salarial
Com a reforma, na maioria dos casos, o cálculo será igual ao dos demais benefícios e pagará 60% para quem tiver, no mínimo, 20 anos de contribuição
Proibição
Quem tem este tipo de benefício não pode trabalhar; com isso, trabalhadores poderão ficar em situações vulneráveis ou de miserabilidade, dizem especialistas

5 – Acúmulo da pensão por morte

Se o viúvo ou a viúva já estiver aposentado, haverá redutores sobre um dos benefícios
A segurada ou o seguro recebem como benefício principal o que for maior e, sobre o menor, será pago um valor reduzido
Questionamento
Como o segurado contribui com alíquotas iguais nos dois benefícios, tanto na aposentadoria quanto na pensão, quando houver acúmulo, a briga poderá ser para não sejam aplicados redutores

6 – Conversão de tempo especial em comum

A reforma da Previdência acaba com o bônus da conversão do tempo especial em comum
Hoje, quem trabalha em atividade prejudicial e não atinge todos o tempo mínimo necessário para se aposentar com o benefício especial, pode converter este tempo em comum
A conversão será permitida apenas para atividades exercidas até a publicação da PEC (proposta de emenda à Constituição)
Sem bônus
Para especialistas, o trabalhador fica sem bônus e sem compensação pelo período em que expôs sua saúde em trabalho insalubre

7 – PEC paralela

No Senado, paralelamente à reforma da Previdência, uma outra PEC está em andamento, com objetivo “corrigir” falhas da reforma
Uma das mudanças será é no tempo mínimo de contribuição dos homens que entrarão no mercado de trabalho, que deverá cair de 20 para 15 anos
Como a PEC paralela terá data de validade diferente da regra principal, alguns segurados poderão ser prejudicados

Fontes: PEC (proposta de emenda à Constituição) 6/2019, PEC 133/2019 (paralela) e advogados previdenciários Adriane Bramante, do IBDP (Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário), e Roberto de Carvalho Santos, do Ieprev (Instituto de Estudos Previdenciários)

Valores da Pensão por Morte no INSS serão alterados pela Reforma da Previdência

Valores da Pensão por Morte no INSS serão alterados pela Reforma da Previdência?  Valores da Pensão por Morte no INSS serão alterados pela Reforma da Previdência para quem já recebe? Não!

Valores da Pensão por Morte no INSS serão alterados pela Reforma da Previdência

Quem já recebe a pensão por morte antes da aprovação da Reforma corre o risco de receber menos com as novas regras?

Resposta: Não muda nada, afirma a advogada especializada em Previdência Adriane Bramante, presidente do IBDP – Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário.

Dra Adriane Bramante Responde

Segundo a Especialista em Direito Previdenciário, quem já recebe a pensão por morte antes da aprovação da Reforma não terá os valores modificados porque o direito adquirido é garantido pela lei.

Como fica a pensão por morte após a Reforma?

O cálculo da pensão por morte passa a ser de 50% do valor do benefício mais 10% para cada dependente extra, totalizando no máximo 100% do valor de benefício.

Quem acumula pensão e aposentadoria recebe 100% do benefício de maior valor e terá um redutor no segundo benefício segundo a faixa salarial.

A pensão por morte no regime geral não poderá ser inferior ao salário mínimo.
Já a pensão por morte no regime próprio poderá ser inferior ao salário mínimo se o dependente já tiver renda.

Fonte: R7 – Sophia

De acordo com o substitutivo do deputado Samuel Moreira (PSDB-SP) para a proposta de emenda à Constituição (PEC) da reforma da Previdência, o valor da pensão por morte também é reduzido, podendo inclusive ser menor que um salário mínimo se ela não for a única fonte de renda formal do dependente. Isso vale tanto para os servidores quanto para os segurados do INSS.

Essa situação ocorreria, por exemplo, com o casal que ganhou sempre, cada um dos dois, um salário mínimo e um dos cônjuges morresse com apenas 20 anos de contribuição.

A pensão gerada para o cônjuge dependente seria de 60% da média de um salário mínimo, ou seja, R$ 598,80, pois ele tem outra renda formal. Se não tivesse outra renda, seria pago um salário mínimo (R$ 998,00). Uma lei deverá definir o que será considerado fonte formal de renda.

Quanto aos policiais, agentes penitenciários ou socioeducativos federais, o texto garante pensão integral e vitalícia para o cônjuge se a morte decorrer de agressão sofrida no exercício da função ou em razão dela.

Regra Antes da Reforma da Previdência 2019

Atualmente, para os segurados do INSS, a lei prevê que a pensão é de 100% da aposentadoria ou da média apurada das contribuições se o segurado estiver na ativa.

Para encontrar essa média, são usados os 80% maiores valores sobre os quais a pessoa contribuiu. Assim, se desse cálculo resultou o valor de R$ 2,5 mil, é esse benefício que será repartido entre os dependentes.

Já para os atuais servidores públicos civis, a Constituição atual prevê que será pago o teto do INSS (R$ 5.839,45) e mais 70% do que exceder esse valor. Se o servidor é filiado a um fundo complementar (Funpresp, por exemplo), o regime próprio pagará somente o teto.

Para um servidor que receba remuneração de aposentadoria ou na ativa correspondente a R$ 15 mil, por exemplo, a pensão a ser repartida seria de R$ 12.252,25 (teto de R$ 5.839,45 mais 70% de R$ 9.160,55).

Sem transição

Tanto para os segurados do INSS quanto para os servidores públicos, a regra da pensão será a mesma e sem transição, ou seja, valerá para os futuros e atuais assalariados até que uma lei fixe os critérios. A PEC original previa um valor de transição para os atuais servidores.

Para encontrar o valor sobre o qual serão aplicadas as cotas, deverão ser usados todos os salários de contribuição e não mais os 80% de maior valor, diminuindo a média.

Além disso, para quem estiver na ativa e vier a falecer, o cálculo seguirá o usado para conceder a aposentadoria por incapacidade permanente: 60% da média por 20 anos (ou menos) de contribuição com 2% a mais por cada ano trabalhado acima disso.

Se o trabalhador ou servidor da ativa tiver cumprido mais que o tempo mínimo para contar com 60% da média, ou seja, mais de 15 ou 20 anos de contribuição, conforme o caso, o beneficiário da pensão poderá escolher entre excluir o excesso de anos com salários baixos para aumentar a média ou usá-los para aumentar o valor com os 2% por cada ano trabalhado a mais.

Mas o total final da pensão a ser rateada dependerá do número de dependentes. Sobre a média obtida deverá ser aplicada uma cota familiar de 50% e mais uma cota de 10% para cada dependente até o limite de 100% da média.

A exceção é para o trabalhador ou servidor que morrer em decorrência de acidente do trabalho, doença do trabalho ou doença profissional, situação em que as cotas serão aplicadas sobre 100% da média obtida.