O Dragão de Fogo chega ao Sesc Santo André

O Dragão de Fogo chega ao Sesc Santo André
Avalie esta notícia

O Dragão de Fogo
Crédito: Fernando Stankuns
Um vilarejo é reduzido às cinzas por um temido dragão. Um desenhista sem habilidades para guerra é escolhido para derrotar a criatura que cospe fogo. Será possível um pequeno menino enfrentar o gigante Dragão utilizando apenas a inteligência e vocações artísticas? A resposta se revela em O Dragão de Fogo.A peça conta a história do garoto Shun Li, morador de uma aldeia devastada pelo Dragão que, após dormir por séculos, desperta em fúria incendiando o vilarejo onde vive o pequeno rapaz. Moradores dizimados se reúnem para discutir a tragédia e como derrotar o monstro mitológico. Bravos guerreiros se manifestam para enfrentar a ameaça. Mas, sob o peso das tradições locais, os líderes da aldeia decidem que apenas um habitante deve ser destinado pela sorte a caçar o Dragão. É quando o sorteio surpreende a todos ao selecionar um guerreiro improvável: o pequeno Shun Li.Inspirada em textos e fábulas da cultura chinesa, a narrativa escrita pelo dramaturgo Cássio Pires articula de forma simples e clara os símbolos da mitologia oriental ao traduzir a jornada do herói nas virtudes protagonizadas por Shun Li, como o ato criador, a necessidade de renovação, valores comunitários e tradições culturais de um povo. A adaptação do texto para representação teatral é de Marcelo Lazzaratto, que conduz a encenação sob a ótica da Ópera de Pequim, vertente do teatro popular da China com mais de 200 anos de existência. Considerado como Patrimônio Cultural Intangível da Humanidade pela UNESCO, o gênero contempla a tríade corpo, objeto e palavra, utilizando um espaço minimalista de poucos recursos cenográficos que valorizam as ações dos personagens. As atuações ficam por conta de Eduardo Sakamoto (vencedor do Prêmio APCA e duas vezes indicado ao Prêmio Shell de melhor ator), Esio Magalhães e Luciana Mizutani.Para representar o talento artístico de Shun Li, nenhum desenho é realizado durante o espetáculo. As figuras do pequeno guerreiro são evocadas a partir da ocupação do cenário, onde as imagens tomam forma através do jogo de cena dos atores. Para compor os movimentos de O Dragão de Fogo, foram necessários a preparação corporal e conhecimentos de Luciana Mizutani, campeã paulista e vice-campeã brasileira em várias modalidades de kung-fu.O figurino da peça é assinado pelo estilista Fause Haten, com adereços de Silvana Marcondes. Assim como na Ópera de Pequim, as vestimentas dos personagens vertem espaços ficcionais da história, como uma casa, uma plantação de arroz, uma montanha, a caverna do Dragão. A direção musical do espetáculo, comandada pelo pianista, cantor e compositor Marcelo Onofri, acompanha e enfatiza a movimentação dos atores, com função narrativa que ilustra emoções e sentimentos. Com esta atmosfera, O Dragão de Fogo sintetiza movimentos de arte marciais, acrobacias, mimicas, música, dança e teatro em um enredo de aventuras e descobertas.O espetáculo é livre para todos os públicos e acontece aos domingos, às 12h, em quatro finais de semana (18 e 25/02; 04 e 11/03). Ingressos disponíveis pelo Portal Sesc SP ou em qualquer bilheteria da Rede Sesc, nos valores R$ 5,00 (Credencial Plena), R$ 8,50 (Meia-Entrada) e R$ 17,00 (Inteira). Grátis para crianças até 12 anos mediante a retirada do ingresso na Bilheteria.ServiçoO Dragão de FogoLivre para todos os públicos.Ingressos a partir de R$ 5,00 (credencial plena), R$ 8,50 (Meia-entrada) e R$ 17,00 (Inteira). Disponíveis pelo Portal Sesc SP ou em qualquer bilheteria da rede Sesc. Grátis para crianças até 12 anos.Dias 18 e 25/02; 04 e 11/03, domingos, às 12h.O Dragão de Fogo No Teatro.SESC SANTO ANDRÉRua Tamarutaca, 302 – Vila Guiomar – Santo André

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here