Operação Comércio Responsável interdita adega no Jardim Alzira Franco

Operação Comércio Responsável interdita adega no Jardim Alzira Franco :

Operação Comércio Responsável interdita adega no Jardim Alzira Franco


Crédito: Divulgação / SEMASA

As equipes da Prefeitura de Santo André e Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), com apoio da GCM e da Polícia Militar, interditaram uma adega no Jardim Alzira Franco, na noite deste sábado (20), por descumprimento das regras sanitárias e de prevenção e combate ao novo coronavírus.

O local já havia recebido multa e notificação na noite anterior, também durante a operação, e voltou a descumprir as regas e funcionar irregularmente. Os agentes do Departamento de Controle Urbano da Prefeitura realizaram a interdição do local.

Durante as noites de sexta-feira (19) e sábado, a Operação Comércio Responsável vistoriou 151 estabelecimentos comerciais, em cerca de 30 bairros, incluindo as regiões centrais de Santo André e bairros mais afastados e periféricos, como Parque Capuava, Vila João Ramalho, Jardim Santa Cristina, Sítio dos Vianas, Recreio da Borda do Campo, Vila Palmares, Vila Sacadura Cabral entre outros.

Na sexta-feira, as equipes também flagraram no Parque Capuava dois locais junto à rua Riacho Doce, que, somados, aglomeravam aproximadamente 40 pessoas em área interna e externa. Naquele dia, foram realizadas oito orientações a responsáveis de comércios e emitidos três termos de compromisso. Já no sábado, dez comércios receberam orientações e foi entregue um termo de compromisso.

As ações da Operação Comércio Responsável foram iniciadas em março do ano passado, logo no início da pandemia de Covid-19 no Brasil. A força-tarefa foi intensificada este mês, em decorrência do início da fase emergencial do Plano São Paulo, mas mesmo em períodos em que houve flexibilização, as vistorias seguiram sendo realizadas. Nas operações destes últimos dois dias, os agentes verificaram que o nível de conscientização da população aumentou, favorecendo o isolamento social.

As denúncias de aglomeração e comércios funcionando irregularmente devem ser realizadas pelo aplicativo Colab, da Prefeitura de Santo André (disponível para Android e iOS) ou ainda pelo telefone 153 da Guarda Civil Municipal. As reclamações referentes a problemas de ruído em estabelecimentos comerciais devem ser enviadas aos Semasa, pelo site www.semasa.sp.gov.br.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Política de Privacidade e Cookies