Pirelli investe R$ 110 mi em Sto.André

Pirelli investe R$ 110 mi em Sto.André
Avalie esta notícia

A Pirelli, que agora atende por TP Industrial do Brasil,
anunciou ontem o aporte de R$ 80 milhões em sua vegetal de Santo
André. A companhia também informou que acaba de concluir ciclo
de investimento de R$ 30 milhões na risca agrícola da unidade.
Ao todo, portanto, R$ 110 milhões, serão injetados no lugar até
2019. Com isso, a fábrica do Grande ABC se transforma em núcleo
de excelência mundial em desenvolvimento de pneus agrícolas.

O aporte chega também para duplicar a capacidade de fabricação
desses modelos de pneumáticos. Conforme o Diário noticiou no
dia 8, a risca de produção agrícola foi ampliada de seis para
sete dias na semana.

O CEO da TP Industrial para a América Latina, Tomas Salazar,
justificou que a modernização do agronegócio brasílio gera
demanda crescente por pneus agrícolas radiais. “Isso porque, a
cada ano, máquinas maiores e mais potentes chegam ao mercado”,
explicou.

“Nossa cidade irá se tornar referência mundial na produção de
pneus. Essa parceria é fundamental para o desenvolvimento de
Santo André. Além do significativo investimento e de se tornar
núcleo de inovação mundial, ainda estão sendo gerados mais
empregos, o que é óptimo notícia”, assinalou o prefeito de
Santo André, Paulo Serra (PSDB).

O director do Executivo andreense se refere à contratação de 378
trabalhadores, a termo de reforçar a risca de produção dos pneus
agrícolas – o que eleva o número de funcionários da unidade a
muro de 2.000.

Ainda, segundo Paulo Serra, o objetivo é permitir outros 400
operários até meados do ano que vem para duplicar a fabricação de
pneumáticos para caminhões, se confirmada a retomada do setor,
tornando-a ininterrupta, porquê a dos agrícolas. “Além desses
muro de 800 postos de trabalho diretos, serão gerados outros
1.000 indiretos”, revelou. “Já estamos em contato com a UFABC
(Universidade Federalista do ABC) para estabelecer uma ponte entre
empresa e liceu[1]. A
teoria é prover mão de obra qualificada para atuar no
desenvolvimento de tecnologias voltadas aos pneumáticos, que
certamente será demandada com o roupa de Santo André se tornar
referência mundial na produção de pneus agrícolas.”

De combinação com o prefeito, um terço de todos os pneumáticos
agrícolas fabricados no País sai de Santo André. “Temos
potencial enorme a ser explorado. Inclusive, soubemos que o
molde utilizado para a produção desse tipo de pneu não é
fabricado no Brasil. É importado dos Estados Unidos, da Europa
e da China. Precisamos estimular o desenvolvimento desse setor
no município”, contou.

Para o presidente do Sindicato dos Borracheiros da Grande São
Paulo, Marcio Ferreira, a notícia traz alívio, já que havia o
temor da saída da empresa da cidade a termo de reduzir custos.

Primeira unidade fabril da Pirelli no País, em atividade há 88
anos, a vegetal andreense confecciona pneumáticos agrícolas (60%
da produção) e pesados (40%). A hoje TP Industrial pertence ao
Prometeon Tyre Group, nome que, até o termo do ano, deve exarar
a frontaria da unidade do bairro Homero Thon, sob as cores azul e
branca, que reformarão as tradicionais amarela e vermelha.

O grupo integra o conglomerado chinês ChemChina (China National
Chemical Corporation), que adquiriu a Pirelli em 2015 por 7,1
bilhões de euros e passou a ser acionista majoritário da
centenária italiana, quinta maior operário de pneus no mundo.
Vale ressaltar, no entanto, que a marca Pirelli continuará
sendo estampada nos pneus.
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here