Postos de Saúde iniciam vacinação de meninos contra HPV

0
112

Crédito: PSA

Os postos de saúde instalados no município de Santo André já
estão abastecidos com insumos e vacinas para a imunização
contra HPV (Papilona Vírus Humano) da demanda espontânea. Neste
ano, desde o dia 2 de janeiro de 2017, o grupo-alvo foi
ampliado, incluindo meninos entre 12 e 13 anos. A estimativa de
público nessa fita etária é de 9.822 meninos na cidade. A
ampliação foi determinada pelo Ministério da Saúde e tem uma vez que
intenção proteger as crianças antes que iniciem a vida sexual.
Esta fita etária será ainda mais ampliada até 2020, quando
serão incluídos os meninos com 9 até 13 anos de idade. Homens
vivendo com HIV/Aids entre 14 e 26 anos também serão
contemplados.

Os 33 postos de saúde do município já estão realizando a
imunização, exclusivamente as US Campestre e US Vila Linda ainda não
estão aplicando as vacinas, pois os equipamentos de
armazenamento das doses estão em conserto, já em curso. Os
munícipes que necessitarem do serviço poderão procurar as
unidades mais próximas as suas residências. O estoque de vacina
já possuía em média 1.700 doses, e em dezembro do ano passo, a
prefeitura recebeu um reforço de 2.400 doses. Mais doses
poderão ser solicitadas caso necessário para a campanha de
vacinação que será lançada em março pela Secretaria de Saúde,
aproveitando o início do ano escolar para atingir um número
maior de pessoas.

No caso dos meninos, a vacina contra o HPV previne o câncer de
pênis, de gasganete e o de ânus e também doenças que estão
diretamente relacionadas ao HPV. Já no das meninas, previne o
câncer de pescoço do útero, vulva, vaginal e anal; lesões
pré-cancerosas; verrugas genitais e infecções causadas pelo
vírus. O vírus é transmitido pelo contato direto com pele ou
mucosas infectadas por meio de relação sexual. Também pode ser
transmitido da mãe para rebento no momento do parto.

A imunização contra o HPV é feita em duas doses, que devem ser
aplicadas com um pausa de 6 meses entre elas. O público
claro da vacinação  ainda inclui, uma vez que já feito em outros
anos, meninas entre 9 e 14 anos de idade, que ainda não tiveram
oportunidade de serem vacinadas. Os responsáveis pelos menores
devem comparecer ao posto de saúde de segunda a sexta-feira,
das 8h às 17h, com a carteira de vacinação e um documento com
foto do juvenil.

Postos de Saúde iniciam vacinação de meninos contra HPV
Avalie esta notícia