Prefeitura de Santo André faz parceria com Cultura Inglesa

0
166

Iniciativa, que não tem custos tanto para os professores quanto para o município
Crédito: Alex Cavanha/PSA
Uma inédita parceria entre a Prefeitura de Santo André e a Cultura Inglesa vai permitir que professores de inglês da EJA (Educação de Jovens e Adultos) se aprimorem na língua, com foco na melhoria constante da qualidade da Educação em Santo André. Todos os professores da EJA II (etapa que corresponde ao período que vai do 5º ao 9º ano) que cursaram letras, com foco na língua inglesa, podem participar. O curso, que tem aulas fora do horário de trabalho do professor, é composto por nove módulos de 64 horas cada, somando uma carga horária total de 576 horas. A parceria não tem custos, nem para os professores, nem para a Prefeitura.“Esse programa vai proporcionar o crescimento profissional dos professores de inglês que atuam na Educação de Jovens e Adultos do nosso município e, por consequência, a melhoria dos resultados de aprendizagem dos alunos da EJA II. Dessa forma, estarão mais preparados para enfrentar as demandas do mercado de trabalho, que cada vez mais procura por profissionais que dominem a língua”, destacou a secretária de Educação, Dinah Zekcer. Para professores que já estão em um nível avançado da língua inglesa ou já fizeram exame de proficiência para a certificação do nível de conhecimento na língua, será oferecido, também fora do horário de trabalho, uma pós-graduação lato sensu pela PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo), a partir do segundo semestre deste ano. A pós-graduação terá carga horária total de 420 horas, distribuídas no prazo mínimo de 3 (três) semestres e máximo de 4 (quatro) semestres. Isso porque a Cultura Inglesa trabalha com o Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem da PUC.Doze dos treze professores de inglês da EJA aderiram à proposta de aprimoramento dos conhecimentos de inglês oferecida pela Secretaria de Educação, e passam por avaliação. Suzi Gussakov é uma delas. Mesmo tendo feito pós-graduação em língua inglesa e literatura, e ainda esteja cursando a pós em tradução, a professora não quis perder a oportunidade de aperfeiçoar o seu conhecimento na língua e aprender formas de deixar as aulas mais interessantes. “A língua inglesa, como qualquer língua, é dinâmica e está sempre mudando. Quem dá aula precisa acompanhar essas mudanças”, disse. Suzi acrescentou que fará novamente a prova de proficiência em inglês. “Fiz há muito tempo, mas o exame passou por mudanças e com o curso vou poder me atualizar”. As aulas já tiveram início e acontecem na unidade andreense da Cultura Inglesa, no bairro Jardim.

Prefeitura de Santo André faz parceria com Cultura Inglesa
Avalie esta notícia