Prefeitura de Santo André inicia entrega de uniforme escolar

0
150

Aluna Manoela Cristina Leite, da
creche Máximo MAnssur, foi a primeira a receber o uniforme de
verão

Crédito: PSA

Tapume de 33 milénio crianças da rede municipal de ensino de Santo
André vão receber o kit de verão do uniforme escolar – formado
por duas bermudas, duas camisetas gola v e uma camiseta polo –
até o final da primeira quinzena de março. As primeiras peças
foram distribuídas nesta quinta-feira, 23, pelo prefeito Paulo
Serra que participou de duas entregas simbólicas; uma no
período da manhã, na creche Máximo Manssur, no Parque João
Ramalho, e outra na creche Beth Lobo, na Vila Sá.

 “Hoje é um dia histórico pra nós, porque estamos
conseguindo, depois de dois anos, voltar a repartir o
uniforme para os estudantes, e melhor ainda, no primeiro dia de
lição. Isto só está sendo possível por motivo de um esforço muito
grande da equipe da Secretaria de Educação, e também, de um
esforço que estamos fazendo, desde que assumimos a prefeitura,
para fazer economia nos gastos públicos e restaurar a
capacidade da cidade de honrar seus compromissos”, disse o
Prefeito Paulo Serra.

Segundo Serra, a entrega não só do uniforme escolar, mas também
do material só foi possível porque foram realizadas ações porquê
o galanteio de carros oficiais e celulares corporativos, redução de
cargos comissionados e o cancelamento do Carnaval, que
representa um gasto de mais de R$ 2 milhões para a cidade. “O
uniforme não era entregue desde 2014. Nós conversamos com o
fornecedor, parcelamos a dívida e começamos a remunerar. Por isso
estamos conseguindo repartir agora” explicou. O investimento
na compra de uniformes será de R$ 7 milhões, valor que inclui o
kit de inverno, formado pela calça comprida e pelo blusão, que
obrigaçãoá ser entregue em maio.

Para a mãe do aluno Artur, da creche Máximo Manssur, Denise
Aparecida Ferreira, de 33 anos, o uniforme escolar facilita
muito a vida das mães e pais e ajuda na economia, além de
proporcionar mais segurança e conforto para as crianças. “Além
de tudo isso, acho que uma coisa muito importante porque as
crianças ficam com uma padronização no modo de vestir. Ninguém
é dissemelhante, ou melhor do que o outro. Uniforme possibilita,
desde a educação infantil, que elas aprendam que todos são
iguais”, frisou.

 “No ano pretérito, quando as crianças não receberam
uniforme, foi complicado, porque era preciso ter uma roupa
dissemelhante para cada dia da semana. Meu fruto é pequeno e suja
muito as roupas. Tinha dia que eu precisava lavar as peças à
noite para ele usar no dia seguinte. Chegou ao ponto de eu
precisar ir ao Núcleo comprar mais roupa para ele, porque as
que ele tinha não eram suficientes. E a cada saída para comprar
roupa eu gastava muro de uns R$ 100 reais, um verba que
poderia ser gasto em outras coisas pra ele, porquê um brinquedo
novo”, completou Carla Aparecida da Silva Barbosa, de 36 anos,
mãe Júlio Cesar, de 2 anos e 10 meses, da creche Beth Lobo, na
Vila Sá.

Prefeitura de Santo André inicia entrega de uniforme escolar
Avalie esta notícia