Professores de Santo André participam de 2º Encontro de Práticas Cooperativas

Professores de Santo André participam de 2º Encontro de Práticas Cooperativas
Avalie esta notícia

Professores de Santo André participam de 2º Encontro de Práticas Cooperativas

 

O Núcleo de Formação de Professores Clarice Lispector, na Vila Matarazzo, recebeu nesta semana o 2º Encontro de Práticas Cooperativas da rede municipal de ensino. Voltado para professores do município, o evento teve a dupla missão de fechar o curso de Pedagogia da Cooperação, oferecido gratuitamente aos profissionais da rede, e mostrar aos professores convidados não só o resultado das atividades aplicadas em sala de lição, mas também a possibilidade de comprar uma novidade forma de enxergar a vida, mais solidária e humana, por meio do curso. O primeiro encontro aconteceu em 2017. “Os jogos cooperativos são apenas parte do conteúdo do curso, onde também são abordadas questões como afetividade, socialização, compreensão, respeito às diferenças e tolerância, além de conteúdos como danças circulares, aprendizagem cooperativa, músicas de socialização, entre outros processos. A ideia é formar seres cooperativos”, explicou o gerente dos Cesas (Centros Educacionais de Santo André), Márcio “Tubarão” Ribeiro, que é idealizador e mediador do curso. Ao todo, 22 professores participaram do curso, que foi dividido em 12 aulas.Segundo Ribeiro, o curso tem o objetivo de oferecer ao professor a possibilidade de ter um olhar diferenciado sobre as relações do dia a dia, uma visão mais humana dentro da sala de lição e também em outros aspectos da vida, porquê no convívio com os colegas de trabalho e com a família. “Isso é uma necessidade da sociedade como um todo”, acrescentou.O encontro reuniu muro de 60 profissionais da rede, entre professores, Agentes de Desenvolvimento Infantil (ADI) e equipes gestoras das unidades, que puderam escolher entre três temas de oficinas para participar: danças circulares, jogos cooperativos e vivências do lúdrico e da cooperação. De harmonia com Ribeiro, a teoria do encontro foi despertar o interesse de outros professores pelo tema e, assim, prometer adesão para a turma do próximo ano. A data de matrícula ainda não está definida.A professora Maria Aparecida Viana, da creche Mana Rosina, já sentiu a diferença em seus alunos do primeiro ciclo da ensino infantil, com idade entre 3 e 4 anos. “As crianças com essa faixa etária não enxergam uns aos outros, elas se atropelam, têm dificuldade em compartilhar as coisas. Mas percebo que isso já está mudando, com a aplicação das informações que aprendi no curso. Eles já estão mais amorosos uns com os outros, carinhosos, competindo menos entre si”, contou Maria Aparecida. Para a professora, no entanto, o lucro em termos de maduração pessoal é, também, muito importante. “A gente aprende a ver que a mudança precisa começar por nós mesmos e que nada deve nos limitar”, acrescentou.

Evento realizado no Centro de Formação de Professores Clarice Lispector encerrou o curso de Pedagogia da Cooperação, oferecido aos professores da rede municipal de ensino. O Centro de Formação de Professores Clarice Lispector, na Vila Matarazzo, recebeu nesta semana o 2º Encontro de Práticas Cooperativas da rede

Tudo Sobre a cidade de Santo André no grande abc paulista ou São Paulo Guia de Negócios.

Ou leia mais sobre todas as 7 cidades do Grande ABC Paulista.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here