Programação de janeiro esquenta as férias no Sesc Santo André
Avalie esta notícia

Programação de janeiro esquenta as férias no Sesc Santo André

Mandetta faz ainda críticas à atual política de prevenção do HIV. “Temos que rever o padrão de comunicação. Essa linguagem claramente não está surtindo efeito”, afirma, sobre o avanço da epidemia entre jovens. Temos muito a mudar na Saúde em Nosso Pais.

O mês de janeiro no Sesc Santo André promete agitar as férias de toda a família no primórdio de 2019. São atividades voltadas para todos os públicos, uma vez que o espetáculo infantil Era Uma Vez Um Tirano, que abre temporada aos domingos, 12h, além de sessões de filmes com o Cineclubinho Férias Geladas, que apresenta a cada sábado a quadrilogia do filme A Era do Gelo.Em janeiro o Sesc Santo André recebe a 2ª mostra itinerante do Festival Internacional de Cinema Nueva Mirada, que apresenta filmes de longa e curta metragem para crianças e adolescentes. A Cia. Alcina da Palavra realiza mediações de leitura durante todo o mês, com pilha variado de livros ilustrados.Confira a programação infantil completa do mês de janeiro.Gabinete de Curiosidades e HabilidadesDe 2 a 30/1, terça a sexta, das 14h às 18h.Grátis. Livre para todos os públicos.Na Dimensão de Convivência.Inspirado pelos traveling shows, antigos carros itinerantes que iam de cidade em cidade apresentando toda sorte de atrações artísticas e curiosidades, o Gabinete das Curiosidades e Habilidades oferece ao público uma variada programação em artes manuais, cinema e literatura.Mediação de Leitura, com Cia. Alcina da PalavraDe 2 a 30/1, quartas-feiras, das 14h30 às 17h30.Grátis. Livre para todos os públicos.Na Dimensão de Conivência.Com um pilha variado de livros ilustrados, a Cia. Alcina da Palavra convida o público para leituras individuais e/ou compartilhadas.Antes conhecidos uma vez que “Cia aos Quatro Contos”, hoje o grupo de mediadores é chamado pelo nome que abraça o maior instrumento de trabalho: a termo. Seja na música, na verso ou nas histórias, a termo é a origem e força do trabalho. É também uma forma de homenagear dona Alcina, responsável por mostrar que o mais importante do trajectória é o que temos para racontar.Arte Contemporânea para CriançasDe 2 a 24/1, quintas, das 15h às 17h.Grátis. Livre para todos os públicos. Inscrições no sítio 30 minutos antes.Na Dimensão de Convivência.Oficinas que exploram a arte contemporânea em suas diversas possibilidades, ministrada por educadores de exposição convidados. Todas as oficinas são voltadas ao público infantil e fazem referência direta à exposição ENTRE BORDAS.Mini JogosDe 5/1 a 2/2, sábados das 16h às 18h30.Grátis. Livre para todos os públicos.Nas Quadras.Diversas modalidades esportivas em formatos adaptados para experimentação e conhecimento do público. Serão elas: Corfebol, badminton, tamboréu, bocha, tiro com roda, tênis de mesa, boliche, mini tênis e futebol de botão.Era Uma Vez Um Tiranocom Grupo Prole de TeatroDe 6/1 a 10/2. Domingos, às 12h.Livre para todos os públicos.No Teatro.Ingressos à venda nas Bilheterias da Rede Sesc, nos valores de R$ 17,00 (inteira), R$ 8,50 (meia-entrada) e R$ 5,00 (trabalhadores do negócio de bens, serviços e turismo e seus dependentes com Credencial Plena). Grátis para crianças até 12 anos, mediante retirada de ingresso na Bilheteria.”Era uma vez um tirano” do Grupo Prole de Teatro adapta para os palcos o livro homônimo de Ana Maria Machado, publicado em 1982. A peça, o primeiro trabalho para o público infantil, abre temporada no Sesc Santo André de 6 de janeiro a 10 de fevereiro, com apresentações aos domingos ao meio-dia.Com direção de Bete Dorgam o espetáculo que estreou em 2018 no Centro Cultural São Paulo está entre os pré-finalistas do segundo semestre do Prêmio São Paulo de Incentivo ao Teatro Infantil e Jovem na categoria Melhor Texto Adaptado. A peça conta a história de três crianças que criativamente conseguem perfazer com a tirania que muda a vida dos habitantes e atrapalha a liberdade das pessoas, uma reflexão lúdica sobre política e cidadania. Utilizando da imaginação da plateia e da pândega proposta pelos atores, os personagens vão sendo criados em cena com a trilha sonora ao vivo do compositor Alexandre Mello e a iluminação de Felipe Tchaça, que dão o tom dessa grande pândega entre artista e plateia. O livro de Ana Maria Machado foi lançado pela editora Salamandra, e chegou a receber uma leitura dramática na Alemanha pela importante companhia do dramaturgo Bertold Brecht, o Berliner Ensemble, em 2002.“As proibições do Tirano, lembradas no livro, estavam na memória recente de todos. E não vigoravam apenas no Brasil, mas em vários outros países vizinhos. Minha proposta para vencer a situação era simbólica, naturalmente. Mas tinha a ver com o caminho em que eu acreditava: uma festa feita com a união de toda a nação, nas suas diferentes etnias e gerações, com os recursos da memória e da criatividade artística, e com a pureza e coragem das crianças”, relata a autora Ana Maria Machado em texto publicado na segunda edição do livro. Ao encenar levante texto, o Grupo Prole propõe refletir junto ao público sobre assuntos que tanto preocupam e permeiam discussões contemporâneas – democracia, entrada à arte, direitos do cidadão, liberdade de frase, a valia do diálogo entre pessoas que tem ideias diferentes, entre outras.  Para racontar esta história de assuntos tão adultos e que se refere a um período político da nossa história tão multíplice, a encenação joga com a imaginação das crianças e da pândega de atores que vão criando personagens e cenários. Neste jogo o elenco se coloca ludicamente diante não exclusivamente dos efeitos da tirania, mas também diante do libido de ser o tirano. “Isso nos leva a pensar também sobre as pequenas tiranias e radicalismos que cometemos. E como somos individualmente responsáveis por, em nossas ações sociais, cuidar do espaço público e dos direitos democráticos. Não através do ódio, mas do diálogo e do respeito ao direito de pensar e ser diferente.”, explica a produtora Fernanda Assef. Sobre o Grupo Prole O Grupo Prole foi fundado em 2005, pelas atrizes e produtoras Fernanda Assef e Bruna Aragão. Desde sua instauração o grupo se dedicou a pesquisa da dramaturgia brasileira e o diálogo de grandes escritores nacionais com a veras sócio-política do país e nossas angústias uma vez que artistas e cidadãos. “Era uma Vez um Tirano” é o primeio teatro infanto-juvenil do grupo que encenou as peças “Homens de Papel” de Plínio Marcos, com direção de Sérgio Audi (em edital em São Paulo entre 2006 a 2010), e “Boca de Ouro” de Nelson Rodrigues, com direção de Flavia Pucci (com temporadas em São Paulo, capital e interno, e Rio de Janeiro entre 2012 e 2016).CineClubinho Férias GeladasDe 5 a 26/1. Sábados, às 11h.Grátis. Livre para todos os públicos.Retirada de ingressos no sítio a partir das 10h.No Espaço de Tecnologias e Artes.Todo sábado de manhã tem CineClubinho no Sesc Santo André! A exibição começa às 11h, com  distribuição de ingressos começa a partir das 10h. Nesta edição, o projeto apresenta a cada sábado de janeiro a quadrilogia de A Era do Gelo.Dia 5/1A Era do GeloVinte milénio anos detrás, num mundo vestido de gelo, o mamute Manfred e a preguiça Sid resgatam um bebê humano órfão. Agora, os dois vão enfrentar muitas aventuras até repor o filhote de gente à sua tribo, que migrou para um novo acampamento.Dia 12/1A Era do Gelo 2O aquecimento global traz ameaças de inundações generalizadas a regiões que antes eram geladas. Manny, Sid e Diego partem, logo, em procura de um refúgio seguro. Ao longo do caminho, um outro mamute, que acha que é um gambá, junta-se aos viajantes em sua perigosa missão.Dia 19/1A Era do Gelo 3Depois que Sid rouba alguns ovos de dinossauro, Manny, Diego e o resto de seus amigos pré-históricos entram em um mundo misterioso e subterrâneo para resgatar Sid. Durante o curso da sua missão, o grupo encontra muitas criaturas grandes e pequenas enquanto caçam o dinossauro chamado Buck.Dia 26/1A Era do Gelo 4Sempre em procura de sua cobiçada noz, o esquilo Scrat provoca, sem querer, a separação dos continentes. A situação desculpa mudanças no terreno de vários locais, entre eles onde os amigos Manny, Diego e Sid estão alojados. Um terremoto faz com que o trio fique recluso em um iceberg, enquanto Ellie e a pequena Amora permanecem no continente. Em cimeira mar, Manny promete que irá encontrá-las a qualquer dispêndio, mas para tanto precisará enfrentar perigosos piratas e o esquina das sereias.2ª Mostra Festival Internacional de Cinema Nueva MiradaDe 8 a 29/1. Terças, às 14h30.Grátis. Livre para todos os públicos.Retirada de ingressos no sítio a partir das 13h30.No Espaço de Tecnologias e Artes.O Festival de Cinema Nueva Mirada apresenta filmes de longa e curta metragem voltados para crianças e adolescentes, divididos por classificação etária. Os filmes propõem um novo olhar sobre a vida e estão fora dos circuitos comerciais de TV e cinema, e abarcam a veras da puerícia e juventude de diversos países.O Festival Internacional de Cinema Nueva Mirada é uma oportunidade única para as famílias assistirem a obras audiovisuais que os circuitos comerciais de cinema e televisão não incluem em suas programações.Dia 8/1Puaj! (Alemanha)Bollerville é um povoado tranquilo na Europa que se transformou em um lugar perfeito para se realizar estudos de mercado. Mas as crianças de lá se negam a serem cobaias e decidem se rebelar.Dia 22/1Wickie e o Tesouro dos Deuses (Alemanha)Quando Wickie se transformará em um viking de verdade? Essa é a pergunta que tira o sono de seu pai, Halvar. E a resposta aparecerá muito mais rápido do que ele imaginava.Dia 29/1A História da Cabra: Queijo de Cabra (República Tcheca)Duas crianças e uma cabra procuram seus pais que, aparentemente, foram sequestrados pelo demônio para castigá-los por produzirem queijo de cabra.

Espetáculo de teatro, Gabinete de Curiosidades e Habilidades, Mini Jogos, oficinas e vivências e sessões do Cineclubinho Férias Geladas integram a agenda de férias do Sesc.São atividades voltadas para todos os públicos, como o espetáculo infantil Era Uma Vez Um Tirano, que abre temporada aos domingos, 12h, além de sess

Tudo Sobre a cidade de Santo André no grande abc paulista ou São Paulo Guia de Negócios.

Ou leia mais sobre todas as 7 cidades do Grande ABC Paulista.