Quintas Musicais no Sesc Santo André homenageia a região do Cariri

0
118

O Trio Manouche apresenta repertório
de Luiz Gonzaga no dia 26 de janeiro

Durante todas as quintas-feiras de janeiro, às 20h, o Sesc
Santo André homenageia a famosa região do Cariri com uma série
de shows gratuitos em sua Comedoria. O projeto Quintas Musicais
– Para Além do Cariri apresenta releituras do trabalho de
importantes nomes da música brasileira oriundos desse sertão e
dos estados vizinhos, que nos ensinaram a respeitar não só o
forró e o frevo, mas também o xaxado, o manguebeat e outros
ritmos.

Localizada no sul do Ceará, fazendo fronteira com os estados da
Paraíba e de Pernambuco, a famosa região do Cariri foi
imortalizada na canção Último Pau de Arara
(Venâncio/Corumba/José Guimarães) e é conhecida por sua
riquíssima cultura popular, fruto do encontro de muitos povos
que contribuíram para a sua formação. Terreno originária dos
índios Kariri ou Tapuia, tem seu povo mestiço formado por
fazendeiros europeus, vaqueiros e sertanejos. Desse caldeirão
de culturas vieram alguns dos maiores artistas da música
brasileira, agora homenageados no Sesc Santo André.

A estreia aconteceu no dia 05, quando a cantora Corina
Magalhães interpretou os sucessos de Dominguinhos e Anastácia,
influenciados não só pelo baião, forró e xote, mas também pela
bossa novidade, pranto e jazz. Exímio sanfoneiro de Garanhuns,
Dominguinhos teve porquê mestres Luiz Gonzaga e Orlando Silveira.
Em muitas de suas composições e ao longo da vida, contou com a
parceria de Anastácia, cantora e compositora recifense que,
além de companheira de criação, foi também sua esposa.

No dia 12, o trio Viva Sivuca apresenta o repertório do artista
que motivou sua fundíbuloção. Severino Dias de Oliveira, mais
publicado porquê Sivuca, nasceu em Itabaiana, pequeno município
da Paraíba. O multi-instrumentista que começou tocando sanfona
em feiras e festas populares não só ajudou a difundir o frevo,
o forró e o baião pelo Brasil e pelo mundo, porquê se deixou
contaminar pelo blues, jazz e música clássica. O trio Viva
Sivuca foi idealizado por Pedro Henning para festejar a música
desse grande artista.

No dia 19, é a vez do grupo Conversa de Cafezeiro interpretar a
obra de Jackson do Pandeiro.  Proveniente de Alagoa Grande, na
Paraíba, José Silva Gomes Rebento, o Jackson do Pandeiro, foi um
importante compositor de samba e forró, nos seus mais variados
subgêneros, o que lhe rendeu o título de Rei do Ritmo. Ao lado
de Luiz Gonzaga, foi um dos principais responsáveis pela
nacionalização da música nordestina. O grupo Conversa de
Cafezeiro pesquisa ritmos brasileiros e, neste show, homenageia
Jackson do Pandeiro com sambas, sambas-cocos e baiões
interpretados ou compostos por esse grande rabino da nossa
música.

A programação de janeiro é encerrada no dia 26 pelo Trio
Manouche, que homenageia Luiz Gonzaga. O “Rei do Baião” nasceu
em Exu, Pernambuco, e foi um dos primeiros músicos a fazer
turnê pelo Brasil para além do eixo Rio-São Paulo.
Instrumentista genial e fundador de melodias e harmonias
sofisticadas, Luiz Gonzaga fez todo o país saber não só as
festas juninas e os forrós pé-de-serra, mas também a pobreza,
as tristezas e as injustiças do sertão nordestino. O Trio
Manouche, formado por expoentes do cenário do jazz manouche
vernáculo, apresenta leituras inovadoras e divertidas, além de
inusitadas versões de clássicos brasileiros, por meio do
sotaque do swing cigano com instrumentos de cordas.

Todas as apresentações são gratuitas, abertas a todos os
públicos e acontecem às 20h, no palco da Comedoria.

SERVIÇO:
Projeto Quintas Musicais – Para Além do Cariri
Grátis
Classificação indicativa: Livre.
No Palco da Comedoria

Dominguinhos e Anastácia por Corina Magalhães
Dia 05 de janeiro de 2017, quinta-feira, às 20h

Sivuca  por trio Viva Sivuca
Dia 12 de janeiro de 2017, quinta-feira, às 20h

Jackson do Pandeiro por Conversa de Cafezeiro
Dia 19 de janeiro de 2017, quinta-feira, às 20h

Luiz Gonzaga por Trio Manouche
Dia 26 de janeiro de 2017, quinta-feira, às 20h

Sesc Santo André – Rua Tamarutaca, 302 – Vila Guiomar – Santo
André
Telefone – (11) 4469-1200
Estacionamento para o show (vagas limitadas):  Credencial
Plena – R$ 5 (1ª hora) | Outros – R$ 10 (1ª hora)

Quintas Musicais no Sesc Santo André homenageia a região do Cariri
Avalie esta notícia